16abril2012

Estilhaça-me – Tahereh Mafi

 Livro: Estilhaça-me
Autor: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Categoria: Literatura Internacional | Romance | Ficção | Sobrenatural

ISBN: 9788563219909
Páginas: 304

Lançado: 2012
Classificação:  ♥ ♥ ♥ ♥ ♥  

 Compre pelo menor preço!

Sinopse:
Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.
Juliette está aprisionada há 264 dias até ele chegar.
Foram dias que passaram em constantes tribulações e pensamentos. Foram dias em
que desejou não existir mais, um sonho a fazia ter esperança, um sonho que a
invadia toda vez que adormecia. Ela sonhava com um pássaro que voava, era
dourado e tinha uma coroa na cabeça. O sonho a manteve longe de enlouquecer de
fome e desesperança. Mas no 265º dia, ele apareceu.

Adam seria seu novo colega de cárcere. E ela sentia que o
conhecia, mas de onde de quando?
Ela se lembrava daqueles olhos aqueles olhos que a
faziam derreter
e adentrar neles. Mas ele negou-se a contar porque ele
estava ali, e fazia tantas perguntas, ela já não tinha mais certeza se estava
sã, a loucura era mais concebível.
“- Tenho de
observá-la Juliette. – Ele diz meu nome como sussurro.
Meu coração meu
coração meu coração
. – Warner quer que você compreenda o que ele está
oferecendo a você, mas você ainda é… uma ameaça. Ele fez de você uma
Atribuição minha. Não posso sair.
Não sei se fico
entusiasmada ou amedrontada.
Fico amedrontada.”
Adam podia tocar nela, não sabiam como, mas só ele, e
como a tocava
não lhe acontecia nada.
E ele não sabia dizer exatamente como era imune ao toque
dela, seu toque que podia matar.
O Restabelecimento prometeu comida, ar puro e condições
de vida para todos. Mas enganaram os homens, a humanidade padecia por um pedaço
de pão. A vida era um milagre e viver naqueles dias era um martírio.
Após serem libertados da prisão, ela teme por todos ao
seu redor, ele, a quer usar, quer fazer dela um monstro eles sabem que, ela
pode matar
todo aquele que a tocar!
A história é narrada em um mundo onde a camada de ozônio
não existe mais, em um mundo onde não existem animais e existe apenas, a lenda
de que, os pássaros voavam antigamente. Juliette é boa, não deseja o mal a
ninguém, por isso ninguém jamais a tocou espontaneamente (ela não quer se
recordar daquele fatídico dia) a não ser Adam.
Mas será que ela pode confiar nele? Warner é o filho do
capitão do Restabelecimento e quer usar Juliette, como, ela não quer saber. Mas
até quando poderá ela resistir aos seus poderes?
“– Você não pode
me tocar – sussurro.
Estou mentindo; é
o que não digo a ele.
Ele não pode me
tocar. É o que nunca lhe direi.
Por favor,
toque-me;
É o quer quero lhe
dizer.
Mas coisas
acontecem quando as pessoas me tocam.
Coisas estranhas.
Coisas ruins.”
Estilhaça-me é até agora, a melhor leitura deste ano, não
esperava me surpreender, mas esta autora estreante me surpreendeu. Ela escreveu
uma linda história de amor, de esperança e de novos mundos. A autora criou uma
literatura totalmente nova e mágica, um livro de poder, um livro que não te
deixa em paz, até você chegar à última página.
Este livro possui uma narrativa incrível, uma história
ainda mais fantástica e um mote novo e mortal perfeito.
Incrível a maneira como a autora usa palavras riscadas
para escrever e demonstrar os pensamentos e reações de seus personagens. Seus
personagens são todos fortes e determinados, ela consegue escrever sobre cada
um deles e juntos ao mesmo tempo, a maneira como faz do leitor um espectador
atento de uma peça, uma peça que faz com que suspiremos de ansiedade pelo
próximo ato.
Uma notícia maravilhosa! Este é o primeiro livro de uma
trilogia, se o primeiro já chegou arrasando, imaginem os próximos? Confesso que
já estou ansiosa pelos demais e suspirando por esta deliciosa leitura, que
terminou rápido demais. Ficou mais que óbvio que eu super recomendo não é
mesmo?
Já leu? Vai ler? Compartilhe conosco sua opinião, que é
importantíssima para nós!

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

12abril2012

O Triste Amor de Augusto Ramonet – Paulo Stucchi

O Triste Amor de Augusto Ramonet

Livro: O Triste Amor de Augusto Ramonet

Autor:  Paulo Stucchi
Editora: Schoba
Categoria: Romance | Drama | Literatura Nacional
ISBN: 9788580131147
Páginas: 448
Lançamento: 2012
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥
Compare preços aqui


Sinopse:  

Não suportando
conviver com a culpa pela morte precoce da esposa Eva, o jovem escritor César
Martinelli está determinado a dar cabo da própria vida afogando-se no mar da
deserta Praia do Santo. Contudo, seus planos mudam quando ele encontra
acidentalmente um manuscrito pertencente a um escritor chileno chamado Augusto
Ramonet que narra uma história de amor marcada pela obsessão, drama e
reviravoltas num Chile que convive com a crise do final do governo de Salvador
Allende e o golpe de Augusto Pinochet. Além de tentar solucionar o mistério do
manuscrito, César ainda se vê às voltas com uma misteriosa mulher ruiva chamada
Catarina que, de algum modo, parece ter relação com o passado de Ramonet e com
o manuscrito. Agora, o escritor deve descobrir o que está por trás da história
do manuscrito de Ramonet, desvendar quem é Catarina e, de algum modo, encontrar
paz para seu próprio espírito. O Triste Amor de Augusto Ramonet tece uma
complexa história de amor, na qual são abordados temas ligados às paixões
humanas, perdas e redenção por meio da paz interior, usando como cenário o
conturbado momento histórico do Chile na segunda metade da década de 60, e o
espírito de um jovem escritor atormentado pela culpa.

César Martinelli é um bem
sucedido autor que tem um baque em sua vida depois da morte de sua esposa Eva,
os dois tinham acabado de casar e se amavam profundamente. Toda essa tragédia
leva César a tentar acabar com sua vida para que tire de vez o sofrimento que o
assola. Ele parte da cidade grande e vai até uma pequena praia, para fazer o
que tem que ser feito, ou melhor, o que ele acha que precisa ser feito.
Mas durante sua estadia, ele
acaba achando um manuscrito de um livro que conta a triste história de amor de
Augusto Ramonet e Catalina Alvarenga no Chile em meio às crises políticas do
governo na época, uma história real e trágica que o faz pensar sobre sua vida e
suas decisões tomadas até agora. Ele então embarca nesse mistério para tentar
descobrir o fim que levou os protagonistas do romance, não é por acaso que o
manuscrito foi parar em suas mãos.
“Como
eu disse, se vocês estão lendo esse texto, é porque já não estou mais entre
vocês. É porque morri”

Passei duas semanas inteiras
lendo esse livro e devo dizer que essa história mexeu muito com os meus
sentimentos. Sabe quando você começa a pensar em toda sua vida e em suas
atitudes? Eu tenho 18 anos e ainda não vivi muita coisa, mas mesmo assim vivi
muitas experiências dolorosas.
Acompanhar a tristeza de César e
de Augusto não é fácil. O livro fez com que eu participasse disso, sentisse o
que ele sentiu, vivesse o que ele viveu. É disso que o livro trata, de um
turbilhão de sentimentos que o amor pode causar, da culpa até o ciúmes.  Até que ponto o amor pode virar obsessão?
Depender de alguém como se ela fosse o ar que respiramos é algo natural do ser
humano?
O mais legal é que acompanhamos
César em sua busca por si mesmo e da metade do livro em diante, conhecemos o
conteúdo do livro de Augusto, como se fosse um livro dentro do outro Augusto é
um jornalista e escritor famoso no Chile e quando se apaixonou, foi totalmente
devastador o sentimento.
Catalina Alvarenga, mulher por
quem Augusto é apaixonado foi uma personagem que eu detestei. Ela era movida
pelos próprios interesses, sem empatia nenhuma pelas pessoas. Definitivamente a
odiei pelo sofrimento que ela causou em Augusto. De pano de fundo dessa
história, ainda conhecemos mais sobre o governo chileno da época, inclusive
quando o golpe militar ocorreu no país.
Recomendo o livro para os
apaixonados, ou por aqueles que estão à procura de um grande amor, mas aviso, o
livro é intenso, prepare a caixinha de lenços!
Leia as primeiras páginas aqui!

Andressa Leite tem dezoito anos e é estudante de Jornalismo. É colunista no Viaje na leitura como resenhista. Um de seus autores preferidos é a J.K Rowling. Acompanhe ela no Twitter: (@stonesandmilk).
Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

03abril2012

Resenha: Segredos – Tatiana Amaral

Thomas me beijou. O beijo que eu esperei a vida inteira. O
beijo apaixonado que o príncipe dava na princesa em todos os contos de
fadas. O beijo tão repleto de amor que contaminava todo o reino. Senti
luzes saindo de nossos corpos. Fogos de artifícios sendo estourados em
um céu estrelado.
Era assim que eu me sentia. Eu estava amando.
Era tão mais gostoso do que todos os outros momentos que passamos
juntos. Era tão mais forte do que todo o desejo que nos atingia quando
encostávamos um no outro. Era seguro, real, era amor. Simplesmente amor.
Sem reservas, sem pudores, sem medos. Eu era dele e isso era tão certo
quanto dois mais dois dão sempre quatro. Era a fórmula perfeita.
(Pag. 247)

Livro: Segredos
Autor: Tatiana Amaral
Editora: Baraúna
Categoria: Literatura Nacional | Romance

ISBN: 978-85-7923-534-4
Páginas: 373

Lançado: 2012
Classificação:  ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 

Compre na Livraria Baraúna!

Sinopse:

O que você faria tivesse que revelar segredos que envolvem o seu passado
e a impedem de se entregar a um amor? Este é o dilema de Cathy, que
precisa decidir entre quebrar as barreiras do passado e confiar em
Thomas ou aceitar que seus segredos são fortes o suficiente para
impedi-la de amá-lo.

Quando um segredo é capaz de destruir tudo o que você deseja, ele pode
ser revelado? Thomas possui um segredo com este poder, e agora ele
precisa escolher entre contar a Cathy e correr o risco de perdê-la ou
não contar, e desta forma nunca conquistar a sua confiança. Que segredos
são fortes o suficiente para impedir um amor?

Cathy e Thomas viverão esta história e terão que enfrentar os seus
segredos para tornar este amor possível, mas é possível um amor resistir
a segredos?

Nada de “Lindas e Cultas” hoje faço uma resenha para vocês!
O mais novo lançamento da Editora Baraúna, o Segredos da autora Tatiana Amaral.
Segredos é um romance envolvente, com um toque de suspense
(aiiin que a curiosidade vai a mil!). Quando pensamos que já aconteceu de tudo
e o livro pode terminar lindamente, Tatiana nos surpreende com mais uma
surpresa ou um segredo para nos fazer querer ler cada vez mais o livro!

Cathy acaba de ser contratada para o emprego dos sonhos de
qualquer menina! Imagine você sendo assessora do ator mais badalado do momento?
Sim, passar o dia inteirinho com Robert Pattinson ou com Ashton Kutcher e cuidar de todas as suas coisas! Mas no caso de nossa
mocinha super fofa o gatão é o Thomas!
Como terá que se mudar do apê que divide com suas amigas e
viver viajando com o astro para premières, Cathy e suas amigas decidem fazer
uma “despedida/comemoração” em uma balada. Cantam no palco com a banda, bebem e
se divertem muito. Quando está no local, percebe que tem um cara a observando
de longe em um local mais reservado, ao prestar mais atenção vê que quem está
lá nada mais é que Thomas, com mais dois funcionários/amigos pessoais.  E é assim que Cathy e Thomas se conhecem, com
Cathy dando um fora em seu chefe um dia antes de começar seu novo emprego!
(Ela foi contratada pela assistente do Thomas!)
A partir dai é um jogo de conquista muito bom, entre Thomas
e Cathy. No começo ela resiste muito, não quer misturar trabalho com vida
pessoal. Tem medos e segredos que a fazem não acreditar no amor. A mesma coisa
Thomas que no começo quer ficar com Cathy para tê-la como mais uma da lista,
que não para de crescer cada dia mais, afinal nem o nome delas ele lembra no
minuto seguinte. Amor? Ah, isso é uma realidade muito distante pra ele.
Segredos? Um muito forte que envolve outras pessoas.
Será que Cathy e Tomas conseguem revelar, superar e perdoar
seus segredos, e viver um grande amor?
Eu
sabia que precisava primeiro cuidar dela, por isso resolvi tirá-la de
lá e levá-la para um lugar mais seguro, mais aconchegante. Precisava que
ela se sentisse bem, se é que isso era possível. Mas eu não sairia do
lado dela nem por um segundo aquela noite. Percebi que ela tinha ficado
incomodada com os argumentos lógicos do Dyo. Eram lógicos, mas não eram
justos com nós dois. Eu não queria deixá-la. Mesmo que fosse só por esta
noite. Eu não queria deixá-la nunca mais. Mas ela parecia concordar com
o que Dyo dizia, e eu não poderia impor a minha vontade assim. Talvez
ela tivesse dito a verdade quando afirmou que eu não era o homem da sua
vida. Senti meu coração apertar. Eu não iria desistir assim tão rápido,
eu iria mostrá-la que eu conseguiria ser este homem. Eu queria ser este
homem, ser o homem da vida dela. Por isso eu concordei em deixá-la ir
para o hotel sem mim, por mais difícil que fosse. (Pág. 251)
Com uma narrativa fácil, temos alternância de vozes (narração)
entre os personagens, ora a história é contada por Cathy e ora por Thomas.
Algumas vezes vivenciamos a mesma cena duas vezes, sem que essa se torne
repetitiva, que foi o que eu adorei ver a visão do mocinho, sempre fico curiosa,
em relação aos seus sentimentos e pensamentos. O que nos deixa mais íntimos de
cada personagem. Que aliás, todos são bem construídos, desde os principais até
os menos importantes para a trama.
Em seu primeiro romance a Tatiana já chega arrasando! Não
vejo a hora de ler os próximos! Você também vai se apaixonar por essas personagens e conhecer os seus mais profundos segredos!
* Os 15 primeiros compradores, ganharão 15 marcadores de páginas diversos da editora. Não vai perder, hein!?! http://www.editorabarauna.com.br/
Beijos,

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

19março2012

Amberblades e o Coração de Lua – Gisele B. Bizarra

Livro: Amberblades E o Coração de Lua

Autor:  Gisele B. Bizarra
Categoria:  Aventura | Ficção | Literatura Nacional
 ISBN:

Páginas: 442

Lançamento: 2012
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥  

Compre aqui !

Sinopse: 

Lena Amberblade descobre que sua mãe, Astalirande, líder do povo élfico, vive um amor proibido com Jidea Starlit, seu guardião, tanto por questões sociais como por uma terrível maldição que ele carrega. Para reverter essa situação, ela sai de seu reino pela primeira vez em busca de uma “cura” para a maldição juntamente com Joh, aluno de Jidea, e Yomiko, a segunda guardiã de Astalirande. Adentrando o reino dos humanos, eles conhecem Zak Colman e descobrem que algo muito pior está escondido por trás da tal maldição. Algo envolvendo o Coração de Lua e que pode levar à destruição do mundo onde vivem…

                Ah o amor…  Aquele sentimento que impulsiona as pessoas a fazerem algo de bom. Imagine ver sua mãe sofrendo por amor? Astalirande e Jidea se amam, mas não podem ficar juntos por dois motivos:
1) Ela é líder do povo élfico e ele seu guardião, e é extremamente proibida uma relação entre os dois.
2) Jidea sofre uma maldição, graças a um terrível ato de seu irmão no passado e ele é obrigado a carregar isso.

                   Lena, filha de Astalirande resolve embarcar em uma missão para achar uma cura para Jidea, mas acha que o sentimento que tem por ele pode não ser apenas fraternal e isso a faz sentir culpada. Junto com ela embarcam também Analiele, ou melhor, Yomiko, guardiã de Lena e Joh, um misterioso elfo. Eles precisam chegar até as Terras Neutras para poderem descobrir na biblioteca dos povos, onde todo o conhecimento está reunido, alguma coisa para reverter o problema de Jidea. No caminho eles encontram Zac, um humano de Miraia que no começo não parece muito confiável, mas que carrega uma importante mensagem que poderá alertar a todos sobre os grandes perigos que irão enfrentar… Uma guerra está vindo e todos os povos terão que se unir se quiserem sair vitoriosos.
             Não conhecia o livro e quando a autora nos procurou eu logo fui fuçando no Skoob e opa tem um segundo livro! Então enquanto eu lia já me preparava pensando ela vai terminar esse livro em uma parte muito tensa e eu vou ficar agonizando de curiosidade até o próximo. Mas não, a história foi concluída e o livro dois é com os descendentes dos primeiros Amberblades.
         Enfim, eu gostei muito do livro! Outro que entra nos favoritos do ano. No meio do livro há ilustrações (feitas pela própria autora) e no final há um mapa!   Amo esses mapas, pois dá uma noção onde os personagens estão viajando, onde está tal lugar, qual o tamanho exato do mundo élfico entre outras noções.
      A base da história é a lenda do sol e da lua, conhecem? Os dois são deuses apaixonados um pelo outro, mas, não podem viver esse romance, pois só se encontram no eclipse. Triste não? Gostei da maneira como a narrativa foi conduzida, com o livro de 442 páginas deu para conhecer a fundo os personagens, suas qualidades, defeitos, segredos… E teve um final fantástico!
    E ainda tem a pitada de romance, claro, com mais de um homem gostando de nossa protagonista. Se eu recomendo? Claro que sim queridos viajantes, embarquem nessa viagem junto com os Amberblades!

Andressa Leite tem dezoito anos e é estudante de Jornalismo. É colunista no Viaje na leitura como resenhista. Um de seus autores preferidos é a J.K Rowling. Acompanhe ela no Twitter: (@stonesandmilk).
Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados: