29maio2017

[Resenha] Seduzida Por Um Guerreiro Escocês – Maya Banks


“Seduzida por um guerreiro escocês” é o primeiro livro de uma série que fala sobre dois clãs inimigos há muitas gerações: os Montgmerys e os Armstrongs. São dois clãs tão poderosos que se entrarem em guerra poderão causar destruição por todo o país. Por conta disso, o rei Alexandre II exige a união deles por um casamento.

Acontece que o único clã que tem uma mulher em idade apropriada para o casamento é o Armstrong, mas Eveline, a mais nova da família esconde um grande segredo. Seu antigo pretendente a torturava as escondidas e em uma dessas situações ela sofreu um acidente e ficou surda. Como não conseguia se comunicar, os seus pais acreditaram que o acidente a afetou mentalmente. Eveline ficou com medo dos pais a obrigarem a se casar caso soubessem que estava surda, então manteve a farsa. Afinal, quando contou ao pai que era torturada, ele não acreditou em sua história. E se ele a forçasse a se casar com aquele terrível homem?

“O estômago de Tavis se embrulhou, enojado pelo mero pensamento de sua filha nas mãos dos Montgomery. Ele trocou um olhar de pesar com a esposa, porque estava se tornando cada vez mais claro que não havia nada a ser feito, exceto trair seu rei e começar uma guerra, e fazer isso significaria a morte de todo o seu clã. Sua amada filha ou a vida de todas as pessoas que dependiam de sua proteção. Era uma escolha que nenhum homem deveria ter de fazer”. (p. 39).

Graeme Montgomery é o mais velho e o líder do clã. Seu papel de protetor dos irmãos e do clã é uma responsabilidade que pesa em seus ombros, mas ele cumpre a função com amor e honra. Então ele assume mais uma obrigação: casar-se com uma Armstrong.

Apesar do ressentimento entre os dois clãs, Graeme e Eveline ficam encantados um pelo outro. Pela primeira vez desde o acidente, Eveline consegue ouvir uma voz, mesmo que não seja nítida. A voz grave de Graeme provoca uma vibração que é sentida por Eveline.

“Graeme a fascinava. Não era como se pudesse ouvir suas palavras, mas a voz dele soava como um zumbido grave e prazeroso em seus ouvidos. Um raio de luz em seu sombrio mundo de silêncio.” (p. 61)

Graeme sabe que nunca poderá consumar o casamento, pois seria se aproveitar de alguém incapaz, mas fica difícil resistir a sua esposa quando ela demonstra ser tão maravilhosa e apegada a ele.

“Deus meu, estaria ele cobiçando a própria noiva? Sentiu desprezo por si mesmo. Deveria tratá-la com gentileza e bondade. Era óbvio que pairava algo estranho em torno da moça e, mesmo sem saber exatamente o que era, lá estava ele olhando-a como sua futura noiva e pensando em todos os benefícios que isso lhe traria.” (p. 07)

A adaptação de Eveline no novo clã não é fácil, pois todos lá odeiam os Armstrongs. Mas Graeme virá em sua defesa e punirá qualquer um que infligir dor em Eveline.

“Os olhos de Eveline se arregalaram e, então, para sua surpresa ainda maior, Graeme a puxou e a beijou profundamente. Quando finalmente a soltou, os pensamentos dela estavam tão bagunçados que ela não conseguia pensar direito”. (p. 327)

Eveline é uma personagem incrível, forte e ao mesmo tempo passional. O mesmo acontece com Graeme. Por trás de um homem cheio de responsabilidades existe alguém que anseia por ser amado e amar alguém. É um homem que quer e precisa encontrar a sua felicidade pessoal.

“Grame não tentava entender a mente das mulheres. Tentar fazê-lo era uma maneira segura para um homem enlouquecer”. (p. 249)

Ficha Técnica

Editora: Universo dos Livros

Série: Montgomery e Armstrong – Livro 1

Autora: Maya Banks

ISBN: 9788550300023

Ano da edição: 2016

Páginas: 415

Categorias:Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Felipe Lange maio 29, 2017

    Eu gosto bastante de histórias desse tipo, acho que vou gostar desse livro
    Blog Entrelinhas