30julho2017

[Resenha] O Último Adeus – Rosemary Beach # 12 – Abbi Glines

Sinopse – River Kipling, mais conhecido como Capitão, está em Rosemary Beach para montar um restaurante de luxo para seu patrão. Dono de um passado sórdido e de um presente misterioso, ele não vê a hora de concluir o trabalho e ir embora da cidade para realizar seu sonho: abrir um negócio próprio à beira-mar num lugar onde ninguém tenha ouvido falar dele. Mas, quando Capitão conhece Rose Henderson, sua ânsia de partir de repente fica em segundo plano. Há algo na risada dela que é familiar demais, e o modo como ela olha para ele o faz lembrar de alguém importante que perdeu há muito tempo. No entanto, a única coisa que Rose revela é que é uma mãe solteira que trabalha duro para sustentar a filha. Enquanto tenta desvendar os segredos da linda ruiva de óculos engraçadinhos e curvas estonteantes e entender por que ela mexe tanto com seus sentimentos, Capitão precisa fugir da marcação cerrada de Elle, a ex-namorada que não mede esforços para afastá-lo de Rose. Ao mesmo tempo, tem que encarar os fantasmas de seu passado para se tornar um homem melhor e construir um futuro do qual possa se orgulhar. Nesta sequência da série Rosemary Beach, Abbi Glines mais uma vez escreve uma narrativa ardente e emocionante. Com personagens verossímeis e heróis imperfeitos, O último adeus fala sobre o inesgotável poder de transformação do amor.

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

29julho2017

[Resenha] Crash – Quando a Paixão Explode – Crash # 1 – Nicole Williams

Sinopse – Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus… se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão. “Jude era a doença para a qual eu não via cura. A droga da qual eu não queria me livrar nunca. ” LUCY

Continue lendo

Thaís Turesso

veja também os relacionados:

17julho2017

[Resenha] Como Seduzir Um Bilionário – Portia Da Costa

Sinopse – O novo sucesso da autora de Bem Profundo. A best-seller britânica Portia da Costa ficou conhecida no Brasil pelo seu romance erótico Bem Profundo e agora nos apresenta o livro “Como Seduzir Um Bilionário”, dedicado às órfãs da série Cinquenta Tons de Cinza. Na trama, a jovem Jess Lockhart de 29 anos tem um trabalho burocrático numa seguradora. Sua vidinha morna só ganha tintas mais picantes quando ela sonha com o príncipe encantado que vai tirar sua virgindade. Ele se materializa na figura nada pomposa do herdeiro Ellis McKenna, um belo homem que prefere circular com um figurino despojado a se engessar num terno engomado. Mas Jess quer mais do que um homem que a inicie nas artes sexuais, ela quer um companheiro. Porém Ellis não está disponível para esse tipo de comprometimento. Jess, no entanto, não desistirá tão facilmente de seu objetivo.

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

14julho2017

[Resenha] Roleta Russa – Gazzoni # 1 – Gisele Souza

Sinopse – Você já parou para se perguntar se tem o controle total da sua vida? Nunca se sentiu como uma marionete com cada passo meticulosamente planejado por outras pessoas? Já ficou sem saída? Minha vida sempre foi cercada de perigo, crimes e violência. Tive a alma marcada pela morte. Nunca acreditei que tivesse direito à luz depois de andar pelas sombras… Sempre soube qual era o meu destino e aprendi a me ajustar ao que não tinha opção. Então, tudo se tornou um tabuleiro de xadrez. Você precisa dar o xeque-mate ou é eliminado. Quando não se tem muito, não há nada a perder. Sou Enzo Gazzoni, meu nome é como uma oração para alguns e uma maldição para outros. Escolha seu lado da Roleta e torça para não ser o sorteado.

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

12327