20fevereiro2017

[Resenha] A maleta da Sra. Sinclair – Louise Walters

Sinopse – Roberta, uma solitária leitora voraz de 34 anos, trabalha na livraria The Old and New na Inglaterra. Ao encontrar uma carta dentro da uma velha mala desgastada da avó que nunca conheceu, ela descobre um segredo sombrio, e tudo o que sabia sobre a sua família irá desmoronar. Intercalando com a narrativa de Roberta, está a de sua avó, Dorothy, uma mulher de 40 anos, sem filhos, desesperada para engravidar, mas que vive um casamento infeliz com Albert, que está em um campo de batalha na Segunda Guerra Mundial. Após um encontro casual com um piloto de guerra polonês, Dorothy acredita que finalmente encontrou a felicidade, mas, ao contrário, terá que tomar uma decisão inimaginável, cujas consequências irão alterar para sempre a estrutura de sua família. As histórias paralelas de Roberta e Dorothy desenrolam-se durante um período de oitenta anos, enquanto as duas buscam seu próprio caminho em meio a segredos, sacrifícios, mentiras e amor. O livro é uma história mágica de dois mundos, um abalado por segredos e o outro pela verdade.

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

23novembro2016

[Resenha] Detalhe Final – Myron Bolitar # 06 – Harlan Coben

detalhe-final-myron-bolitar-06-harlan-coben-viaje-na-leitura

Sinopse – Toda verdade tem dois lados – um deles pode ser mortal. O agente esportivo – e detetive ocasional – Myron Bolitar está num verdadeiro paraíso. Divide uma praia caribenha com Terese, uma mulher deslumbrante que acabou de conhecer – uma forma perfeita de se recuperar da perda recente de uma amiga querida. Seu retiro é interrompido por Win, seu amigo e parceiro em inúmeras investigações. Ele não traz boas notícias: um dos clientes mais antigos de Myron, o problemático Clu Haid, arremessador dos Yankees, foi assassinado e a principal suspeita é Esperanza, melhor amiga e sócia de Myron. De volta a Nova York, Myron está determinado a provar a inocência de Esperanza, mas os obstáculos são maiores do que imaginava. Para desvendar o crime, Myron terá de encarar o submundo nova-iorquino e abrir feridas antigas que podem ser o seu fim. Com reviravoltas, cenas e diálogos inesquecíveis, temperados com um delicioso humor, Detalhe final tem tudo o que fez de Harlan Coben um fenômeno literário e vai surpreender o leitor até a última página.

CONTÊM SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR.

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

13novembro2016

[Resenha] Nova Ordem – Mundo Novo # 2 – Chris Weitz

 

Sinopse – Jefferson, Donna e seus amigos descobriram que os adolescentes não são os únicos que sobreviveram ao vírus e, em meio ao caos do resgate da Marinha, eles se separam. Jefferson volta para Nova York e tenta levar a Cura para a tribo da Washington Square, enquanto Donna vai parar na Inglaterra, onde se depara com um mundo pós-Ocorrido inimaginável. Mas um desastre ainda maior que a Doença está prestes a acontecer, e Donna e Jefferson só poderão evitá-lo se acharem o caminho de volta um para o outro.

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

06outubro2016

[Resenha] Ordem – Silo # 02 – Hugh Howey

Sinopse – ordem-silo-02-hugh-howey-viaje-na-leituraE se a sobrevivência dos seres humanos dependesse do deslocamento de milhares de cidadãos para uma enorme cidade subterrânea, com gigantescas telas de TV transmitindo imagens desoladoras do mundo do lado de fora e ninguém fosse autorizado a sair? Esse é a história de Silo, a série escrita por Hugh Howey que desbancou Guerra dos Tronos na lista de livros de ficção científica mais vendidos na Amazon. No primeiro livro da série, a heroína era Juliette, uma mecânica nascida nos subterrâneos. A narrativa de Ordem, que alterna passado e presente, começa em um período anterior ao descrito em Silo, explicando como o mundo de Juliette foi transformado. São apresentados ao leitor um portador do século XXIII; um senador da Geórgia num futuro próximo; um garoto abandonado, cuja história termina quando a de Juliette começa, e Troy, que acorda em 2110 sem saber quem é. Em Ordem, os personagens escapam da morte ao serem congelados em cápsulas criogênicas, sendo acordados de tempos em tempos para tomar remédios, realizarem alguns trabalhos alienantes e depois dormir outra vez. O livro volta no tempo, ao ano de 2049, revelando as decisões tomadas por alguns poucos poderosos, responsáveis por bilhões de mortes que deixarão a humanidade em vias de extinção. Hugh Howey apresenta aos leitores um mundo pós-apocalíptico, com os poucos seres humanos restantes sobrevivendo à atmosfera tóxica do planeta Terra em um silo subterrâneo. A narrativa torna-se claustrofóbica e contrita à medida que a humanidade é forçada a viver no silo e a tomar medicamentos que a fazem esquecer a destruição infligida aos amigos e parentes. Ao contar uma história que se passa em um futuro bem próximo, Howey cria um apocalipse totalmente convincente e, à medida que revela as camadas de seu mundo distópico, pavimentando o caminho para a sequência da série, “Legado”.

CONTÊM SPOILERS DO PRIMEIRO LIVRO

Continue lendo

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados: