07dezembro2017

[Resenha] A Expansão – The Hatching # 2 – Ezekiel Boone

Sinopse – Elas despertaram, famintas. Agora, enquanto o mundo afunda no caos, e pessoas são devoradas nas próprias camas, nada parece capaz de conter a expansão. Segundo livro da trilogia que começou com a A colônia. Ao receber um pacote em seu laboratório, em Washington, a dra. Melanie Guyer não poderia prever que, de um dia para o outro, a espécie ancestral de aranhas que eclodiu daquela bolsa de ovos causaria o caos no mundo inteiro. Em Los Angeles, cidadãos desesperados furam a quarentena. No Japão, uma bolsa de ovos gigantesca pulsa e brilha na escuridão. Enquanto Espingarda e Gordon tentam criar uma arma capaz de conter as aranhas, a presidente Stephanie Pilgrim é pressionada a tomar decisões com consequências catastróficas. Milhões de pessoas estão mortas. Outras milhares foram feitas de hospedeiras. Aranhas devoradoras de carne marcham por todo lugar, e a expansão está só começando. Ninguém está a salvo.

Em “A Colônia”, o mundo foi invadido por aranhas gigantes que matavam e devoravam todos os humanos que cruzaram seus caminhos. O pânico geral se instalou e o mundo mudou completamente. O EUA nunca enfrentou uma situação como essa e a presidente, junto com a sua equipe, tentou de tudo para parar o caos. Mas nada funcionou…. Até que de repente as próprias aranhas recuaram por conta própria e o mundo respirou aliviado, acreditando que o pior havia passado… Estavam todos completamente enganados.

A dra. Melanie Guyer, professora universitária e especialista em aranhas foi promovida pela presidente para comandar uma equipe de especialistas no National Institutes of Health em Bethesda, Maryland. Melanie começa a sentir a pressão de ser a responsável por encontrar uma resposta para salvar o mundo e os acontecimentos anteriores estão marcados em sua memória, inclusive a morte brutal de seu aluno Tronco.

Como no livro anterior, os capítulos vão alternando ao redor do mundo. Vários personagens que apareceram no primeiro livro retornam e cada um deles acrescenta um novo detalhe na história.

Los Angeles está sitiada e o caos impera. Com o exército fazendo a contenção do local, os sobreviventes estão em pânico e é nesse instante que surgem indivíduos que se aproveitam da desgraça alheia. O profeta Bobby Higgs surge do nada e suas ideias são extremamente radicais. Em paralelo, os soldados começam a questionar suas ordens e a forma como as pessoas estão sendo tratadas.

Em Desperation, o quarteto radical que está em um bunker super moderno começam a ficar entediados com a moradia luxuosa. Porém, Espingarda e Gordon acreditam que possam ter encontrado uma resposta para conter esses terríveis animais.

O agente Mike Rich ficou aterrorizado quando entrou no avião caído de Henderson. Ver aquela aranha saindo do corpo do falecido causou um impacto e tanto no agente, que continua em Minneapolis a procura de novas bolsas de ovos. Quando notícias devastadoras surgem, Mike está decidido a fazer de tudo para salvar sua filhinha Annie, tanto das terríveis aranhas quanto de qualquer um que entrar em seu caminho.

No Rio de Janeiro, Japão e em outras partes do mundo o terror se alastra. E ninguém consegue entender o motivo das aranhas terem recuado. O que será que está vindo a seguir?

A presidente Steph, Manny e todos os principais chefes estão reunidos tentando encontrar soluções pelo menos temporárias. Até que Billy Cannon, o secretário de Defesa, oferece uma alternativa que poderá mudar os EUA para sempre. 

“A Expansão” é uma continuação dinâmica, repleta de reviravoltas e com cenas extraordinariamente assustadoras. A cada página virada, o leitor sente a tensão emanada pelos personagens e se compadecer daqueles que se encontram frente a frente com o seu maior pesadelo.

Os personagens são carismáticos e suas ações são eletrizantes. Muitos apresentam uma coragem única, enquanto que outros demonstram a pior face da humanidade diante de um desastre. A Suma das Letras realizou ótimo trabalho. A capa chama muito a atenção e é perfeita para o conteúdo.

“Ouvir os cachorros já era bem ruim. Dali, dava para ouvir os latidos. Dali, dava para ouvir os gritos de outro ser humano sendo separado à força de um ente querido.” (p. 68)

ISBN-13: 9788556510549
ISBN-10: 855651054X
Ano: 2017
Páginas: 240
Idioma: português 
Editora: Suma
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES dezembro 8, 2017

    Carol!
    Estava querendo muito ler uma resenha dessa continuação, porque li A Colônia e sem dúvidas foi um dos melhores livros que li…
    E fiquei contente por saber que a dinâmica é a mesma do livro anterior, relatando o que se passa em diversos lugares do mundo.
    Nossa! Trechos aterradores e o livro com reviravoltas é tudo que quero acompanhar.
    “A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!