22junho2017

[Resenha] As coisas não são bem assim – Renata R. Corrêa

 

“Na vida, as coisas realmente nem sempre são como deveriam ser…”

“As coisas não são bem assim” é o mais novo lançamento da autora nacional Renata R. Corrêa, conheci a escrita e o primeiro livro da autora em “Contra todas as probabilidades”. No entanto, este seu novo livro é totalmente diferente do seu antecessor, é um romance com mais drama e emoção, além de possuir um amadurecimento notório na escrita da autora.

Continue lendo

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

20junho2017

[Resenha] Tempestade de Cristal – A Queda dos Reinos # 5 – Morgan Rhodes

Sinopse – MAGNUS e CLEO são forçados a testar a força de seu amor quando Gaius retorna à Mítica dizendo não mais ser o Rei Sanguinário, mas, sim, um homem mudado buscando redenção. LUCIA, grávida do filho de um Vigilante, escapou das garras do Deus do Fogo. Seus poderes estão enfraquecendo enquanto ela segue em frente para completar a profecia que manterá seu bebê a salvo… JONAS volta para Mítica com um plano para tirar Amara do poder, mas o destino toma às rédeas quando ele vai em direção à bela princesa Lucia e se junta a ela em sua perigosa jornada. AMARA tomou o trono de Mítica, mas sem uma forma de liberar a magia da água presa em seu cristal roubado, ela nunca será capaz de encontrar glória e conseguir sua doce vingança. E qual tipo de escuridão cairá – e quem estará salvo – depois que o Príncipe Ashur revelar o perigoso preço que ele pagou para enganar a morte?

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

19junho2017

[Resenha] A Profecia das Sombras – As Provações de Apolo # 2 – Rick Riordan

Sinopse – Não basta ter perdido os poderes divinos e ter sido enviado para a terra na forma de um adolescente espinhento, rechonchudo e desajeitado. Não basta ter sido humilhado e ter virado servo de uma semideusa maltrapilha e desbocada. Nããão. Para voltar ao Olimpo, Apolo terá que passar por algumas provações. A primeira já foi: livrar o oráculo do Bosque de Dodona das garras de Nero, um dos membros do triunvirato do mal que planeja destruir todos os oráculos existentes para controlar o futuro.  Em sua mais nova missão, o ex-deus do Sol, da música, da poesia e da paquera precisa localizar e libertar o próximo oráculo da lista: uma caverna assustadora que pode ajudar Apolo a recuperar sua divindade — isso se não matá-lo ou deixá-lo completamente louco. Para piorar ainda mais a história, entra em cena um imperador romano fascinado por espetáculos cruéis e sanguinários, um vilão que até Nero teme e que Apolo conhece muito bem. Bem demais.  Nessa nova aventura eletrizante, hilária e recheada de péssimos haicais, o ex-imortal contará com a ajuda de Leo Valdez e de alguns aliados inesperados — alguns velhos conhecidos, outros nem tanto, mas todos com a mesma certeza: é impossível não amar Apolo.

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

01junho2017

[Resenha] A Árvore dos Anjos – Lucinda Riley

Sinopse – Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado. Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória. Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical… mas que esconde um lado sombrio. Da aclamada autora da série As Sete Irmãs, A Árvore dos Anjos é uma história tocante sobre amores e perdas, sobre como nossas escolhas de vida podem tanto definir quem somos como permitir um novo começo.

Continue lendo

Thaís Turesso

veja também os relacionados:

12323