25junho2011

Amanhã, quando a guerra começou – John Marsden

“Nenhum livro pode dar conta do que aconteceu conosco. Não consigo me lembrar de nenhum livro que tenha lido ou filme que tenha visto que tenha a ver com a nossa história. Todos nós tivemos de reescrever os roteiros das nossas vidas nas últimas semanas. Aprendemos muito e tivemos de descobrir o que é importante e o que faz a diferença – o que faz realmente a diferença. Já faz um bom tempo.” (p.19)

Livro: Amanhã, quando a guerra começou
Série: Amanhã
Autor:  John Marsden
Editora:  Fundamento
Categoria:  Literatura Internacional / Juvenil
ISBN: 8576762218 
Páginas:  256
Lançado: 2010 
Compre:  AQUI

Aquela “velha” história de dizer que quando você gosta muito do livro não se sabe ao certo como descrevê-lo, tem se tornado para mim cada vez mais real. Toda vez que gosto muito de um livro fico com medo de que o que eu venha a escrever não chegue nem perto de transmitir o quanto eu gostei do livro. Com o livro de hoje o fato é realmente esse: gostei tanto do livro que nem sei por onde começar a descrevê-lo. Mas, vamos lá!
Amanhã é uma série do John Marsden! No volume um intitulado “Amanhã, quando a guerra começou”, o título já nos remete ao tema central desse primeiro livro: o inicio da guerra.
O livro é narrado em primeira pessoa e a sensação que eu tive, não vou dizer que foi essa a intenção do autor, mas a minha sensação é que o livro é um diário perdido durante a guerra e que sua leitura nos remete aos acontecimentos de quem lutava contra a guerra.
Sensações a parte, vamos fala sobre o enredo.
Um grupo de jovens, muito amigos, no último ano escolar, estes são os protagonistas da nossa história.
A jovem Ellie (que é quem narra) e mais alguns amigos resolvem acampar, seria uma semana comum se divertindo e relaxando. Mas, o que esses jovens não esperavam era o que aconteceria quando esse acampamento acabasse.
Na volta para casa os jovens se deparam com uma cena que não estava prevista. Suas casas estão vazias, os cachorros estão mortos, não tem energia e seus familiares sumiram.
Por morarem na zona rural decidem ir até a cidade na esperança de descobrir o que estava acontecendo e o espanto maior ocorreu quando descobriram que a cidade estava tomada por soldados e seus familiares haviam sido aprisionados.

Tudo isso faz parte do começo do livro, o qual pode aparentar para o leitor que desconhece a série que vai ser um livro chato, mas o ápice do livro está por vir.

Depois dessa descoberta a história realmente começa a ficar agitada com acontecimentos que estão por vir, acontecimentos estes que minha vontade de narrar é grande, mas me atenho ao fato de que a surpresa é o elemento chave dessa narrativa e portanto não irei estragar a leitura dos futuros leitores.
O que vale a pena que todos saibam é que jovens, que nem terminaram o ensino médio, irão lutar pelas próprias vidas e realizar feitos, viver momentos muito além dos limites em uma guerra que está apenas começando.
Este foi um dos melhores livros juvenis que já li e que posso afirmar com convicção: PRECISO MUITO LER A CONTINUAÇÃO!


Quote: “Eu havia matado por amor a meus amigos, como parte de uma nobre cruzada para resgatar meus amigos e minha família e manter meu país livre? Ou havia matado porque valorizava minha vida acima de qualquer outra? Seria correto matar mais uma dúzia para que eu pudesse sobreviver? E cem? E mil? Em que ponto eu me condenaria ao Inferno, se é que já não havia me condenado?”
Pra quem ficou curioso, comfiram logo abaixo os outros livros da série e o book trailer desse primeiro volume. É imperdível!
Mais Livros da Série “Amanhã”:
(clique nas capas para conhecer a sinopse no site da editora)

        
        

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

1434445