27Março2016

[Resenha] Mulheres em ebulição – Dra. Julie Holland

Sinopse
Baseado em estudos e pesquisas científicas, Mulheres em ebulição faz um raio X da vida e da saúde da mulher, abordando temas como TPM, sexualidade, casamento, envelhecimento, menopausa, anticoncepcionais, reposição hormonal, relação entre comida e humor, importância do sono, terapias naturais e depressão. Dra. Julie Holland afirma que a variação de humor que toda mulher vive é uma característica feminina básica que não deve ser anulada com remédios nem encarada como um problema a ser resolvido. E que quando aprendemos a compreendê-la, podemos fazer dessa aparente fragilidade a maior fonte de nossa força. Além disso, ela traz informações detalhadas sobre como os hormônios influenciam nossas decisões, nosso comportamento e nossos relacionamentos.

Onde Comprar?
Livraria Cultura | Saraiva



Minha Opinião:

Este livro de desenvolvimento pessoal, traz informações, dicas e conselhos que influenciarão o leitor na sua maneira de pensar sobre o uso de certos medicamentos, quais opções temos, o que podemos fazer para melhorar vários aspectos da nossa vida e muitos outros assuntos do universo feminino.
Antidepressivos ou estabilizadores de humor?

Segundo a psiquiatra, autora deste livro, a maioria das pessoas usam estes medicamentos indiscriminadamente, a maioria acaba perdendo qualidade de vida porque não precisava realmente da medicação, acabam tomando um medicamento que deve ser prescrito por profissionais da saúde mental para doenças e transtornos que devem ser acompanhados pelos mesmos profissionais, por conta própria.
A autora enfatiza a importância da alimentação saudável, da prática regular de exercícios físicos, o quão importante é priorizarmos um bom sono, nos aliarmos as terapias naturais, mas acima de tudo, respeitar as mudanças hormonais que todas nós mulheres estamos sujeitas, sem apelarmos ao uso de medicações.

“Os hormônios femininos estão sempre oscilando. Eles passam por altos e baixos durante o ciclo mensal e aumentam e diminuem ao longo de décadas de fertilidade, tornando-se bem mais instáveis durante a adolescência e a perimenopausa – a primavera e o outono dos anos reprodutivos. A instabilidade emocional feminina é uma característica totalmente natural. Ainda assim, uma em cada quatro americanas toma remédios para controlar as emoções, sem ter a menor ideia dos efeitos que isso pode lhes causar no futuro.”

As intenções da autora com certeza foram as melhores, e a leitura foi extremamente produtiva, aprendi muito com ela, no entanto, acredito que nem sempre temos a opção de escolher não usar medicações, como seres humanos estamos sujeitos a limitações. Mas no geral, sei que existe muito automedicação e ela é extremamente perigosa, com cuidado e acompanhamento médico, podemos ter qualidade de vida independente de nossos problemas físicos e/ou mentais.

A autora fala do nosso corpo, nossos ciclos naturais. Você sabe porque temos muita vontade de comer doce, especialmente chocolate quando estamos de TPM? Temos a explicação neste livro.

É uma leitura de descobertas,  de aprendizado, uma leitura para compreendermos nosso organismo e nos atentar ao que realmente é importante em nossa vida. Se somos influenciadas por hormônios ou não, você só descobrirá ao ler este livro.

“Já estamos dando os primeiros passos para mudar essa situação, mas até que a comunidade médica reconheça a complexidade do cérebro e do corpo feminino – e como eles diferem do masculino – estaremos em desvantagem.”

Boa leitura!

Ficha Técnica

Editora: Sextante
Lançamento: 2015
Título original: Moody Bitches
Tradução: Débora Chaves
Número de Páginas: 240
ISBN: 9788543102795

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

29Fevereiro2016

[Resenha] Panlásia – Janaina Alves

Sinopse
Um Reino onde nada é o que parece ser. Onde a paz foi conquistada à base
de medo e muito sofrimento. Um lugar em que a harmonia não passa de
fachada para esconder aqueles que realmente sofrem. Habitantes punidos
por descenderem daqueles que foram considerados os vilões de uma guerra
em que paz nunca foi o verdadeiro prêmio. Uma história em que o
desentendimento de duas irmãs resulta na morte daquele que sustentava a
ludibriosa paz, o grande Rei de todo um Reino.

A filha mais velha é responsável pela morte do pai, com a intenção
de se vingar da irmã, aquela que um dia lhe tirou o que lhe era mais
precioso. Agora, ela precisa do poder da Coroa, o único capaz de trazer
novamente à sua vida aquilo que mais ama.

A filha mais nova, após ser acusada da morte do próprio pai, é
banida do Reino, jogada sem remorsos na Cidade da Traição, lar daqueles
que cometeram os maiores crimes contra a Coroa. Lugar conhecido por
punir com a tortura eterna esses traidores.

Quando as máscaras começam a cair, a verdade é finalmente revelada.
Um ódio descomunal entre duas irmãs, nascido de uma relação repleta de
amor. Um lugar de traições e torturas revela-se o único lugar onde uma
princesa pode descobrir o que é o amor, o que é ser parte de uma
família. Entre estranhos é que ela encontra dentro de si a força para
fazer o que é certo, para tirar a Coroa daquela que um dia tanto amou,
mas que a puniu além do que qualquer pessoa mereceria.
Onde comprar?
Amazon e-book | Clube dos Autores 

Minha opinião:

Panlásia traz aos leitores um cenário instigante. Na Cidade Mãe, o palácio real era a construção mais antiga e imponente de todos os reinos, rodeada pelas cidades irmãs e pela cidade da traição, onde dizia a lenda, aquele que fosse banido para lá, viveria um caos e sofrimento eterno.

Nos corredores do palácio, Lavínia, filha mais velha do Rei Estevam, conjeturava contra os seus, sabia que tinha por nascimento o direito de reinar, mas seu pai poderia escolher Sara , e uma vez escolhida naquela noite, seus destinos estariam traçados para sempre.
Com seu fiel súdito, ela planeja a morte do pai, antes do anúncio real, assim, herda o trono por nascimento, para piorar a situação, acusa Sarah que sempre o servia, de tê-lo envenenado, sua irmã então, é banida para a cidade da traição.
Coroada rainha, Lavínia não perde tempo com os negócios, quer algo que ninguém imagina, nós leitores tentamos a todo custo adivinhar juntamente com seus conselheiros que segredo sombrio a rainha esconde, por que investe tanto nos experimentos científicos?
Sara é socorrida por desconhecidos, estariam eles na Cidade da Traição? O que era Beller? Seu mundo vira de ponta cabeça quando a princesa banida descobre que nada daquilo que acreditou a sua vida inteira era verdade. Sofrimento, miséria, sobrevivência. A princesa precisa recomeçar.
“Sara sentia-se enjoada cada vez que li aquele diário, mas forçava-se a conhecer a verdade sobre o seu passado. Beller não passava de um depósito para aqueles de quem os seus antecessores quiseram se livrar, e sua irmã parecia estar fazendo exatamente o mesmo uso daquele lugar, apesar de com bem menos cautela.”
Reviravoltas, amores há muito tempo esquecidos e uma nova vida para recomeçar, poderá Sara deixar tudo para trás e seguir em frente? Deverão voltar a Panlásia e enfrentar seus destinos? Com Daniel ao seu lado, ela não tem medo de ir muito mais além.
Este livro é instigante, envolvente e cheio de emoções! Muito bem escrito, diagramado e revisado. Fiquei totalmente encantada por conhecer mais um talento da literatura nacional, que me envolveu com essa escrita repleta de sensibilidade e desenvoltura. Diferente de tudo que já li, a leitura foi arrebatadora!
Não posso deixar de recomendar o livro, que vai agradar todos os públicos, especialmente aqueles que são apaixonados por uma história bem estruturada.

Ficha Técnica
Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 4216 KB
Número de páginas: 270 páginas

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

02Janeiro2016

[Resenha] Estresse – Jan Bruce, Andrew Shatté & Adam Perlman

Sinopse
“A habilidade de controlar as emoções é o elemento crucial da gestão do
estresse. Vamos lhe apresentar uma ferramenta poderosa para permanecer
focado em seus objetivos e se livrar das emoções negativas,
injustificadas e não merecidas.

Isolamos os 24 fatores centrais
que influenciam o estresse e criamos um sistema prático capaz de
transformar cada uma de suas facetas. Nosso programa mudou a vida de
centenas de pessoas. E agora é a sua vez.” – Os autores

Eliminar
o estresse é impossível – afinal, os engarrafamentos, as cobranças do
trabalho, a falta de tempo e os conflitos não deixarão de existir. Mas
quando você muda sua maneira de enfrentá-los, eles perdem o efeito
nocivo sobre sua saúde e seu bem-estar.

