03outubro2017

[Resenha] Querido John – E se uma carta pudesse mudar tudo? – Nicholas Sparks

Sinopse – Após uma juventude de rebeldia e bebedeira, John Tyree decidiu dar início a um novo capítulo em sua vida e se alistou no Exército. Um ano depois, agora um novo homem, ele retorna a Carolina do Norte para passar um tempo com o pai. Uma tarde, ele conhece a garota de seus sonhos. Além de ser linda, Savannah é amigável, de sorriso fácil, um exemplo de boa conduta e altruísmo. Um sentimento arrebatador nasce entre os dois. No entanto, John precisa voltar para a Alemanha a fim de concluir o serviço militar. Savannah decide esperar por ele, enquanto o jovem soldado promete que, após esse período, vai ficar para sempre ao lado da mulher que conquistou seu coração. O que nenhum dos dois poderia esperar eram os eventos do 11 de Setembro. Enquanto John entra em combate no Iraque, Savannah precisa reunir forças para superar a dor da distância. Nesse cenário de saudade e incertezas, uma simples carta pode mudar a vida dos dois para sempre.

“Querido John” é dividido em prólogo, três partes e epílogo e é narrado em primeira pessoa. Conforme a sinopse explica, a trama gira em torno de John Tyree e Savannah. John é um jovem que se rebela e se envolve em confusões, bebedeiras e se envolve com amigos complicados. Para “consertar” seus erros, ele decide se alistar no exército e recomeçar do zero a vida. 

“Reflito sobre essas coisas, e como sempre, nosso tempo juntos retorna à minha mente. Relembro como tudo começou, pois agora essas memórias são tudo o que me resta.”

Savannah é uma jovem com um coração enorme, que está sempre disposta a ajudar o próximo sem hesitar e John é um jovem que precisou aprender a ter uma disciplina rígida no exército para compreender melhor o próprio pai e trabalhar os motivos de suas rebeliões.

Após alguns anos servindo o país, ele está de licença em Wilmington e acaba esbarrando em Savannah, uma jovem que está passando o seu verão como voluntária na construção de casas para os desafortunados. Os dois começam a conversar e percebem que possuem uma forte conexão e acabam passando todos os dias na companhia um do outro. Porém, o que começou com uma amizade sincera torna-se algo mais e os dois se dão conta que estão apaixonados um pelo outro. Com a licença de John chegando ao fim, eles se comprometem a um relacionamento à longa distância e que vão se comunicar sempre que possível, através de cartas. Para John, receber cartas da amada durante as suas provações é um bálsamo, até que um dia, uma carta muda tudo.

“Quando os lábios dela tocaram os meus , soube que poderia viver cem anos e visitar o mundo todo e nada se compararia ao momento único em que beijei a mulher dos meus sonhos e soube que meu amor duraria para sempre.”

Nicholas Sparks tem o dom de emocionar o leitor através de suas palavras. São inúmeros os leitores que terminam suas obras com os olhos transbordando de lágrimas e aqui não é diferente. Nós acompanhamos a trajetória de um lindo casal, completamente apaixonados, mas que tem tantos obstáculos jogados em seus caminhos que chega a ser doloroso e completamente arrasador. 

“Fechei os olhos e soube que o que eu mais queria era abraçá-la daquele jeito sempre… não sei quanto tempo ficamos parados, mas quando finalmente começamos a nos dirigir para a saída, tomei a mão dela, sabendo que não só a amava mais do que a última vez, como também mais do que jamais amaria outra pessoa.”

Durante a leitura, é impossível não se apaixonar de forma passional e querer discutir com os personagens, frustrar-se com eles ou apenas querer gritar em determinada cena, mas também existe a imensa vontade de se aconchegar e abraçá-los, acalentar seus corações e os nossos ao mesmo tempo.

Em relação à revisão, diagramação e layout, a editora Arqueiro realizou um trabalho excepcional. A capa é linda, delicada e combina perfeitamente com o enredo do livro.

ISBN-13: 9788580417715
ISBN-10: 8580417716
Ano: 2017
Páginas: 256
Idioma: português 
Editora: Arqueiro
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5 

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Camila Rezende outubro 3, 2017

    Já li esse livro na época em que o filme foi lançado, mas depois de ler o livro acabei perdendo a vontade de assistir o filme.
    Eu gostei muito da estória e torcia muito parado casal. Depois fiquei com muita raiva do John e não gostei como o livro termina. Eu estava torcendo para outra coisa acontecer.
    Gostei muito da capa dessa nova edição do livro (a minha é a do filme).

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES outubro 3, 2017

    Carol!
    Muito bom ter descoberto mais um livro do Nicholas que conseguiu chamar sua atenção e conquistá-la…
    O livro realmente é um pouco diferente dos outros e a guerra é sempre um aditivo ao romance, aprendemos muito com os relatos. E o que dizer da dedicação de John ao pai? Comovente.
    O livro é realmente indicado.
    Acabei de ler A última música e ainda estou chorando…
    Que outubro venha carregado de boas energias!
    “O tempo é teu capital; tens de o saber utilizar. Perder tempo é estragar a vida.” (Franz Kafka)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  • Marlene Conceição outubro 4, 2017

    Oi Carol.
    Eu li Querido John nos primeiros anos de leitura minha então ainda não estava com a mentalidade que eu tenho hoje em relação aos livros do autor lembro de ter ficado com muita raiva com aquele final é por isso que pretendo ler este livro muito em breve e eu concordo com você A capa está realmente muito bonita melhorou 100% em relação a outra gostei de saber o seu ponto de vista e ver os personagens com outros olhos e pelo que me lembro a momentos que a gente realmente quer gritar com os personagens Mas infelizmente não temos controle sobre isso enfim eu pretendo ler muito em breve.
    Bjs

  • Hérica Lima outubro 5, 2017

    Esse autor é a minha perdição! Como não ama-lo? Suas histórias são sempre cheia de surpresa e intrigas e eu choro até desidratar.
    Confesso que ainda não li esse livro, mas sou doida para ler tudo do Sparks!
    Em breve lerei.
    Beijos

  • Karol Nascimento outubro 16, 2017

    Oiii…..
    Olha eu tenho certeza que vou chorar tanto nesse livro que vou ficar desidratada kkk…eu assisti algumas cenas do filme e gostei muito…essa edição está muito bonita…com essa resenha fiquei com mais vontade de ler…adorei a resenha…
    Bjs