19outubro2010

Sede de Vingança – Aurélio Simões

Livro: Sede de Vingança
Autor: Aurélio Simões
Editora: (Clube de Autores)
Categoria: Literatura Nacional / Ficção
ISBN: 9788591096602
Páginas: 172
Lançado: 2010

Compare Preços

“Mas o que ele jamais poderia imaginar era que durante todo esse tempo as gêmeas estavam vivas e que elas estavam dispostas a transformar a vida perfeita dele em um verdadeiro inferno.”

           Yara e Yasmin são irmãs gêmeas idênticas, que moram com a tia e o amante desta, Vitor, que não trabalha e vive as custas do salário mínimo da tia, que aliás é também muito mais velha que ele.
As duas apesar de serem gêmeas, diferem e muito na personalidade, uma é o oposto da outra, enquanto temos em Yasmin um certo recato no comportamento, em Yara extrema extravagância
           As gêmeas vivem da prostituição e fazem da sua beleza incomum, uma maneira de ganhar a vida, vivem procurando atores, médicos renomados, na intenção de arrancarem boa grana, ao menos suficiente para embarcarem para longe do país e da vergonha que são, e quem sabe tentar uma nova vida…Mas tudo vai por água abaixo, quando Vitor, decobre a quantidade de dinheiro que receberam do médico famoso que as pagaram pelo silêncio do relacionamento vergonhoso que tiveram, Vitor as persegue numa alucinação doentia e não descansa até enterrá-las vivas…Passado alguns anos ele vivia bem com sua empresa que montou graças ao dinheiro roubado dessas garotas…mas elas não morreram e descobrem o paradeiro do homem que as torturou e desejam vingança.
O que eu achei do livro? Tem uma história fantástica e criativa, a capa é uma das mais bonitas que já vi, acrescento ainda que a história, a narração dos fatos foram escritos com excelência única do autor. Um livro de leitura fascinante, eu sentei para lê-lo e não consegui parar até o desfecho. Tiro um ponto porque faltou uma  revisão mais detalhada e uma significável melhoria nas expressões grotescas, que deixaram o livro com aspecto regular, que com certeza pode ser melhorado com uma boa revisão!
Ainda não sei porque não foi lançado por uma Editora, porque o autor tem um talento único e criatividade notória, inclusive “Sede de Vingança” foi vencedor do I Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea.

Blog do Autor  


Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

06outubro2010

A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr

Olá Galera!!!
Já sentei umas cinco vezes na frente do notebook pra fazer a resenha de hoje. Porque? O Livro de hoje é muito bom, então precisava caprichar. Espero que gostem!

Livro: A Batalha do Apocalipse – Da Queda dos Anjos ao Crepúsculo do Mundo
Autor: Eduardo Spohr
Editora: Record
Selo: Verus
Categoria: Literatura Nacional/Ficção
ISBN: 9788576860761
Páginas: 588
Lançado: 2010 

Pra começar esse é o tipo de livro que você fica tão entretida que de repente, nem que seja por um minuto, você esquece de fato a realidade. Você começa a olhar pra história como se ela de fato tivesse acontecido, ou se está acontecendo, ou ainda, se ela irá acontecer. De repente no meio da história você para e se pergunta: – Isso é mesmo ficção? 

Eu me perguntei isso várias vezes, confesso que adorei a leitura.

Pra quem acompanha as minhas resenhas já devem ter reparado que adoro falar de autores nacionais, mas confesso, que Eduardo Spohr me surpreendeu com “A Batalha do Apocalipse”. Eu já havia ouvido falar desse livro antes mesmo dele entrar pra lista dos mais vendidos, eu tive conhecimento dele através de um podcast do site Jovem Nerd e fiquei ansiosa pra ler. Para minha sorte, a nossa parceira, a Editora Record resolveu me ceder um exemplar pra resenha. Mas vamos ao que interessa: o livro!
A obra do Eduardo é um Épico brilhante, repleto de aventuras do início ao fim; suas descrições e detalhes são tão impressionantes que o leitor deixa de ser apenas “leitor” e passa a viver a história, a caminhar e lutar junto ao “Anjo Renegado”. Quem é ele? Ah tá, esqueci de contar…
A Batalha do Apocalipse traz a história de Ablon, o anjo renegado. Há muitos anos o céu foi palco de uma guerra:

“Há muitos anos, há tantos quanto os números de estrelas no céu, o paraíso celeste foi palco de um terrível levante. Armados com espadas místicas e coragem divina, querubins leais a Yahweh travaram uma sangrenta batalha contra o arcanjo Miguel e os anjos que o seguiam.” (p.9)

Nesta guerra os vitoriosos continuaram no plano celeste, os derrotados foram viver nos porões (inferno), no entanto houve anjos com ideais que não concordaram com a posição de nenhum desses dois grupos e por este motivo foram exilados na Terra sendo denominados “Anjos Renegados”.
Por muitos e muitos anos, Ablon viveu as escondidas tentando reunir o grupo de anjos renegados na Terra para encontrar um jeito de se vingar de Miguel, no entanto sua vida e suas concepções mudam quando ele conhece Shamira, a Feiticeira e deixa de lado o seu desejo de vingança decidido a viver como um ser terreno.
Mas as coisas estão para mudar, as profecias apontam o juízo final, o armagedon, o tecido que separa os mundos está para decair:
“- Não é sempre assim? – a voz baixou uma oitava. – Os espíritos me sussurram umas coisas, e a maioria delas é assustadora. Tem algo errado, não tem? O Tecido está decaindo. Começou, não é?”(P.45)
Uma guerra está para começar! O Futuro não só da humanidade está em jogo, mas também o futuro do mundo como o conhecemos. Os anjos infernais irão lutar, os anjos celestes tentarão combatê-los, e Ablon está entre esses dois grupos sem saber a quem se aliar, pois nenhum deles planeja coisa boa.
Além de lutar por seus ideais e tentar salvar o mundo como o conhecemos, Ablon também se deparará com uma difícil missão: salvar Shamira!
Muitas aventuras e mistérios regem cada uma das 586 páginas desse livro fabuloso, a nós leitores nos é dado a oportunidade de vivenciar um apocalipse nunca imaginado. Afinal de contas, o Mundo terá o seu fim ou Ablon será capaz de preservar o mundo que conhecemos?
Bom… só lendo pra descobrir!
Só um detalhe: A Batalha do Apocalipse é “viciante”, então já tenham em mente que quem começa a ler não consegue parar. Eu adorei e recomendo!
***
Pra quem quiser conhecer um pouquinho mais sobre o autor e sua obra acesse o site: www.abatalhadoapocalipse.com
Ou ainda, vocês podem ouvir o podcast da Revista Fantástica (n°5) ou do Jovem Nerd, em ambos vocês terão a oportunidade de conhecer um pouquinho mais sobre a obra e sobre este autor talentoso e nacional!

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

02outubro2010

O Mapa do Tempo – Félix J. Palma

Livro: O Mapa do Tempo
Autor: Félix J. Palma
Editora: Intrínseca
Categoria: Literatura Internacional / Ficção/ Romance
ISBN: 9788598078915
Páginas: 472
Lançado: 2010

 Compre Aqui ou Aqui!

O que acontece quando alteramos o passado? Será possível reescrever a História?

Como falar de um livro tão bem escrito, complexo e detalhista? Como descrever um livro de leitura extremamente maravilhosa? Foram estas questões que deparavam em minha mente antes de começar a escrever esta resenha. Ao começar a leitura, vemos que estamos diante de uma literatura fascinante, vários personagens passam pela trama, alguns ficam, outros breves passagens que por razões que só descobriremos folheando as páginas, são interligados e cada um tem um papel fundamental na trama apresentada pelo autor.


   Começamos conhecendo Andrew, que vive atormentado e infeliz por oito anos, desde que sua amada fora cruelmente assassinada e retalhada por Jack, o estripador. Quando ele percebe que o passado é imutável para ele resolve suicidar-se. Mas ele não contava que seu primo Charles atrapalhasse sua tentativa de deixar este mundo para encontrar-se com sua amada Marie Kelly uma prostituta por quem se apaixonara perdidamente, tanto era sua paixão que ele via a morte como única forma de encontrá-la, mas como eu disse, ele foi interrompido pelo primo, que promete a Andrew que pode salvar Marie, voltando ao pasado através da máquina do tempo.
   Deixarei vocês curiosos a partir daqui e vou falar um pouco da segunda parte do livro, onde encontramos Gilliam Murray que por uma pequena fortuna pode te levar ao futuro! Mas Andrew precisa voltar ao passado…mas este empresário citado acima os indica ao famoso escritor H.G Wells que escreveu “A Máquina do tempo” que é suspeito de conhecer um meio de voltar ao passado.
A narração passa ser cada vez mais extasiante, em uma atmosfera de encontros e desencontros. Será que o verdadeiro amor pode ultrapassar a barreira dos séculos? Poderá um herói do futuro amar uma donzela do passado? Será possível repisar suas pisadas?

Este livro é fantástico e inebriante. Entra para minha lista de favoritos pela narração perfeita e coerente, pela história mágica e incrível.
Quer se deparar com “celebridades” da era vitoriana, entre eles: H.G.Wells, Júlio Verne, Bram Stoker, Homen Elefante e Jack, o estripador? Embarque nesta viagem pelos tempos narrada de maneira peculiar por um narrador que assiste os bastidores desta incrível trama. Recomendadíssimo!!!!


Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

27setembro2010

O Arquiteto do Esquecimento – Marcos Bulzara

Livro: O Arquiteto do Esquecimento
Autor: Marcos Bulzara
Editora: Life
Categoria: Ficção/Literatura Nacional
ISBN: 9788562660160
Páginas: 470
Lançado: 2010

Que parte da sua vida você gostaria de esquecer?

“O Arquiteto do Esquecimento” nos presenteia com uma história de amor fraternal que supera dificuldades intransponíveis, o tempo, as lembranças.
Doran Visich teve sua infância regada com amizade e companheirismo de sua irmã Constantine. Mas não imaginava o que viria a seguir… Quando a Polônia foi invadida pelos nazistas, a história deles  foi marcada com separações, dores, sombras e mortes.  Era em setembro de 1939 e a humanidade era marcada também pela guerra mais sangrenta entre as nações. Esse marco histórico que o separou de sua amada irmã e família. Ele sobreviveu  à guerra mesmo sendo judeu, e passado ela, as dores fisícas se foram, restando as mais cruéis: as emocionais.
Passado o tempo e várias circunstâncias,  há um enorme dilema: Constantine do passado e a do presente são responsáveis pela decisão que ele deve tomar agora, o plano que arquitetara usando sua própria criação a droga D-45 Amnol, que não pode mudar o passado, mas pode decidir o futuro de sua filha. Sendo seu próprio futuro indecifrável, ele toma a decisão.


“Finalmente compreendeu que não havia culpados ou inocentes em todo o trajeto de sua vida. Ouvindo a própria história se deu conta de que simplesmente as coisas aconteceram do jeito que aconteceram. A sua vida percorreu aquela estrada.”

O livro é dividido em narrações presentes, do passado e terminando em um enredo futurista, que apesar de complexa tornou o livro um espetáculo de imaginação, criatividade e nostalgia. Recomendo extremamente a leitura deste livro inovador, histórico e muito emocionante. Você vai se surpreender nos bastidores deste enredo, senti falta apenas de mais detalhes em alguns pontos do enredo, mas imagino que criatividade o autor usou para esses flashbacks, e que envolvendo a presente leitura não deve ter sido nada fácil. Adorei a história criada por Marcos Bulzara, mais um livro nacional que tem tudo para ser um grande sucesso!

Site do AutorSkoob
Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados: