27outubro2017

[Resenha] As Coisas Que Fazemos Por Amor – Kristin Hannah

Sinopse – Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados. Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre. Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor. Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.

Kristin Hannah é uma autora que consegue emocionar os seus leitores com histórias deliciosas e em “As coisas que fazemos por amor” isso não é diferente. Narrada em terceira pessoa, a história se passa em West End, uma cidade pequena perto de Seattle. 

Angie DeSaria tem 38 anos de idade, é uma publicitária e está casada há 14 anos com Colan. Os dois se amam muito e o maior sonho deles era aumentar a família. Os dois sofreram abortos, um nascimento de um bebê que morreu em poucos dias e uma adoção que não deu certo após a mãe biológica mudar de ideia no último minuto. A cada perda, o sofrimento foi afastando o casal, até que a necessidade de um filho por parte de Angie tornou-se uma obsessão. O resultado foi um casamento onde duas pessoas se amam, terminar. Perdida após o divórcio, Angie resolve voltar à sua cidade natal, West End, e ajudar sua mãe e suas duas irmãs a reerguer o restaurante da família que está falindo. O Restaurante DeSarias era o orgulho do pai de Angie e as fortes mulheres da família DeSaria terão que juntar suas forças e deixar de lado seus ressentimentos para reerguê-lo.

“Mama a abraçou tão forte que Angie teve que respirar fundo. Deu uma risada e tentou se afastar, mas a mãe a segurou firme. Angie enrijeceu. Na última vez que a abraçara desse jeito, a mãe tinha sussurrado: “Você pode tentar de novo. Deus vai lhe dar outro filho”. “ (p. 13)

 Mira é a irmã mais velha, com 41 anos. Ela é casada com Vince e tem quatro filhos. É a irmã que sempre soube que continuaria o legado da família, cozinhando no restaurante; Livvy tem 39 anos é a irmã do meio, está no terceiro casamento e tem dois filhos. Seu maior sonho era ter se tornado modelo, mas a vida escolheu outro destino. Ela é provavelmente a que mais se ressente de Angie, que por ser a caçula da família era a princesinha do pai.  O sr. DeSario sempre soube que sua princesa seria mais. Seria a filha que iria para a faculdade, faria sucesso e por isso, quando mais jovem, não trabalhava no restaurante. E para Angie, é doloroso observar suas irmãs com tantos filhos, engravidando com tanta facilidade e estar em West End sem seu pai.

Lauren Ribido é uma jovem de 17 anos de vida que tem uma mãe alcoólatra que faz questão de lembrar a adolescente que teve a vida “estragada” após ter engravidado de Lauren. A garota aprendeu desde cedo que não pode contar com a própria mãe para nada. Sozinha, ela estudou para conseguir uma bolsa de estudos na escola particular, arranjou empregos para pagar aluguel e suas contas e agora está ralando mais do que nunca para conseguir uma bolsa universitária, de preferência na mesma faculdade que seu namorado David irá estudar. Diferentemente de Lauren, David é um jovem rico que não compreende os problemas diários da namorada, mas que faz de tudo por ela. Os dois namoram há quatro anos e são realmente fofos juntos, mas ainda não possuem a noção da grandiosidade do mundo e das voltas que ele dá. Apesar de ser excepcional, Lauren não tem o que mais deseja: uma família. Ela está constantemente sofrendo pela falta de amor e atenção da sua mãe e está cansada de ter que ralar tanto para conseguir o básico para viver. 

“Por mais que tentasse não sentir, a pontada de decepção estava lá. Parecia esperar sempre demais da mãe. Quando ela iria aprender? Essas desilusões contínuas acabavam com ela. Às vezes imaginava aquilo como uma sombra que toldava seu coração.” (p. 36)

Os caminhos de Angie e Lauren começam a se cruzar e ao se aproximarem, as duas vão perceber o que está faltando em suas vidas, mas nem tudo é fácil. As protagonistas precisam aprender a lidarem com suas próprias dores e os obstáculos que vão surgindo em seus caminhos vão colocar a prova o coração de Angie e Lauren. Kristin Hannah captura a essência dos personagens: a aceitação e o amor. “As coisas que fazemos por amor” é um livro surpreendente, onde o leitor observa de perto que somos capazes dos maiores sacrifícios em nome do amor.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora Arqueiro realizou um ótimo trabalho. Existe um errinho de digitação na página 40, mas nada que interfira a compreensão do texto. A capa é simples e delicada, combinando perfeitamente com a trama do livro.

ISBN-13: 9788580417692
ISBN-10: 8580417694
Ano: 2017
Páginas: 352
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Skoob: clique aqui
Avaliação: 5/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Hérica Lima outubro 27, 2017

    Confesso que adoro drama, porém gosto mais de adolescentes.
    Porém já estou lendo várias resenhas positivas para com esse livro e eles estão me dando muita vontade de pegar esse livro e devorá-lo.
    Parece ser muito bom e reflexivo.
    Beijos.

  • Camila Rezende outubro 28, 2017

    Ola Carol,
    Eu nao costumo ler esse tipo de gênero, mas gostei da sinopse desse livro.
    Pela sua resenha parece que a autora criou as personagens baseadas em historias reais, no caso de uma das protagonista sempre tentando ter uma vida melhor e o namorado dela por ter dinheiro e alheio a problemas.
    Fiquei curiosa e se eu tiver uma oportunidade vou dar uma chance para o livro.

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES outubro 29, 2017

    Carol!
    Os livros da Kristin tem esse poder sobre o leitor, causa impacto e nos faz repensar em muitas coisas, sem contar que temos de comprar uma caixa de lenços, né?kkkk
    Já me identifiquei com a Angie, porque sempre quis ser mãe biológica e nunca pude, embora tenha sido mãe de outras formas, dos sobrinhos, das enteadas… e sei bem a frustação qu ela passou.
    Quero poder conferir a leitura.
    Desejo um maravilhoso e florido final de semana!
    “Para saber uma verdade qualquer a meu respeito, é preciso que eu passe pelo outro.” (Jean-Paul Sartre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  • Iêda Cavalcante outubro 29, 2017

    Oiee!
    Nunca li nada da autora, apesar de já ter lido comentários bem favoráveis sobre os livros e o modo de escrita da mesma. Tenho uma certa curiosidade para saber o por quê de tantos elogios, mas nunca tive um livro em mãos e nem aquela louca vontade que dá do nada rsrs
    Gostei da premissa desse livro, mas não foi algo que me deixou desesperada para começar a leitura, se tiver a chance, lerei, se não, vida que segue.
    Bjs!

  • Marlene Conceição outubro 30, 2017

    Oi Carol.
    Essa foi uma leitura que mexeu muito comigo, eu confesso que adoro livros com essa temática, que traz histórias de superação e descobertas pessoais.
    Os personagens são incríveis e a maneira como a autora descreve os momentos difíceis vividos por eles, torna tudo tão real e concordo com você, a autora realmente soube capturar a essência dos personagens e transmitir de uma maneira tão linda para nos leitores.
    Bjs.

  • Karol Nascimento novembro 1, 2017

    Oiiiiii…..
    Bem acho que vou amar demais esse livro….quero muito ver como o relacionamento vai acontecer durante tido o livro desde quando se conhecem até as palavras bonitas que falarão uma pra outra…parecer ser um livro fofo apesar de tudo…a capa está bem bonita…adorei a resenha……
    Bjs