05dezembro2017

[Resenha] Originais – Saga Lux # 4 – Jennifer L. Armentrout

Sinopse – Daemon fará o que for preciso para ter a Katy de volta. Após a bem-sucedida, porém desastrosa, incursão a Mount Weather, ele está tendo que encarar o impensável. Katy foi capturada. Sua única meta agora é encontrá-la. Destruir qualquer um que se ponha em seu caminho? Com todo prazer. Incendiar o planeta inteiro para salvá-la? Moleza. Expor sua própria raça ao mundo? Sem problema. Tudo o que a Katy pode fazer é sobreviver. Cercada por inimigos, a única maneira que ela tem de sair dessa é se adaptando. Afinal, nem todas as facetas do Daedalus são totalmente malucas, embora os objetivos do grupo sejam assustadores e as verdades propagadas ainda mais perturbadoras. Quem é de fato o inimigo? O Daedalus? A humanidade? Ou os Luxen? Juntos, eles podem encarar o que vem pela frente. No entanto, a pior de todas as ameaças esteve escondida o tempo inteiro. Quando as verdades vierem à tona e as mentiras forem enfim desmascaradas, de que lado o Daemon e a Katy decidirão ficar? E será que eles conseguirão, pelo menos, continuar juntos?

“Originais” é o quarto livro da Saga Lux e começa exatamente onde terminou o terceiro: Katy foi capturada em Mount Weather e agora está nas mãos da Daedalus, uma organização do governo que tem estudado e usado de cobaia em segredo os alienígenas. Como nos livros anteriores, a história é narrada em primeira pessoa, principalmente pela perspectiva de Katy, mas dessa vez, como ela e Daemon estão separados, o leitor tem a oportunidade de conhecer um lado mais sério e sentimental do nosso querido Lux.

Katy está nas mãos do sargento Jason Dasher e do dr. Roth, o médico que fez os experimentos em Beth e Dawson. Segundo o Sargento Dasher, o programa Daedalus é na verdade, a salvação da humanidade e ele vai contando aos poucos o que realmente aconteceu no planeta dos Lux e o que poderá acontecer com o planeta Terra, deixando claro que Katy tem uma decisão importante a realizar, mas que também poderá ser forçada a aceitar o ponto de vista do governo, caso não colabore.

O leitor tem uma visão ampla, pela primeira vez na série, sobre o que acontece com os híbridos e alienígenas que caem nas mãos do governo. E devo dizer… é cruel. Katy demonstra grande determinação e força interior, mas chega um momento em que todos quebram e o momento de Katy não está longe…

Em paralelo temos Daemon, que está enlouquecido para recuperar a amada. Ele foi transferido para uma comunidade alienígena, na tentativa de acalmar seu ímpeto de resgatar Katy, mas quem conhece Daemon, sabe: nada o segura quando ele está determinado a algo.

“Meu coração martelava numa velocidade supersônica, acompanhando o dela. Kat, então, se sentou completamente e envolveu meu rosto entre as mãos. Fechei os olhos, sentindo o toque suave no fundo da alma.” (p. 119)

O livro vai girar na tentativa de Daemon em recuperar Katy, mas será uma história construída de forma espetacular. Primeiro, ele vai procurar aliados nos locais mais improváveis e depois, será jogado em uma espiral de mentiras, traições e revelações que farão os leitores ficarem vidrados no livro. Outro detalhe importante no livro foi a inserção de novos personagens que claramente terão papel importante no desenrolar futuro da série.

O enredo é muito bem construído. Algumas peças começam a se conectar e vamos acompanhando o grande quadro que é esse mundo criado pela autora Jennifer L. Armentrout. A história tem de tudo: romance, revelações, política, traições e um final de tirar o fôlego.

O romance entre Daemon e Katy está cada vez mais bonito de se observar. Daemon demonstrou muita vulnerabilidade nesse livro e expôs seus verdadeiros sentimentos pela vizinha nerd que ele tanto implica. Também temos aquele lado sacana dele, onde suas frases tem duplo sentido e ele consegue deixar a namorada vermelha de tão sem graça, além do seu sorriso torto que conquistou Katy. Katy também demonstrou um novo lado de sua personalidade: sua força interior. Apesar de já ter demonstrado seu caráter, dessa vez ela precisou de muita força interior para não quebrar emocionalmente diante do que passou. Foram muitos momentos difíceis, que sinceramente, nem todos sobreviveriam.

“Daemon Black podia ser tão temperamental quanto um porco-espinho num dia ruim, mas por baixo de toda aquela carapaça espinhenta era doce, protetor e inacreditavelmente generoso.” (p. 39)

Mais uma vez a Editora Valentina realizou um ótimo trabalho editorial. O título é simplesmente perfeito, pois está conectado a uma das grandes revelações do livro.

“-Vou salvá-la nem que para isso precise incendiar o planeta inteiro.” (p. 20)

ISBN-13: 9788558890564
ISBN-10: 8558890560
Ano: 2017
Páginas: 384
Idioma: português 
Editora: Valentina
Skoob: clique aqui
Avaliação: 5/5

Confiram as resenhas dos livros anteriores:
Obsidiana – Livro 01
Ônix – Livro 02
Opala – Livro 03

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES dezembro 8, 2017

    Ai Carol!
    Precisando ler essa série.
    Amo romances com extraterrestres e gostaria muito de acompanhar toda saga de Daemon e Katy!
    Fico bem feliz em saber que nesse livro ele tentará reconquistá-la…
    “A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!