Este método fará você
enfrentar seus estilos de pensamento, remover os obstáculos para uma
vida saudável e reforçar seus amortecedores naturais contra o estresse.
Você aprenderá habilidades concretas para:

• Identificar as armadilhas comuns do seu pensamento

• Livrar-se de emoções negativas que o colocam para baixo

• Manter a calma quando estiver sob pressão

• Dormir melhor e livrar-se do cansaço

• Conquistar o controle de seus hábitos alimentares

• Eliminar a falta de disposição para exercitar-se

• Identificar seu propósito mais profundo e alinhar suas ações com seus objetivos

• Recuperar a clareza, o foco e o controle sobre o seu tempo

• Voltar a encher sua vida de satisfação e alegria

Onde Comprar?
 Saraiva | Amazon | Travessa

Minha Opinião:

“Estresse” é um livro de autoajuda. Não há como negar. Mas, convenhamos, quem não precisa de ajuda para ter uma visão estendida e entendida dos seus problemas? Este livro, escrito por especialistas, tem o intuito de ensinar o leitor a trazer mais qualidade de vida. Aproveitando o que a nossa fisiologia, a nossa natureza e (por que não?) dicas para melhorar a nossa vivência.

Um dos pontos mais interessantes do livro, são as dicas de como podemos fugir ou evitar os fatores estressantes, somos alienados pela quantidade e pela qualidade de informações que chegam até nós todos os dias, somos envolvidos por uma massa de informações e na maioria das vezes não sabemos como lidar com elas.
Uma dica bem interessante que encontrei no livro (possui centenas de dicas), é como podemos escapar da armadilha da visão negativa, por exemplo, o autor pede que façamos uma tarefa: Devemos anotar diariamente três coisas boas que aconteceram durante o nosso dia, desde a hora que acordamos até o momento de irmos dormir. No dia seguinte, lemos essas três coisas e anotamos mais três no final do dia,  fazendo esse exercício em dez dias, teremos trinta coisas/pensamentos/motivações e poderemos refletir a respeito da nossa visão, adotando uma postura nova em relação de como vemos o mundo.
Aprendi durante a leitura que não podemos modificar os fatores, mas podemos mudar como reagimos perante as adversidades e aos problemas que enfrentamos. Depende de como enxergamos as coisas. Tentar ter uma visão diferente, uma qualidade de vida, viver sem estresse, é possível? Podemos tentar, são exercícios diários que com o passar do tempo começamos a fazer involuntariamente. 
O livro é bem escrito, traz planos e metas. Tarefas e reflexões. Vale a pena a leitura e releitura!

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

30setembro2015

[Resenha] Frank Einstein e o Motor antimatéria – Jon Scieszka



Sinopse

Frank Einstein e o Motor Antimatéria – Frank Einstein é um menino de 10
anos que adora passar o tempo em seu laboratório na garagem do avô,
onde pode misturar ciência e muita imaginação para criar inventos bem
originais. Sua criação mais recente é o RobôGente, uma máquina capaz de
pensar. Frank tem um plano mirabolante e só precisa de uma noite repleta
de raios no céu para colocá-lo em funcionamento. De repente, o que
parecia destinado ao fracasso ganha vida. No meio da noite, dois robôs
se autoconstroem e de uma hora para outra Frank ganha dois ajudantes de
laboratório. Donos de personalidades bem diferentes, o espertinho Klink e
o desajeitado Klank não são os auxiliares ideais, mas mesmo assim
ajudam o jovem cientista a construir um motor antimatéria para competir
no Prêmio de Ciências da cidade. Tudo parece ir bem… até que o
arqui-inimigo de Frank, T. Edison, entra em cena e sequestra os robôs,
obrigando-os a colaborar em um plano maligno.
 Resenha por Pedro Luís

Eu gosto muito de experiências, química e a ciência em geral, então acreditei que ia gostar desse livro. A capa é bonita, é de capa dura e chama muito a atenção, as ilustrações são bem feitas e a diagramação do livro é primorosa. Mas, a história é um pouco maçante.

A leitura foi feita aos poucos, e olha que quando eu gosto de um livro eu leio rápido, porque quero logo saber o que vai acontecer no final, mas nesse livro eu achei a narrativa enrolada e bem entediante, começando pelo jeito que é contada a história, bem chato.
Queria contar sobre o livro, sobre a história, mas não gostei da leitura, apesar da capa e do título que me atraiu, o conteúdo deixou a desejar. Não sei se leitores mais experientes ou mais velhos irão gostar da leitura, como o protagonista tinha dez anos e eu tenho onze, achei que nos daríamos bem e sinceramente não foi o que aconteceu.
Espero que possam ler o livro e se gostarem venham me contar, porque infelizmente eu não curti.

Pedro Luís tem 11 anos, gosta de ler livros e de jogos. Quando não está estudando para as provas e para a escola, faz questão de dar a sua opinião sobre determinado assunto, de vez em quando, ele trará resenhas e outros do mundo juvenil para vocês, leiam a resenha anterior dele, Diário de um Zumbi do Minecraft.

ISBN-13: 9788580577174
ISBN-10: 8580577179
Ano: 2015
Páginas: 192
Editora: Intrínseca

Visite o Hotsite com atividades: http://www.intrinseca.com.br/frankeinstein/

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados: