08Fevereiro2018

[Divulgação] Lançamentos de Fevereiro/18 da Editora Intrínseca

Richard Strickland é um oficial do governo dos Estados Unidos enviado à Amazônia para capturar um ser mítico e misterioso cujos poderes inimagináveis seriam utilizados para aumentar a potência militar do país, em plena Guerra Fria. Dezessete meses depois, o homem enfim retorna à pátria, levando consigo o deus Brânquia, o deus de guelras, um homem-peixe que representa para Strickland a selvageria, a insipidez, o calor — o homem que ele próprio se tornou, e quem detesta ser.  Para Elisa Esposito, uma das faxineiras do centro de pesquisas para o qual o deus Brânquia é levado, a criatura representa a esperança, a salvação para sua vida sem graça cercada de silêncio e invisibilidade.  Richard e Elisa travam uma batalha tácita e perigosa. Enquanto para um o homem-peixe é só objeto a ser dissecado, subjugado e exterminado, para a outra ele é um amigo, um companheiro que a escuta quando ninguém mais o faz, alguém cuja existência deve ser preservada. Mistura bem dosada de conto de fadas, terror e suspense, A forma da água traz o estilo inconfundível e marcante de Guillermo del Toro, numa narrativa que se expande nas brilhantes ilustrações de James Jean e no filme homônimo, vencedor do Leão de Ouro em 2017. Uma história cinematográfica e atemporal sobre um homem e seus traumas, uma mulher e sua solidão, e o deus que muda para sempre essas duas vidas.

Sequência dos romances Como Eu Era Antes de Você e Depois de Você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda Sou Eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança. Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik – Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou. Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?

Pietro é um garoto da cidade, solitário e pouco sociável. Ele vê sua vida transformada pelo montanhismo e por uma duradoura amizade, que nasce quando sua família descobre o vilarejo de Grana, aos pés do Monte Rosa. Pietro se encanta pela natureza do lugar e conhece outro garoto da sua idade, Bruno, com quem dá início a temporadas de explorações e aventuras em meio a trilhas íngremes, o moinho e casas abandonadas. Nesse tempo Pietro aprende que a montanha também guarda ensinamentos, um modo muito próprio e único de encarar a vida. Esse aprendizado é o maior legado de seu pai, que, muitos anos depois, deixa uma herança que reaproximará Bruno e Pietro. As oito montanhas é um livro memorável, que explora relações complexas e fortes. De modo tocante, aborda a tentativa de aprender e de buscar nosso lugar no mundo com uma narrativa literária, intensa e lírica, que atravessa três décadas de uma amizade inigualável e nos inebria com o ar puro, a luz e as cores das estações alpinas.

Tim Ferriss, autor best-seller do The New York Times, já entrevistou mais de 200 convidados no The Tim Ferriss Show, podcast que ultrapassou a marca de 200 milhões de downloads. Celebridades como Arnold Schwarzenegger, investidores como Bem Horowitz, atletas lendários, oficiais do Comando de Operações Especiais dos Estados Unidos e até cientistas estão entre os titãs que passaram pelo programa. Depois de dois anos de entrevistas, Tim decidiu reunir em um livro as conversas e as respostas a perguntas como: O que você faz na primeira hora depois de acordar?; Qual é sua rotina de exercícios?; Quais são as maiores perdas de tempo para os novatos em sua área de atuação?; Que suplementos você toma? Depois de testar e aplicar na própria rotina todas as dicas dos entrevistados, o autor garante que as ferramentas o salvaram de anos de esforços desperdiçados e frustração. E agora, as melhores táticas — que ajudaram Tim a dobrar sua renda, flexibilidade e felicidade — estão disponíveis em Ferramentas dos titãs.

No livro escrito por Gustavo Magnani, Pac, Mike e o fiel escudeiro dos meninos, Gutin, descobrem um portal escondido no laboratório em que as mães trabalham, o Chume Labs. Esse portal os leva para Nemi, um planeta com árvores frondosas e campos verdejantes que abriga criaturas bem inusitadas, como geleias amortecedoras de quedas, peixes dentistas e um mago bem estranho que tem seis braços, cabeça de arara e uma tromba enorme. Mas há também o ex-rei do lugar, um tirano cruel chamado Hilário de La Mancha, dono de um plano mirabolante para destruir as guardiãs do riso – as três criaturas que espalham o amor e a felicidade pelo planeta – e assim acabar com toda a alegria que existe. E é claro que Mike, Pac e Gutin não vão deixar isso acontecer.

Nobre acusado de escrever uma poesia contra os ideais da Revolução Russa, Aleksandr Ilitch Rostov, “O Conde”, é condenado à prisão domiciliar no sótão do hotel Metropol, lugar associado ao luxo e sofisticação da antiga aristocracia de Moscou. Mesmo após as transformações políticas que alteraram para sempre a Rússia no início do século XX, o hotel conseguiu se manter como o destino predileto de estrelas de cinema, aristocratas, militares, diplomatas, bons-vivants e jornalistas, além de ser um importante palco de disputas que marcariam a história mundial. Mudanças, contudo, não paravam de entrar pelo saguão do hotel, criando um desequilíbrio cada vez maior entre os velhos costumes e o mundo exterior. Graças à personalidade cativante e otimista do Conde, aliada à gentileza típica de suas origens, ele soube lidar com a sua nova condição. Diante do risco crescente de se tornar um monumento ao passado até ser definitivamente esquecido, o Conde passa a integrar a equipe do hotel e a aprofundar laços com aqueles que vivem ao seu redor. Com sua perspectiva única de prisioneiro de duas realidades distintas, o Conde apresenta ao leitor sua sabedoria e sensibilidade ao abandonar certos hábitos e se abrir para as incertezas de novos tempos que, mesmo com a capacidade de transformar a vida como a conhecemos, nunca conseguirão acabar com a nobreza de um verdadeiro cavalheiro.

Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Patricia FQ Fevereiro 9, 2018

    Quero assistir A forma da Água mas não pretendo ler o livro.
    As Oito Montanhas parece muito bonito.