31maio2012

Asas – Aprilynne Pike

Livro: Asas
Série: Fadas
Autor: Aprilynne Pike
Editora: Bertrand Brasil
Categoria: Literatura Internacional | Romance | YA
ISBN: 8528615235
Páginas: 294
Lançado: 2011
Classificação: ♥ ♥ ♥  

Compre pelo menor preço!

Sinopse:

Laurel foi encontrada na porta da casa de seus pais adotivos e sempre estudou com a mãe. Aos quinze anos, após se mudar para uma nova cidade e se matricular em uma escola, sua vida muda completamente. Para começar, desde sempre solitária, ela ganha um grupo de amigos e um admirador apaixonado, David. E isso será apenas o início. À primeira vista, Laurel é uma garota comum, com os problemas de qualquer adolescente. O que a diferencia, porém, é ter um segredo maravilhoso e perigoso: ela é uma fada e tem a missão de proteger o portal de Avalon.

 

Comecei a ler com muita voracidade este livro. Desde que
havia lido uma resenha dele, antes de ter os seus direitos de publicações
comprados, já estava ansioso para ler. E ao saber que a Bertrand iria lançar,
minha alegria foi geral. Mas enfim, lançou o livro, esqueci dele. E assim foi, 
até eu ver ele em promoção (isso não vem ao caso, mas paguei barato nele).

Chegou semana passada, e fui com muita fome ao pote. E isso
é sempre um problema. Eu deveria aprender com minhas leituras que sempre deram
errado deste jeito. Minha ansiedade foi muito grande, e prejudicou-me muito. 
A narrativa da autora é boa sim, mas no meu caso eu mais pulava
descrições do que não sei o quê. E quando eu prestava atenção sempre
faltava algum detalhe, pois eu percebia isto na minha imaginação. David, seu
amigo da sua nova (e primeira) escola, é aquele tipo de personagem fiel a
protagonista. E também fica amiga de Chelsea. E só, ela não tem mais amigos.
Achei isso muito estranho, pois não é mencionado o nome de mais ninguém durante
o livro. Eu posso até não ter muitos amigos, mas sempre converso com umas
pessoas… Mas é a personagem é mais antissocial que já li mais do que eu…
Este livro tem um título/spoiler/sinopse que não deixa muito
suspense. A mitologia criada pela autora sobre este novo mundo foi razoável.
Esperava mais explicações, mas por ser uma série pode ter as respostas das
várias perguntas que formulei mentalmente. A narrativa pode ser corrida, mas é como se ela não saísse
do lugar, faltou agilidade na história em si. Muitas cenas poderiam ter sido
deletadas. Tamani é o típico personagem estranho que todos se identificam (ou
sou só eu?) e super simpático. 
Resumindo, a premissa da autora foi muito boa, mas devido a
minha ansiedade em ler este livro logo, me decepcionei muito com o que me deparei.
Espero que o próximo volume (Encantos) seja melhor que este. Recomendo para
aqueles que gostam deste tipo de história. E caso vocês tem alguma dúvida sobre
a resenha. É melhor ler o livro para tirar suas dúvidas.
 Um
garoto que gosta principalmente de ler. Mas também de vôlei e ainda
por cima é um pouco viciado em séries. Espera ser um grande escritor um
dia, assim que seus projetos forem terminados.
 Redes Sociais:

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

30maio2012

Porque eu Amei – Roque Neto

Autor:  Roque Neto
Editora: Dracaena
Categoria:  Romance | Drama | Ficção | Literatura Nacional
ISBN: 9788564469495
Páginas: 240
Lançamento: Setembro de 2011
Classificação: ♥ ♥ ♥  
Pesquise preços aqui!

Sinopse: 
Às vésperas de ser nomeado bispo e realizar o grande sonho de sua mãe, padre José Lucas se apaixona pela primeira vez. Seu relacionamento com Thomas lhe proporciona as delícias e as incertezas do primeiro amor, e uma pausa na rotina de suas atividades religiosas. Entretanto, aquilo que separa as duas faces de sua vida será colocado à prova quando os segredos que os amantes escondem um do outro forem revelados. José Lucas deverá tomar uma decisão: assumir sua verdadeira identidade ou continuar realizando os desejos de sua mãe, a quem, aliás, o jovem padre não consegue contrariar. “Porque eu amei” é uma parábola sobre a necessidade de fazer escolhas, assumir consequências e, finalmente, se tornar aquilo que sempre sonhou ser. Em sua segunda obra literária, Roque Neto lança a patamares ainda mais altos sua habilidade de surpreender leitores e fazê-los famintos daquilo que está por vir. Publicado pela editora Dracaena, “Porque eu amei” tem o Prefácio escrito pelo autor americano Lev Raphael.

