11dezembro2017

[Resenha] O Melhor Que Podíamos Fazer – Thi Bui

Sinopse – Esta é uma história sobre a busca por um futuro melhor e saudosismo pelo passado. Explorando a angústia da imigração e os efeitos duradouros que o deslocamento tem sobre uma criança, Bui documenta a difícil fuga de sua família após a queda do Vietnã do Sul, na década de 1970, e as dificuldades que enfrentaram para construir uma nova realidade. O melhor que podíamos fazer traz à vida a jornada de Thi Bui em busca de compreensão e fornece inspiração a todos aqueles que anseiam por um futuro melhor enquanto recordam o passado de privações.

Thi Bui é uma autora com uma percepção incrível, que transformou sua própria jornada e a jornada de seus pais em um Graphi Novel repleto de sentimentalismo e contexto cultural. O livro é dividido em 10 capítulos: trabalho de parto; voltando no tempo; lar, o cativeiro; sangue e arroz; ou isso, ou aquilo; o tabuleiro; heróis e perdedores; à beira-mar; fogos e cinzas e fluxo e refluxo.

Tudo começa quando Thi está no hospital em um difícil trabalho de parto. Sua mãe Má está lá para acompanhá-la, mas observar a filha com dor é algo insuportável. Quando o longo e doloroso parto termina, Thi percebe o quanto é agradecida aos pais pelos sacrifícios que fizeram e começa a contar a história de sua família.

“Má vai embora, mas não estou sozinha e um pensamento terrível me angustia. Agora FAMÍLIA é algo que criei… e não apenas algo em que nasci. A responsabilidade é imensa. Uma onda de empatia por minha mãe me invade.” (p. 21/22).

Ao voltar no tempo, a autora conta para os leitores como foi a infância dos pais, como Bô e Má (seus pais) se conheceram e como foi o nascimento dos seis filhos em situações precárias, com muita pobreza em um país que estava em caos e tomado pela guerra. É uma jornada dura, árdua e penosa, mas que os filhos de Bô e Má não ouviram seus pais reclamarem. Para eles, todos os sacrifícios valeriam a pena, para que a família tivesse condições melhores de vida e seus seis filhos pudessem sonhar mais alto…

Com desenhos belíssimos, com certa rusticidade nos traços e apenas algumas pinceladas de cor, “O melhor que podíamos fazer” conta a história de uma família que cruzou o mundo em busca da esperança por um futuro melhor.

ISBN-13: 9788582864135
ISBN-10: 8582864132
Ano: 2017
Páginas: 336
Idioma: português 
Editora: Nemo
Skoob: clique aqui
Avaliação: 5/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *