06dezembro2017

[Resenha] A Maldição de Hollow – Trilogia A Sina dos Sete # 2 – Nora Roberts

Sinopse – Quando tinham apenas 10 anos, Fox, Cal e Gage libertaram um demônio aprisionado havia séculos ao fazerem um pacto de sangue sobre a Pedra Pagã. O inocente ritual deu poderes sobrenaturais aos três jovens, mas lançou uma terrível maldição sobre Hawkins Hollow: a cada sete anos, a cidade é dominada por atos de loucura, violência e destruição. Vinte e um anos depois, esses irmãos de sangue começam a enfrentar mais um ciclo de batalhas contra o demônio, que terá seu auge no sétimo mês. Mas desta vez não estarão sozinhos: ao lado do trio de amigos estão Quinn, Layla e Cybil, três mulheres corajosas ligadas a eles pelo destino. Fox O’Dell, o advogado da cidade, é capaz de ler mentes, um talento que compartilha com Layla Darnell. A conexão entre eles pode se tornar o trunfo de que o grupo precisa para derrotar as trevas que ameaçam engolir a cidade. Porém, Layla está tendo dificuldade em lidar com sua recém-descoberta habilidade e com a forte atração que sente por Fox. Em A maldição de Hollow, Nora Roberts dá continuidade à trilogia A Sina do Sete e prepara o leitor para o emocionante clímax dessa batalha sobrenatural em busca da salvação de uma pequena cidade.

Segundo livro da trilogia A Sina dos Sete, “A Maldição de Hollow” foca um pouco mais em Fox e Layla. Fox O’Dell é um dos três amigos que aos dez anos de idade liberou uma entidade maligna que surge a cada sete anos e causa devastação na pequena cidade de Hawkins Hollow.

Fox cresceu com os pais em uma propriedade quase comunitária. Seus pais são pessoas amáveis, que estão sempre dispostos a ajudar o próximo. Com uma propriedade sustentável, eles cultivavam seus alimentos, criavam os animais e que sempre foram abertos e diretos com os filhos. O pai de Fox é um marceneiro excepcional e sua mãe, uma mulher talentosa e artística e um ser humano excepcional.

Quando os três amigos, Fox, Cal e Cage, vieram correndo da floresta aos dez anos de idade, os pais de Fox não hesitaram em acreditar em sua história e os apoiaram incondicionalmente, mesmo agora que eles são adultos. Fox tornou-se o advogado local e a cada sete anos, tenta impedir que o mal se propague usando os seus dons.

Layla é uma mulher que vivia sozinha em Nova York, trabalhando como assistente de compras em uma loja de roupas. Sem ter ideia do seu “dom”, ela usava a sua intuição para orientar as clientes, encontrando o produto certo para cada uma delas. Até o dia em que teve aquele pesadelo vívido, onde se viu no corpo de uma jovem de 16 anos de idade sendo brutalmente atacada. Agora, ela está em Hawkins Hollow, tentando entender o que está acontecendo, apesar do crescente medo que está sentindo. Diferentemente dos demais personagens, Layla é aquela que estava isolada deles e não tinha uma conexão pessoal com os acontecimentos sobrenaturais ou com qualquer um dos personagens.

Precisando de um emprego para pagar suas contas, Layla acaba indo trabalhar como secretária no escritório de Fox. Fox fica um pouco perdido em ter alguém tão bonito em seu espaço de trabalho e começa a se ver cada vez mais atraído pela Layla. Porém, os dois tentam colocar a atração de lado para focar no desenvolvimento das habilidades de Layla e em encontrar respostas para eliminar o mal que ronda a cidade.

No enredo geral, o desenvolvimento dos acontecimentos ocorrem de forma linear. Os três pares vão encarando mais e mais aparições e em cada página. O suspense, as revelações e descobertas vão construindo o cenário geral desse quebra-cabeça assustador.

Em relação ao trabalho editorial, a Arqueiro está de parabéns. Revisão, diagramação e layout muito bem feitos. A capa combina bastante com o conteúdo e sem dúvida, chama a atenção.

“Freneticamente, Layla ergueu a perna de sua calça procurando um ferimento. A pela estava inteira, ilesa. A dor era uma ilusão. Aquilo a fez sentir dor, tinha esse poder. Mas não suficiente para feri-la.” (p. 68)

ISBN-13: 9788580417449
ISBN-10: 8580417449
Ano: 2017
Páginas: 272
Idioma: português 
Editora: Arqueiro
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5

Confiram a resenha do livro anterior:
Irmãos de Sangue – Livro 01

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES dezembro 8, 2017

    Carol!
    Bom ver que a Nora conseguiu trazer uma dose de terror e medo para seu enredo e ainda completar com um romance, o que sempre acontece em seus livros e gosto demais.
    Não li ainda nenhum dos livros da série, mas quero.
    “A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!