05outubro2017

[Resenha] A Dama da Meia-Noite – Spindle Cove # 3 – Tessa Dare

Sinopse – Pode um amor avassalador apagar as marcas de um passado sombrio? Após anos lutando por sua vida, a doce professora de piano, Srta. Kate Taylor, encontrou um lar e amizades eternas em Spindle Cove. Mas seu coração nunca parou de buscar desesperadamente a verdade sobre o seu passado. Em seu rosto, uma mancha cor-de-vinho é a única marca que ela possui de seu nascimento. Não há documentos, pistas, e nem ao menos lembranças. Depois de uma visita desanimadora para sua ex-professora, que se recusa a dizer qualquer coisa para Kate, ela conta apenas com a bondade de um morador de Spindle Cove, o misterioso, frio e brutalmente lindo, Cabo Thorne, para voltar para casa em segurança. Embora Kate inicialmente sinta-se intimidada por sua escolta, uma atração mútua faísca entre os dois durante a viagem. Ao chegar de volta à pensão onde mora, Kate fica surpresa ao encontrar um grupo de aristocratas que afirma ser sua família. Extremamente desconfiado, Thorne propõe um noivado fictício à Kate, permitindo-lhe ficar ao seu lado para protegê-la e descobrir as reais intenções daquela família. Mas o noivado falso traz à tona sentimentos genuínos, assim como respostas às perguntas de Kate. Acostumado com combates e campos de batalhas, Thorne se vê na pior guerra que poderia imaginar. Ele guarda um segredo sobre Kate e fará de tudo para protegê-la de qualquer mal que se atreva atravessar seu caminho, seja uma suposta família oportunista ou até ele mesmo.

Kate é uma personagem que está desde o primeiro livro na série em Splinde Cove. É uma mulher insegura que não faz ideia de suas origens e ainda por cima, possui uma marca na face que chama a atenção das demais pessoas. Crescendo em um orfanato, ela não teve uma vida fácil, mas é o tipo de pessoa que mantêm as esperanças a todo momento. Thorne é o soldado que acompanhou Bramwell e Payne até esse peculiar local. É conhecido por ser taciturno, mas um grande amante das mulheres, mas que desde o primeiro livro, manteve a maior distância possível de Kate.

” Mas como ele podia evitar que ela tivesse forma de mulher e cheirasse como o paraíso ? As surras, as chibatadas e os anos de prisão não tinham sido nada… Thorne sabia sem sombra de dúvida, que as próximas três horas seriam o castigo mais cruel de sua vida.”

Splinde Cove está tendo seu cotidiano pitoresco até que um dia surge novos forasteiros, os Gramercy, um grupo de pessoas que alega que Kate é sua parente. Os Gramercy são liderados pelo Lorde Drewe, um jovem sério que tem que lidar com as confusões de Harry e Lark, duas jovens damas da sociedade que tem uma mente e atitudes bem modernas para a época, além da tia Sagui, uma mulher intrigante e obcecada por balas ardidas.

” Kate não podia negar o efeito que ele tinha em seu estado de espírito. Ela sentia a pele arrepiar sempre que ele estava por perto, e nas raras ocasiões em que ele virava o rosto na direção dela, seu olhar a penetrava profundamente. “

A partir desse instante, a história se desenvolve conforme a sinopse explica. Thorne fica desconfiado dos Gramercy e ele e Kate fingem um noivado para que ele possa ficar mais próximo dela e garantir sua segurança. A partir daí, um belo romance nasce e Thorne terá que ser honesto e reviver o passado.

“” O que, nesse cachorro, você associa a ‘ realeza’?”
” Bem… nada.” Kate colocou o filhote no chão e o observou correr ao longo da urze. ” mas esse é o ponto. Você contrapõe um nome grandioso às origens humildes dele. Isso se chama ironia, Cabo Thorne. Como se eu chamasse você de ‘ Fofo’.””

O romance entre Thorne e Kate acontece de forma lenta e gradual, principalmente por conta da tentativa do soldado de se distanciar emocionalmente da mocinha. Mas isso é impossível, pois Kate é um raio de luz e uma pessoa tão carismática que torna-se impossível não querer gravitar ao seu redor. 

Esse terceiro livro da série acaba criando dois núcleos capazes de inúmeras confusões: os moradores de Splinde Cove e a família Gramercy. Enquanto reencontramos alguns personagens queridos dos livros anteriores, a inserção de novos personagens que imediatamente se encaixam tão bem no local também traz uma lufada de ar fresco. E muita, muita confusão.

Para os fãs da série de Tessa Dare não há motivo para pânico: os protagonistas dos livros anteriores aparecem nesse terceiro livro e como sempre, são protagonistas de momentos fofos, engraçados e inúmeras confusões.

“Ela o observou naquele momento: braços cruzados, rosto duro, o olhar frio como gelo. Ele era uma armadura viva.” (p. 95)

Confiram as resenhas dos livros anteriores
Uma noite para se entregar – Livro 01
Uma semana para se perder – Livro 02

ISBN-13: 9788582353295
ISBN-10: 8582353294
Ano: 2015
Páginas: 288
Idioma: português 
Editora: Gutenberg
Skoob: clique aqui
Avaliação: 5/5

Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Camila Rezende outubro 6, 2017

    Olá Thaís,
    Não costumo ler esse tipo de livro, mas gostei do fato de cada livro da série ter diferentes protagonistas (tenho lido muitos livros assim).
    Fiquei curiosa pra saber qual segredo um dos protagonista guarda.
    Gosto de livros com estórias engraçadas e se surgir a oportunidade vou ler essa série.

  • Hérica Lima outubro 6, 2017

    Eu adoro muito a Tessa dare e já li essa série. Acabei nesse livro e preciso urgentemente do próximo.
    Amei como o romance cresceu entre eles, foi tão lento e fofo que eu suspirava cada vez que eu lia!
    Amo muito!

  • Marlene Conceição outubro 6, 2017

    Oi Thaís.
    Se tem uma coisa que eu adoro em séries, é quando há essa ligação entre os livros.
    Eu adorei essa premissa, ainda não li a série e apesar de ter curtido bastante e ser apaixonada por romances de época, a escrita da autora não funcionou muito bem para mim não, entretanto vou tentar ler os livro em breve, adoro que o romance se desenvolve de maneira gradual e não aquela cosia miojo te vi e já te amo, enfim adorei e pretendo começar a série (novamente) em breve.
    Bjs.

  • RUDYNALVA CORREIA SOARES outubro 9, 2017

    Thaís!
    Gosto quando tem mistérios envolvidos em um romance.
    Não li nada da autora, mas se como diz o enredo e as personagens são bem construídos, vale a pena arriscar a leitura, ainda mais que não é preciso ler todos os livros da série, já que são independentes.
    Desejo uma ótima semana produtiva!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem

  • Karol Nascimento outubro 17, 2017

    Oiiiii…
    Bom eu não sabia da existência dessa série mas fiquei bastante curiosa na história…. parece que é tão fofa a relação de proteção entre o mocinho e a mocinha que isso fez com que eu ficasse com mais vontade de ler….e esse mistério dos aristocratas dizerem que são a família da mocinha…..isso tá estranho….alguma coisa errada não está certa kkkk…adorei a resenha…
    Bjs