25novembro2010

Hathor – Markus Thayer

Livro: Hathor
Autor: Markus Thayer
Editora:  Novo Século
Selo: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Categoria:  Literatura Nacional / Romance / Ficção
ISBN: 9788576793946 
Páginas: 352
Lançamento : 2010

            “Hathor” nos apresenta a trajetória de John McBrian um jovem estudante de uma renomada faculdade de Cambridge, que se vê surpreendido, quando fazendo um trabalho para a faculdade ele encontra em um livro muito antigo um fato curioso, duas folhas grudadas que sugerem um espaço dentro delas um tanto estranho. Logo o jovem vê que não está fácil de abrir as páginas e leva o livro para seu professor sir Oliver Stwart, que também curioso com o fato, abre as páginas com uma facilidade que John não tivera e encontra uma relíquia, um mapa que sugere um tesouro, que vale muito mais que o ouro, a prata e qualquer riqueza!

       Logo, termina contando para seu companheiro de trabalho William, que juntamente com John e sir Oliver partem para uma missão na busca do tesouro. Emma é uma jovem moça que trabalha na casa de Sir Oliver, e não dá tanta importância quando o seu patrão lhe conta sobre a pequena viagem que farão para uma pesquisa universitária. Mas inocente e alheia às maldades mundanas, ela conta corriqueiramente em uma conversa com seu namorado Klaus sobre a viagem do professor e sobre um “tesouro” que ela escutou rumores na conversa que o professor teve com seus alunos. Logo seu namorado que faz parte de um grupo de salteadores embarca atrás do mapa e do tesouro mencionado, quando ela descobre se desespera e parte atrás de seu namorado e chega a um momento delicado ao bando, quando eles haviam rendido ao grupo do professor. O que seria um assalto, uma posse, acaba se tornando uma amizade entre o grupo que não desconfiam sequer que estão sendo vigiados por alguns ninjas curiosos…
O livro nos surpreende na narrativa, que é de fácil compreensão e que nos prende do inicio ao fim. E quando você acha que nada mais de interessante vai acontecer, somos surpreendidos pela capacidade do autor em criar fatos inimagináveis e fantásticos, o que pode ser mais valioso do que um tesouro de ouro e prata?
Essa é a questão que aborda o livro, que muito mais que uma história de ficção e de tecnologia inestimável, ainda nos traz uma lição inesquecível. A leitura foi muito agradável, me surpreendi com a história e me encantei com os personagens, não deixem de ler, esse livro contemporâneo e magnífico! Conheça Hathor, um lugar além de suas expectativas!

Ao final da leitura senti uma pequena sugestão de que a história pudesse continuar e quando perguntei ao autor, ele me deu informações precisas:

“Nas entrelinhas do livro eu tentei passar um conceito que acho muito relevante para todas as pessoas, é o fato de quando você acredita firmemente em “alguma coisa”, essa coisa vai se tornando a sua realidade. É como se você  criasse o seu Universo conforme o padrão dos seus pensamentos.

Quanto a continuação, sim pretendo continuar a história e já estou escrevendo.”
Markus Thayer

Redes Sociais do Livro

Novidade: Comente nesta resenha me falando o que você achou do livro! Sortearei um marcador autografado do autor para dois leitores que comentarem!

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

11novembro2010

Blue Bloods – Melissa de La Cruz

Livro: Blue Bloods – Vampiros de Manhattan
Autor: Melissa de La Cruz
Editora:  iD Editora
Categoria:  Literatura Internacional / Romance / Sobrenatural
ISBN: 9788516067472
Páginas: 336
Lançamento : 10/2010

Valor médio

” ‘Blue Bloods – Vampiros de Manhattan’ é o primeiro volume da série. Prepare-se para se surpreender de uma forma única e marcante.”

        O livro que hoje eu resenho para vocês tem críticas positivas lá fora, mas não havia me empolgado com o título e com toda a repercussão que tem o livro, até eu parar e ler. Posso perfeitamente descrevê-lo em uma palavra: indescritível.

       De narrativa totalmente compreensível, detalhes muito bem elaborados e enredo cativante é Blue Bloods. No livro também temos a história pela vista de todos os personagens, o que de forma alguma prejudica a compreensão dos fatos, mas pelo contrário os deixa mais atraentes!
       Schuyler Van Alen, estuda no Colégio Duschene School que é uma escola muito requisitada, onde a maioria dos alunos são da alta sociedade e de alta influência, apesar de ser uma linda garota Schuyler se veste muito mal, e Mimi (Madeleine) irmã gêmea de Jack, vive a esnobá-la.
       Ela tem um grande amigo: Oliver. Fazem todas as atividades juntos desde pequenos, são muito unidos. Ela também não gosta do jeito de Mimi Force e do seu grupinho. Exceto do irmão gêmeo dela, Jack Force. Ela é linda e sabe que pode ter qualquer um aos seus pés, mas é Jack que mexe com seu coração e sentimentos, o mesmo percebe-se dele que enxerga em Schuyler, uma paixão avalassadora.
     Logo uma garota chamada Bliss que anda no grupo de Mimi, se aproxima de Schuyler, pois se interessou por Dylan, que anda no grupo dela, juntamente com Oliver.
     No começo os personagens são apresentados aos poucos, o que pode parecer confuso, mas conforme a leitura prossegue, os fatos vão se encaixando e vamos descobrindo uma narração extasiante!

    Logo se vê os personagens principais: Schuyler e Jack.
    Antagonistas de suma importância: Oliver, Bliss, Mimi, Dylan.

         Agora que é adolescente Schuyler terá que enfrentar o desconhecido… porque sua mãe está em coma desde que ela estava para completar um ano de idade? Quem é seu pai? Porque sua avó Cordélia nunca responde suas dúvidas?
         E para piorar seu estado de dúvidas, ela vem se sentindo muito estranha, suas veias estão ficando azuis e marcantes…
        Aggie era uma garota do mesmo colégio que ela, e foi assassinada, mas ela não podia morrer… Quem são os Blue Bloods? E quem serão os Silver Blood? A existência deles pode estar em risco!
  Eu recomendo efusivamente ! O livro é maravilhoso e surpreendente! Cada vez que penso que li algo ótimo, me surpreendo com leituras excelentes, que foi o caso deste livro extasiante! Recomendadíssimo!

***

        Espero que vocês tenham compreendido minha resenha, pois foi um tanto difícil resenhar este livro, sabe quando você gosta muito de um livro, mas tanto, que quando você quer falar as palavras parecem não ser suficientes para expressar a emoção que sentimos ao lê-lo? é assim que me senti!

Nota: Este é o primeiro livro da Série, que é sucesso no exterior, e que com certeza será aqui também, ele foi lançado pela Editora iD, que é uma editora voltada ao público jovem! A editora caprichou no design do livro, a capa é linda, revestida internamente de azul, é perfeita!


Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

03novembro2010

Uma Paixão em 30 dias – Michele Mourão

Livro: Uma Paixão em 30 dias
Autor: Michele Mourão
Editora:  Scortecci
Categoria:  Literatura Nacional/ Psicologia
ISBN: 9788536614137
Páginas:  96
Lançamento : 2009

“As pessoas querem a perfeição, o casal perfeito que não existe. Muitos não aceitam as diferenças e põem logo um ponto final em uma relação que poderia dar  certo. É a pressa, o imediatismo, a falta de foco e o desejo de sentir de verdade o amor. Prefere o calor da paixão, do início de namoro, está sempre terminando e começando com outra pessoa, se dando uma nova chance, logo depois de ter matado um amor verdadeiro…”

Uma paixão em 30 dias, foi um livro de leitura muito rápida, basicamente é dividido em trinta lições que devem ser feitas diariamente no período de trinta dias, e que promete reacender a paixão do tempo de namoro. Na minha opinião é um livro perfeito para casais que cairam na rotina e para não deixarem o amor e a paixão dos tempos que se conheceram esfriar, devem se atentar para vários fatores na relação que ambos dividem. A autora se concentrou como fator maior de aproximação em ensinar várias táticas que devem ser seguidas e respeitadas. E o principal foi falar sobre o sexo entre o casal (tirem as crianças de perto!) e ensinar a exploração mútua. O livro é curtinho, de leitura rápida também. É recomendado para todo aquele que deseja se aprofundar na questão de relacionamentos sadios e que perduram. Está confusa quanto ao relacionamento atual? Seu relacionamento caiu na rotina? Esse livro foi escrito pra você!

O livro como já especifiquei, é muito construtivo, tanto que algumas expressões usadas pela autora podem ser consideradas um tanto diretas e sem escrúpulos, a questão é: a autora foi direto ao assunto! A meu ver seria recomendado a leitura a partir de 16 anos. E você leitora do blog, topa uma paixão em 30 dias? Leia e comprove!

Michele Mourão, jornalista e publicitária, agora escritora. Alma de escritora, doente por palavras, canetas, cadernos e livros. Uma criança em formato (tamanho), uma adulta em formação e uma velha desde cedo. Nostálgica e antiquada. Uma menina que sonhava em ser jornalista. Trabalhou por dois anos como repórter em uma redação de jornal impresso. Enquanto trabalhava como jornalista, fazia faculdade de Publicidade e Propaganda. Empresária, conquistou clientes por quatro anos à frente da sua própria agência PAM – Publicidade da Amazônia. Foi nessa época que se lembrou do sonho de escrever a novela o Dono do Mundo, 1991. decidiu escrever esse livro. Uma paixão em 30 dias, escrito em 2004.


Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

27setembro2010

O Arquiteto do Esquecimento – Marcos Bulzara

Livro: O Arquiteto do Esquecimento
Autor: Marcos Bulzara
Editora: Life
Categoria: Ficção/Literatura Nacional
ISBN: 9788562660160
Páginas: 470
Lançado: 2010

Que parte da sua vida você gostaria de esquecer?

“O Arquiteto do Esquecimento” nos presenteia com uma história de amor fraternal que supera dificuldades intransponíveis, o tempo, as lembranças.
Doran Visich teve sua infância regada com amizade e companheirismo de sua irmã Constantine. Mas não imaginava o que viria a seguir… Quando a Polônia foi invadida pelos nazistas, a história deles  foi marcada com separações, dores, sombras e mortes.  Era em setembro de 1939 e a humanidade era marcada também pela guerra mais sangrenta entre as nações. Esse marco histórico que o separou de sua amada irmã e família. Ele sobreviveu  à guerra mesmo sendo judeu, e passado ela, as dores fisícas se foram, restando as mais cruéis: as emocionais.
Passado o tempo e várias circunstâncias,  há um enorme dilema: Constantine do passado e a do presente são responsáveis pela decisão que ele deve tomar agora, o plano que arquitetara usando sua própria criação a droga D-45 Amnol, que não pode mudar o passado, mas pode decidir o futuro de sua filha. Sendo seu próprio futuro indecifrável, ele toma a decisão.


“Finalmente compreendeu que não havia culpados ou inocentes em todo o trajeto de sua vida. Ouvindo a própria história se deu conta de que simplesmente as coisas aconteceram do jeito que aconteceram. A sua vida percorreu aquela estrada.”

O livro é dividido em narrações presentes, do passado e terminando em um enredo futurista, que apesar de complexa tornou o livro um espetáculo de imaginação, criatividade e nostalgia. Recomendo extremamente a leitura deste livro inovador, histórico e muito emocionante. Você vai se surpreender nos bastidores deste enredo, senti falta apenas de mais detalhes em alguns pontos do enredo, mas imagino que criatividade o autor usou para esses flashbacks, e que envolvendo a presente leitura não deve ter sido nada fácil. Adorei a história criada por Marcos Bulzara, mais um livro nacional que tem tudo para ser um grande sucesso!

Site do AutorSkoob
Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados: