22novembro2017

[Resenha] Coluna de Fogo – Os Pilares da Terra # 3 – Ken Follett

Sinopse – Em 1558, as pedras ancestrais da Catedral de Kingsbridge testemunham o conflito religioso que dilacera a cidade. Enquanto católicos e protestantes lutam pelo poder, a única coisa que Ned Willard deseja é se casar com Margery Fitzgerald. No entanto, quando os dois se veem em lados opostos do conflito, Ned escolhe servir à princesa Elizabeth da Inglaterra. Assim que Elizabeth ascende ao trono, a Europa inteira se volta contra a Inglaterra e se multiplicam complôs de assassinato, planos de rebelião e tentativas de invasão. Astuta e decidida, a jovem soberana monta o primeiro serviço secreto do país, para descobrir as ameaças com a maior antecedência possível. Ao longo das turbulentas décadas seguintes, o amor de Ned e Margery não arrefece, mas parece cada vez mais fadado ao fracasso. Enquanto isso, o extremismo religioso cresce, gerando uma onda de violência que se alastra de Edimburgo a Genebra. Protegida por um pequeno e dedicado grupo de talentosos espiões e corajosos agentes secretos, Elizabeth tenta se manter no trono e continuar fiel a seus princípios. Coluna de fogo é um dos livros mais emocionantes e ambiciosos de Ken Follett, uma história de espiões ambientada no século XVI que vai encantar seus fãs de longa data e servir como o ponto de partida perfeito para quem ainda não conhece seu trabalho.

“Coluna de Fogo” é o terceiro livro da série Os Pilares da Terra e traz para os leitores mais uma parte do romance entre o protestante Ned Willard e a católica Margery Fitzgerald. O fundo da história é o reinado de Elizabeth, filha de Henrique VII e Ana Bolena e o reinado após sua morte, que foi o retorno do catolicismo graças a nova rainha e os conflitos e intolerância religiosa da época.

“O rei se retirou. Quando saía atrás dele, a rainha Catarina cruzou olhares com Ned. Ele respondeu com um sutil meneio de cabeça para lhe agradecer por ter mantido a paz ao levar o rei até lá. Por um instante, os cantos da boca dela se contraíram num sorriso quase imperceptível.” (p. 533)

Diante de todo esse cenário histórico incrível, Ken Follet explora através de personagens belíssimos com histórias apaixonantes a intolerância de forma maestral. A manipulação política, as intrigas, traições, assassinatos e por fim, lutas, batalhas e guerras são detalhadamente explicadas, tornando o livro uma leitura imprescindível para os fãs do gênero literário. Eventos como “A noite de São Bartolomeu” são retratados com com vividez e o leitor reflete sobre as perdas para os ambos os lados que um conflito pode trazer. 

O livro é recheado de personagens fortes e impressionantes, principalmente personagens femininas que se destacam por se imporem em momentos importantes. Uma dessas personagens é Sylvie, uma protestante que vende livros clandestinos em Paris. Sua crença inabalável lhe dá coragem para arriscar-se por algo que realmente acredita, mesmo sabendo que corre risco de morte.

O trabalho editorial da Arqueiro é simplesmente perfeito. Além da história extraordinária, o livro contem uma lista de elenco de personagens (muito necessária porque são muitos) e um mapa colorido na contracapa.

“- Talvez seja um bom momento para atacar os protestantes. Infelizmente, a Igreja Católica está na defensiva. A rainha Maria Tudor está perdendo popularidade por causa da situação de Calais. Sua herdeira legítima, Maria Stuart, rainha da Escócia, está prestes a se casar em Paris, e ter um marido francês fará os ingleses se voltarem contra ela.” (p. 140)

ISBN-13: 9788580417340
ISBN-10: 8580417341
Ano: 2017
Páginas: 816
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Skoob: clique aqui
Avaliação: 5/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pamela Liu novembro 28, 2017

    Oi Carol.
    Não li nada do autor até o momento.
    Não me interessei por essa série. Não gosto muito da temática religiosa, mesmo que seja ficcional, e da época medieval.
    Mas que bom que você gostou da história.
    Bjs

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES novembro 28, 2017

    CArol!
    O autor traz bem delineado no enredo o relacionamento do casal com religiões diferentes, o que pode tornar o livro um tanto polêmico e gosto quando há polêmica nos livros, porque podemos pensar mais e mais…
    Desejo uma ótima semana!
    “A poesia contém quase tudo que você precisa saber da vida.” (Josephine Hart)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

  • Mariana Paiva novembro 30, 2017

    Nunca li nada desse autor, ganhei até um livro dele, mas como faz parte de uma série ainda não li. A sensação que eu tenho é que a escrita dele é um pouco complexa demais pra mim e talvez eu pense isso pelo fato de se tratar de temáticas que eu não costumo ler.

  • Ana Carolina Venceslau dos Santos dezembro 1, 2017

    Toda vez que me convencia de que eu ia ler esse livro eu acabava me assustando pela grossura dos volumes eu sempre acabava pulando esse livro e indo para outro livro da minha lista de leituras