O livro dividido em duas partes conta a história de José Lucas, ou melhor, do padre José Lucas. Desde pequeno ele teve contato com a vida religiosa, sua família era muito ligada a igreja. Graças ao forte desejo de sua mãe, após os estudos ele vai para o Seminário de Campinas para se tornar um padre. Após se formar ele vai a Itália e começa a desviar de seus ensinamentos e deixa de reprimir seus desejos. José Lucas sente que sua vocação é ser padre mas mantém seu verdadeiro eu escondido de todos.

Apesar de tudo, ele se torna muito bom naquilo que se formou. Ouve as pessoas, possui novos projetos para ajudar a população e de maneira nenhuma contribui com a corrupção que existe. Ele é descolado, ajuda os jovens e tenta usar o dinheiro repassado da melhor maneira possível.

Eu gostei bastante desse personagem, e acho o autor muito corajoso por escrever sobre esse tema, ainda mais envolvendo uma instituição religiosa. Não aprovo algumas das atitudes de José, o que mais me incomodou foi sua indecisão, mas mesmo assim foi dele que eu mais gostei. A relação de José com sua família é ao mesmo tempo boa e ruim. Ele possui um irmão mais velho que aparenta ser totalmente o oposto dele mas tem tantos segredos quanto o irmão. A mãe é a do tipo firme que não aceita ser contrariada e quer tudo a sua maneira, ela é uma pessoa de personalidade forte e teve problemas com a família na adolescência. Ela fez de tudo para que o filho caçula se tornasse um padre e abomina costumes fora dos padrões religiosos.

Quando José conhece Thomas, um irlandês professor da Unicamp começa a repensar se tudo o que conquistou até agora e se o que ainda pode conquistar valerá a pena, pois o que ele coloca em risco é muito grande: Sua família, amigos e sua carreira que desde sempre quis alcança-la.

Achei o relacionamento deles muito fofo. Nunca tinha lido algo parecido que falasse da relação de um casal homossexual e o autor soube fazer isso muito bem. O livro é curto e por tratar de tantos assuntos polêmicos eu gostaria de uma abordagem maior. Gostei bastante da capa, ficou bem legal essa imagem. É rápido de se ler e o final deixa que o leitor imagine por conta própria o resultado. Sei que não é um tema que vai agradar a todos, mas com certeza todos deveriam dar pelo menos uma chance para ele.

 
 Sobre o autor:

Sua formação acadêmica inclui uma graduação em Filosofia, pós-graduação
em Psicopedagogia e Gestão Escolar e ainda mestrado em Educação.
Atualmente mora nos Estados Unidos, onde cursa Psicologia e segue com
seu doutorado em Liderança Educacional em Saint Mary’s College of
California.


Andressa Leite tem dezoito anos e é estudante de Jornalismo. É colunista no Viaje na leitura como resenhista. Um de seus autores preferidos é a J.K Rowling. Acompanhe ela no Twitter: (@stonesandmilk).
Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

25maio2012

De repente, nas profundezas do bosque – Amós Oz

Livro: De repente, nas profundezas do bosque
Autor: Amós Oz
Editora:  Companhia das Letras
Categoria:  Ficção | Literatura Estrangeira
ISBN: 8535909966
Páginas: 141
Lançamento: 2007
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Compre pelo menor preço!

Sinopse:  
Uma fábula onde os animais não falam, mas fala-se deles e do seu desaparecimento do bosque numa noite de tempestade. Alguns habitantes mais antigos da aldeia afirmam terem visto quando a sombra de Nehi, o demônio, passou pelo bosque levando atrás de si muitas outras sombras, às quais juntaram-se todos os animais: carneiros, raposas, tigres, jumentos, vacas, cobras, insetos, aves…
Desde então, paira sobre a aldeia a seguinte dúvida: todos aqueles animais teriam mesmo existido ou seriam apenas lenda dos aldeões mais velhos? Estes dizem aos mais jovens que é perigoso entrar no bosque, pois o demônio Nehi poderia levá-los, assim como fez com todos os animais. A desconfiança e o medo são constantes na aldeia. 
O livro que vou resenhar hoje pode ser um pouco infantil,
mas a história em si serve para adultos e crianças. 

De todas as crianças da aldeia, apenas duas, Maia e Mati,
sentiam uma baita atração pelos bosques sombrios. Pág. 39
Com uma narrativa leve e gostosa de ler, Amós Oz conduz este
livro através de Maia e Mati, que ficam curiosos em relação às histórias que
sua professora conta e adentram o bosque para descobrir se estas histórias são
verdadeiras. 
Me fez refletir este livro. É como se os bichos para eles
fossem os aliens para nós, não sabemos se existem, agora atualmente estamos dentro
desta mata e iremos descobrir em breve a verdade.
Por ter poucas páginas, a leitura flui rapidamente e quando
você menos espera já acabou de ler. A capa confusa foi um atrativo pra eu ler o
livro. Por dentro a Editora Cia das Letras fez uma ótima diagramação. É um bom
livro para passar o tempo e/ou refletir sobre com vivemos, como não damos
atenção a nenhum animal. 
O livro é curtíssimo, e quando menos se espera, a leitura termina, não poderia eu, escrever e prolongar ainda mais a resenha, um livro que entrete e nos leva a reflexão. Recomendo a leitura.
 Um
garoto que gosta principalmente de ler. Mas também de vôlei e ainda
por cima é um pouco viciado em séries. Espera ser um grande escritor um
dia, assim que seus projetos forem terminados.
 Redes Sociais:

 

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

18maio2012

Crônicas dos Senhores de Castelo: O Poder Verdadeiro – G. Brasman e G. Norris

Livro: Crônicas dos Senhores de Castelo: O Poder Verdadeiro
Autores: G. Brasman e G. Norris
Editora: Verus
Categoria: Literatura Nacional | Sobrenatural
ISBN: 9788576861058
Páginas: 236
Lançamento: 2010
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ 
Compre pelo menor preço!
Sinopse: 
Há milhões de anos, os Espectros, seres mágicos malignos, ameaçavam aniquilar o Multiverso. Para impedir uma catástrofe, a sábia Noppon convocou os líderes de todos os planetas para combatê-los e garantir a paz. Formava-se assim o grupo Senhores dos Castelos. No primeiro volume da saga Crônicas dos Senhores de Castelo, a princesa guerreira Laryssa sairá em uma jornada de luta e coragem em busca de um artefato mágico. Com uma mitologia própria, o livro mistura magia e tecnologia, com referências aos grandes mestres da ficção. Um prato cheio para os fãs da literatura fantástica.
No começo do livro fiquei confuso com tudo que acontecia, mas aos poucos os personagens foram sendo caracterizados, e tudo o mais. Então se começou a ler e desistiu porque estava monótono ou não estava entendo, continue sua leitura, que ele irá melhorar.

Gostei do mundo que os autores criaram. O título O Poder Verdadeiro foi escolhido muito bem, pois causa certo impacto na hora de comprar, ou mesmo ao ler a sinopse. Apenas a capa que não gostei, ao longe pareceu ser um monstro e não um Senhor de Castelo.
Confesso que já havia descoberto o final antes mesmo de terminar o livro, apesar disso, foi surpreendente compreender o desenrolar das brigas que eles travaram. A narrativa dos dois autores foi tão boa que não consegui saber quem era quem na hora de quem narrava, quer dizer, em alguns livros isso fica perceptível.
Como a sinopse não explica direito a história me deixa tentar “sinopsar”. Kullat e Thagir são dois Senhores de Castelo e estão numa missão de encontrar a princesa Laryssa, que está desaparecida. Bom é isso o que posso contar, mas por mais que pareça um pouco monótono o livro, você pode se enganar. O livro é bom, e em certas horas lembrou-me Eragon de tão bem narrado.
Uma dica quando você for ler: Não leia o sumário, porque pelo nome dos capítulos, você pode conseguir descobrir o que irá acontecer. Um ótimo livro da Editora Verus, e mal posso esperar para poder ler a continuação que se não me engano já foi lançada.
 Um garoto que gosta principalmente de ler. Mas também de vôlei e ainda por cima é um pouco viciado em séries. Espera ser um grande escritor um dia, assim que seus projetos forem terminados.
 Redes Sociais:

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados: