05outubro2010

A Escolha de Cada Um – Regina Monge

Livro: A Escolha de Cada Um
Autor: Regina Monge
Editora: Novo Século
Selo: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Categoria: Literatura Nacional
ISBN: 9788576793359
Páginas: 160
Lançado: 2010
Compre Aqui ou Aqui

             “Ele nos ensina a fazer escolhas. Escolhas certas.”

“A Escolha de Cada Um” é um livro diferente, mas comovente que,  ao mesmo tempo nos entrete com duas histórias que são interligadas e que nos ensinam a abrir nossa mente para o novo e fazer nossas escolhas.
    O que você realmente deseja?


Na primeira  parte deste livro conhecemos algo bastante novo na literatura e diferente: um livro que narra sua própria trajetória desde sua criação até sua chegada as livrarias onde fica nas últimas prateleiras esquecido em prol das críticas negativas até sua redescoberta por um leitor voraz. Então este narrador inusitado nos conta tudo o que lhe sucede, histórias que ele pode ver através das páginas que o envolve e muito além.
   Na segunda parte do livro nosso narrador abre suas páginas nos emocionando com a história de Anna que promete nos ensinar a abrir o coração e nossa mente para que o universo conspire a nosso favor, Anna é promovida em sua carreira profissional, contudo, sua carreira sentimental não teve a mesma trajetória. Um acontecimento em uma viagem de férias de Anna,  vai encantar os leitores desta comovente lição de vida, de escolhas. Regina Monge estréia algo novo e surpreendente que nos permite viajar através da extensão dos sonhos, da própria realidade. Qual será sua escolha? Recomendo a leitura, tenho certeza de que você vai repensar seus caminhos e suas escolhas. Um livro curto e de leitura leve e agradável!

Blog do Livro             Twitter

P.S A querida autora  enviou-me alguns marcadores autografados para sortear entre todos que lerem a resenha e deixarem neste post um comentário dizendo o que achou do livro e da resenha. Podem comentar à vontade e expressarem sua opinião! Sortearei os marcadores no próximo domingo junto com as premiações da semana.


Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

17setembro2010

Histórias de Arrepiar – Regina Drummond

Olá Galera!
Hoje vou falar um pouquinho (pouquinho? #mentira , me empolguei escrevendo- rsrs) pra vocês sobre um livro que foi cortesia da nossa mais nova parceira, a Giz Editorial.
O livro que trago até vocês hoje é “Histórias de Arrepiar”. Vamos lá!
Livro: Histórias de Arrepiar
Autor: Regina Drummond
Editora: Giz Editorial
Categoria: Contos
ISBN: 9788578550653
Páginas: 128
Lançado: 2009

A Principio quero dizer que achei o livro super interessante, gostei muito da capa e dos detalhes do livro.
Como esse livro é composto de contos, no inicio de cada um dos contos tem desenhos de vela, teias de aranha e no final, também de cada conto, tem uma lápide, que eu só fui entender o significado quando terminei de ler o terceiro conto, mas não vou contar o significado para não estragar a surpresa dos futuros leitores. Meu conselho: LEIA! (só assim você saberá – rs)
Vamos falar um pouco sobre a história do livro (ou melhor, histórias).
A principio a autora Regina Drummond dividiu seu livro em duas partes:
  • Histórias que eu vi
  • Histórias que me contaram
Cada uma dessas partes contém cinco contos, ou seja, o livro é composto de 10 contos “horripilantes”.
Agora, vou ser sincera: Eu adorei esse livro, é um dos melhores livros de contos que li até hoje. Ouso dizer que Regina Drummond é uma excelente contadora de histórias, seus contos me “fisgaram”da primeira a última página do livro. Tem um conto melhor que o outro, é aquele tipo de livro que você começa a ler e é levado a acreditar em um determinado desenrolar da trama, mas de repente o final é TUDO, menos o que você esperava.
Nesse livro você vai encontrar os seguintes contos:
  • O Pássaro
  • Histórias de Mulheres
  • Vida alternativa
  • Um gato pardo como outro qualquer
  • A boneca de porcelana
  • As bruxas da floresta
  • A cafeteira
  • Sredni Vashtar
  • Vera
  • Homens de Mármores

De um modo geral gostei de todos os contos, mas confesso que “A Cafeteira” e “Homens de Mármore” me deixaram fascinada com o enredo. tem um conto que, pra ser sincera, gostei um pouquinho menos dele que foi “Um gato pardo como outro qualquer”.

Calma! Eu explico porque esse eu gostei menos. Sou apaixonada por gatos e o desfecho desse conto me deixou triste, sabe porque?
Bom… vocês terão que ler pra descobrir.
Puxa… acho que escrevi demais, mas em síntese, para quem gosta de suspense e desfechos inusitados eu recomendo “Histórias de Arrepiar”. Você não vai se arrepender, no máximo você vai se “arrepiar” – kkk.

SORTEIO: Bom galera pra quem acompanha o blog viu que quando chegou esse livro eu prometi que faria algo bem legal quando eu soltasse a resenha. Então, vamos lá.

Acho que vocês já perceberam que adoro dar marcadores e pra variar vou dar marcadores hoje de novo. A cada 8 comentários neste post eu vou sortear um marcador do livro “Histórias de Arrepiar”. Então corram comentar.
E como hoje eu estou de muito bom humor, vou dar uma nova chance de vocês ganharem marcadores. Vocês tem que responder uma das duas perguntas ou as duas se vocês quiserem, tanto faz.
  • Por que cada conto termina com uma lápide desenhada?

ou

  • Por que eu não gostei do final do conto “Um gato pardo como outro qualquer”?
Pra quem conseguir acertar eu vou dar o marcador do “Histórias de Arrepiar” e mais alguns marcadores de livros publicados pela Giz Editorial. Para cada pergunta terá um vencedor e se, por acaso, ninguém acertar, vou escolher a resposta mais original de cada pergunta. Então, solte a criatividade.

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

14setembro2010

Raízes e Asas – Ronaldo Luiz Souza

Livro: Raízes e Asas
Autor: Ronaldo Luiz Souza
Editora: Usina de Letras
Categoria: Literatura Nacional
ISBN: 9788562851513
Páginas: 156
Lançado: 2010

Quando o autor do livro entrou em contato comigo, eu desconhecia este maravilhoso livro, e agradeço já de antemão, meus sinceros agradecimentos ao autor Ronaldo Luiz Souza, por me proporcionar tão emocionante e comovente leitura. O que lemos no livro?

Conhecemos dois destinos, dois seres, um pinheiro pequenino e solitário que restou de uma floresta desmatada e um passáro conhecido como Branno, que após ter seu bando todo disperso pela morte de caçadores, se encontra fugindo do destino, da liderança que pelos acontecimentos lhe é imposta. Mas ninguém pode se esconder do destino, e mesmo após ser o líder do bando para continuarem a  migrarem, outra peça é pregada e Branno tem de ficar para trás, afinal sua asa ferida não o deixa prosseguir com o bando. E assim, ele fica na árvore que um dia cresceu solitária fisicamente, mas acompanhada dos seres magníficos da existência, a terra, o céu, o ar…
       Entrelaçados e unidos o pinheirinho e o passáro têm muito em comum. Descubra lendo esta pequena e comovente história de amor, amizade, compreensão, sonhos…de uma floresta verdejante. O livro deixa muitas mensagens durante todo o enredo, mensagens de consciência e para melhoria dela, em relação ao meio ambiente, a vida em geral.

Viva intensamente o momento presente. Viva o agora. Do ontem, colha a flor da experiência. Veja sua vida por completo. Do passado ao presente. Do presente ao futuro.

“Somos o futuro daqueles que já partiram e o agora da humanidade. Também somos o ontem daqueles que virão. Escrevemos seu amanhã, e lhes legaremos vida ou sofrimento, harmonia ou desesperança, conforme nossos passos deixam suas marcas no mundo.”

Curiosidade: O livro é impresso em papel reciclato, preservando o meio ambiente. Fato que não altera a qualidade das páginas, justamente ao contrário, as páginas são mais resistentes e de cor propícia a facilitar a leitura.

Gostaram da resenha? do livro? que tal deixar aqui sua opinião? E claro não deixem de conhecer o blog do autor no qual ele lança as novidades e assuntos referentes a este título:  http://livroraizeseasas.blogspot.com/

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

06agosto2010

Aura Negra – Richelle Mead



Livro: Aura Negra
Série: Academia de Vampiros
Autor: Richelle Mead
Editora: Nova Fronteira
Categoria: Literatura Internacional/Romance
ISBN: 9788520923993
Páginas: 304
Lançado: 2010

Aura Negra é o segundo volume da série Academia de Vampiros da autora Richelle Mead.
Para quem acompanhou o primeiro o livro da série onde todos os acontecimentos giravam em torno da Vampira adolescente Lissa, neste livro temos uma virada nos acontecimentos. Em Aura Negra os acontecimentos giram em torno da dampira (meio humana, meio vampira), aspirante a guardiã e melhor amiga de LIssa: Rose.
Depois de todos os acontecimentos que tumultuaram a vida de Lissa e Rose em “O Beijo das Sombras”, agora Rose Hathaway terá de lidar com questões ainda maiores.
No mundo dos Vampiros, conhecido como Moroi, a paz e a segurança estão ameaçadas, algo nunca visto antes está prestes a acontecer. Uma família de vampiros da alta realeza Moroi, juntamente com seus guardiões dampiros, são assassinados em sua própria casa. Um ataque de tão grande magnitude só pode ser sido feito por Strigois (seres maléficos que se alimentam do sangue de Morois). Mas, o pior de tudo é que aparentemente eles contaram com a ajuda de humanos.
A sociedade Moroi está com medo.
Rose, alem da preocupação com a segurança de sua amiga Lissa, ainda tem mais problemas para se preocupar. Entre suas preocupações está seu amor por Dimitri, seu instrutor de luta mais velho que ela, um amor que por inúmeras razões não deve ser alimentado. Sua mãe, que há anos ela não vê, aparece nas festas de fim de ano a trabalho protegendo um Moroi.
Um amor impossível, um reencontro inusitado e uma guerra prestes a estourar… aquele definitivamente parece estar sendo o pior Natal da vida de Rose.
Como se já não bastasse tanta confusão os Morois não se entendem sobre quais atitudes tomar para impedir que os Strigois continuem matando. A suposta organização entre Strigoi e a desconfiança de que humanos estejam ajudando faz com que nem à noite, nem o dia sejam mais seguros.
Três amigos de Rose decidem por conta própria saírem para caçar Strigoi, e ela preocupada com eles decide ir atrás. Uma atitude sensata? Nem tanto!
Em Aura Negra o leitor encontra muito mais ação, aventura e Romance do que em O Beijo das Sombras. Muitos mistérios que ficaram pendentes no primeiro livro começam a ser revelados. Rose tem que salvar seus amigos, mas dessa vez o inimigo é bem mais poderoso que ela. Será ela capaz de lidar com tantas questões pessoais e ainda salvar seus amigos? Somente o leitor poderá descobrir.
Se o primeiro livro já foi àquela história de não conseguimos parar de ler, o segundo é aquela história que nos mantém acordado de madrugada, prendendo a respiração e eufóricos com o final imprevisível. Vale a pena ler!

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados: