28abril2017

[Resenha] Garota em Pedaços – Kathleen Glasgow

(Editora Planeta, Outro Planeta, 1ª edição, 2017, 384 páginas)

Acho que você está tendo um tipo diferente de coração partido. Talvez coração partido por estar no mundo quando não sabe como estar nele. Isso faz algum sentido?

Garota em Pedaços é a história nua e crua de Charlie, e é também o retrato da realidade de milhares de garotas no mundo que possuem o transtorno do controle do impulso, mais conhecido como automutilação. Em sua perspectiva, teremos o vislumbre de uma vida marcada pela dor, pelo sofrimento e pelos traumas, além disso, o leitor poderá vivenciar inúmeras e diferentes emoções durante a leitura.

Continue lendo

Categorias:Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

14abril2017

[Resenha] A Última Camélia – Sarah Jio

Sinopse:

Às vésperas da Segunda Guerra Mundial, o último espécime de uma camélia rara, a Middlebury Pink, esconde mentiras e segredos em uma afastada propriedade rural inglesa.
Flora, uma jovem americana, é contratada por um misterioso homem para se infiltrar na Mansão Livingston e conseguir a flor cobiçada. Sua busca é iluminada por um amor e ameaçada pela descoberta de uma série de crimes.
Mais de meio século depois, a paisagista Addison passa a morar na mansão, agora de propriedade da família do marido dela. A paixão por mistérios é alimentada por um jardim de encantadoras camélias e um velho livro
No entanto, as páginas desse livro insinuam atos obscuros, engenhosamente escondidos. Se o perigo com o qual uma vez Flora fora confrontada continua vivo, será que Addison vai compartilhar do mesmo destino?

 

Onde comprar?

Amazon | Submarino

Minha opinião

A Última Camélia é a história de um espécime de uma camélia rara, a Middlebury Pink. Alvo de cobiça de ladrões de flores e também das mulheres apaixonadas por botânica da alta sociedade, ela é uma camélia muito desejada por lady Anna, mãe de cinco filhos que morreu antes mesmo de ver a camélia florescer.

Entrelaçando o presente com a história de Addison e do passado com a história de Flora, somos levados à Mansão dos Livingston e seu jardim repleto de camélias.

Continue lendo

Categorias:Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

16janeiro2017

[Resenha] A Playlist da Minha Vida – Leila Sales

Sinopse:  Uma fábula pop regada com muita trilha sonora e dilemas juvenis

Elise Dembowski nunca foi popular na escola. Ninguém conversava com ela na hora do intervalo nem a convidava para sair no fim de semana. Pior. Ninguém jamais se interessou em saber o que tanto a ela escutava em seu iPod: playlists com o melhor da música pop, único território em que Elise se sente confortável e confiante.

Diante de seu desajuste em relação à maioria, a adolescente tenta de tudo – inclusive a mais radical das saídas, felizmente sem sucesso. No auge de seu solitário desespero, o acaso a leva até a porta de uma balada noturna, via de acesso para um mundo completamente novo, cheio de som e diversão, no qual sua veneração por música funciona como senha para inclusão em um inédito círculo de amizades.

As festas noturnas do Start – o melhor clube underground do mundo – tornam-se o lugar onde a felicidade, a aceitação social e até o amor são possíveis para Elise. Não demora muito para que um misterioso bullying eletrônico e a habilidade da garota como DJ coloquem em confronto este universo com a dura realidade cotidiana.

A playlist da minha vida é uma vibrante fábula pop que lida com temas recorrentes nas obras contemporâneas para jovens: exclusão, invasão de privacidade, resgate de autoestima e muita trilha sonora. Escrito pela americana Leila Sales, o livro se ambienta em dois cenários: o escolar, com sua dinâmica de poder juvenil baseada em “popularidade”, e o da cena noturna, em que adolescentes ensaiam seus primeiros voos para uma existência adulta.

 

Minha Opinião

Narrado em primeira pessoa, A Playlist da Minha Vida é um romance juvenil bastante contundente. Primeiro nos impressiona pela visão, Elise é quem conta todos os acontecimentos, mas a escrita e profissionalismo da autora vão além, temos uma ampla visão dos cenários, dos personagens secundários e de todos os lugares em que ela passa, seus sentimentos são descritos perfeitamente e de forma a emocionar profundamente o leitor. Continue lendo

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

07janeiro2017

[Resenha] Entre Dois Amores – Carolina Estrella

entre dois amoresSinopse

Helô Martinez está no 2º ano do ensino médio e ama duas coisas: garotos e moda. Definitivamente, ela não ama a língua portuguesa e não tem a menor vocação para ser leitora – de nada, nem de horóscopo –, e sempre que precisa fazer algum trabalho sobre literatura para a escola ela conta com a cumplicidade de Amanda, sua amiga nerd devoradora de livros. Mas sua mãe não aguenta mais seus boletins pintados de vermelho e resolve fazer uma intervenção. Contrata um professor particular para ajudar a filha a tirar notas boas em português e literatura. Para desespero de Helô, seu novo mestre é o vizinho “melequento” – como ela diz –, que está no primeiro ano da faculdade de Direito e a rejeitou num passado não muito distante. Apesar da tragédia anunciada, César Rodolfo, um garoto tímido, estudioso, de palavreado pomposo e arcaico e lindos olhos verdes, acaba conseguindo o impossível: transformar Heloísa numa leitora voraz, capaz de declamar Carlos Drummond de Andrade e citar Emily Brontë.

 

 

Minha opinião

Entre dois amores da autora nacional Carolina Estrella é um romance infanto-juvenil que conta a história de Heloísa (mas, pode chamar de Helô!) uma garota divertida, apaixonada por moda e por costura que sonha em cursar Moda e ser conhecida por suas criações. Helô é péssima em português e detesta a leitura, de qualquer tipo. Preocupada com as notas da filha e com o ano letivo, a mãe contrata um professor para lecionar a disciplina de que Helô tanto precisa, o que a garota não esperava era que o reforço viesse do seu vizinho melequento César Rodolfo, um garoto mais velho que ela detesta.

César está no primeiro ano de Direito e é apaixonado pela gramática, ortografia e claro, literatura. Mas, toda a sua paixão pelas Letras serão suficientes para transformar Heloísa em uma boa aluna? Continue lendo

Categorias:Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

12375