08outubro2017

[Resenha] Geekerela – Ashley Poston

Um divertido romance que traz a clássica história de Cinderela para os dias de hoje.

Quando Elle Wittimer, nerd de carteirinha, descobre que sua série favorita vai ganhar uma refilmagem hollywoodiana, ela fica dividida. Antes de seu pai morrer, ele transmitiu à filha sua paixão pelo clássico de ficção científica, e agora ela não quer que suas lembranças sejam arruinadas por astros pop e fãs que nunca tinham ouvido falar da série. Mas a produção do filme anunciou um concurso de cosplay numa famosa convenção valendo um convite para um baile com o ator principal, e Elle não consegue resistir. Na Abóbora Mágica, o food truck vegano onde trabalha, ela encontra a ajuda de uma amiga cheia de talentos para moda que vai criar o traje perfeito para a ocasião. Afinal, o concurso é a chance de Elle se livrar das tarefas domésticas impostas pela terrível madrasta e das irmãs postiças malvadas.

Já Darien Freeman, o astro adolescente escalado para ser o protagonista do filme, não está nada ansioso para o evento, embora o papel seja seu grande sonho. Visto como só mais um rostinho bonito, o próprio Darien também está começando a achar que se tornou uma farsa. Até que, no baile, ele conhece uma menina que vai provar o contrário.

Esta releitura de Cinderela transporta para o universo nerd os principais elementos do clássico conto de fadas, fazendo uma verdadeira homenagem a todos aqueles que sabem o que é ser fã e se dedicar de coração àquilo que amam.

Onde comprar?

Amazon | Saraiva

Minha opinião

Geekrela é um romance muito bem desenvolvido dentro da cultura geek. Nossa cinderela é Elle (Danielle), que mora com a madrasta e suas duas filhas. Ela trabalha no food truck da Hera, que se chama Abóbora mágica e que vende comidas veganas.

Darien é uma estrela de cinema, mas nem sempre foi assim e todo sucesso tem seu preço, no caso dele, para interpretar “Carmindor” em Starfield, seriado do qual é super fã e nem pode demonstrar sem parecer ser um idiota para a mídia, ele se desdobra em dietas, exercícios e muito esforço para manter seu “tanquinho”.

Para contar a história desse príncipe e dessa cinderela nerd, a autora Ashley Poston usa dos personagens como próprios narradores, alternando entre a voz de Elle e de Darien, conhecemos tudo e todos sob o ponto de vista de ambos.

Diferente do contos de fada tradicional, seguindo apenas a mesma estrutura de acontecimentos históricos, temos uma história nova, com personagens cativantes em um universo geek e é quase impossível de não se identificar com os personagens!

Quando Elle por engano envia mensagens a um número que pertencia ao trabalho do pai, começa a conversar com um estranho. Aos poucos o assunto prolonga-se para enfim, o tão esperado impossível.

Odeio estar me apaixonando por alguém que nem conheço.

 

Ela me faz querer tocar com todo o meu coração enquanto estou pegando fogo, tocar sem parar até as chamas me consumirem.

 

A escrita da autora é leve, envolvente e a narrativa flui facilmente por conta dessa coerência. Já li muitas adaptações e acredito que Geekrela seja uma das melhores, senão a melhor que já li!

 

Giramos pela pista de dança, desviando de outros casais; nossos pés estão em sincronia nessa estranha cadência, como se estivéssemos tão conectados que soubéssemos que movimento o outro vai fazer. Pontinhos de luz piscam ao nosso redor, cortando a neblina que gira em nosso rastro. Parece que o universo inteiro está nos orbitando neste momento impossível. Um momento impossível num universo impossível.

A diagramação é linda, da capa a contracapa, um layout bonito e perfeito para o contexto da história! Recomendo!

 

Ficha Ténica

ISBN: 9788551002148
Ano: 2017 / Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Intrínseca

Categorias:Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Hérica Lima outubro 8, 2017

    Confesso que a minha princesa favorita sempre foi a Cinderela, amo a história dela.
    Já estou doida para ler esse livro desde que o vi na página da Editora.
    A capa é muito linda mesmo e a trama parece ser super leve e divertida.
    Beijos

  • Marlene Conceição outubro 9, 2017

    Oi Thaís.
    Eu não sou nenhuma fã do universo geek
    Mas em contra partida, eu adoro readaptação de contos de fadas, fiquei feliz em sabee que a história é bem estruturada, enfim concordo com você, o layout chama realmente a atenção pela beleza.
    Bjs.

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES outubro 9, 2017

    Thaís!
    Releituras são sempre muito boas de serem lidas e se essa é uma da Cinderela contemporânea, deve ser interessante.
    Acredito mesmo que a autora ficou mais focada nas malvadezes e deveria explorar mais o romance.
    Gosto também com essas relações que começam de forma virtual, sem se saber quem está do outro lado, embora seja um tanto perigoso…na vida real.
    Desejo uma ótima semana produtiva!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem

  • Camila Rezende outubro 9, 2017

    Olá Thaís,
    Um dos motivos que eu quero esse livro é por causa da capa.
    Eu nunca me canso da estória da Cinderela e estou sempre assistindo filmes que tenham diferentes jeitos de contar a estória.
    Pela sua resenha gostei de saber que a narração do livro é intercalada entre os personagens principais ( gosto de ver o ponto de vista deles)
    Quero muito ler esse livro.

  • Karol Nascimento outubro 17, 2017

    Oiii…
    Acho que irei me divertir muito lendo esse livro e eu ADOREI a capa….gente essa releitura é maravilhosa uma das melhores que já vi…muita ccriatividade pessoal…eu tenho a impressão que nossa protagonista vai entrar em várias enrascadas….quero muito ler…otima resenha…
    Bjs

  • Iêda Cavalcante outubro 22, 2017

    Oiee!
    Esse mundo nerd não é pra mim. Apesar de gostar muito dessas releituras de contos de fada, ainda assim, o livro não me chamou a atenção, o que é uma pena.
    Gostei da capa, mas para por ai.
    Bjs!