23Maio2017

[Resenha] A Melodia Feroz – Enfrente seus monstros Monstros da Violência # 1 – V.E. Schwab

Sinopse – Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.

“A melodia feroz” é o primeiro livro da mais nova série da autora Victoria Schwab. A trama é narrada em terceira pessoa e os capítulos alternam as perspectivas entre Kate e August. É dividido em prelúdio e mais cinco partes: Verso 1 – Monstros, posso entrar?; Verso 2 – Monstro vê, monstro faz; Verso 3 Corra monstro, corra; Verso 4 Enfrente seus monstros e Elegia.

A história se passa em um universo onde ocorreu um Fenômeno. Com o aumento de crimes hediondos, houve o surgimento de demônios e sombras no mundo. Os demônios são classificados em três tipos: corsais, malchais e sunais. Os corsais e malchais são os mais frequentes, enquanto que os sunais são extremamente raros. Sabe aquele ditado “a violência gera violência”? Ele se encaixa perfeitamente nesse universo.

Após o Fenômeno as cidades entraram em colapso e muitas proibiram a entrada de novas pessoas (pois não sabiam se eram pecadores ou não). Claro que algumas pessoas souberam aproveitar esse colapso e Harker foi um deles. Harker é um bandido do pior tipo. Ele cobra por proteção contra demônios, mesmo sabendo que as pessoas que pagam por sua proteção são aquelas que cometem os piores crimes. Do lado oposto de Harker temos Henry Flynn, um homem que perdeu sua família durante o Fenômeno e criou uma Força-Tarefa para deter criminosos e diminuir o número de demônios. Seis anos antes houve uma guerra entre esses dois homens que causou um colapso na cidade. Então, eles concordaram com um tratado de paz. Mas talvez a paz esteja chegando ao fim…

Kate é filha de Harker e após ser expulsa de inúmeras escolas quer voltar para casa. Ela quer provar ao pai que não é fraca como sua mãe e que pode governar a cidade da mesma forma que ele.

“Na noite em que Kate Harker decidiu botar fogo na capela da escola, ela não estava revoltada nem bêbada. Estava desesperada.” (p. 11)

August é filho de Henry. Ele surgiu em meio a uma cena de um crime hediondo com a aparência de um garotinho de doze anos de idade. O que ele mais deseja é se juntar à Força-Tarefas com os pais e o irmão Leo, mas tanto Henry quanto Emily, acham que é perigoso demais para o filho. Eles preferem mantê-lo no complexo com sua irmã Ilsa, enquanto que Leo, o mais velho, é o garoto-propaganda da Força.

Ah, só mais um pequeno detalhe: August não é humano…

“A Cidade V não precisava de um código moral. Precisava de alguém disposto a assumir o comando. A sujar as mãos…” (p. 42)

Quando Kate retorna para casa surge a oportunidade para o lado sul da cidade de manter a jovem em observação. Afinal, ela vai estudar na Academia Colton e August tem a mesma idade que a jovem. A missão dele: aproximar-se do inimigo.

Kate está determinada a mostrar sua força e para isso, vai transformar a vida dos alunos da Academia Colton. August prefere passar despercebido e ficar ao máximo possível longe de aglomerações.

Em um mundo onde os monstros andam lado a lado com as pessoas, poderão Kate e August carregar o fardo da família?

A trama é empolgante e cheia de novidades. Eu ainda não tinha lido nada parecido com isso e fiquei muito empolgada com o enredo. Kate é forte, determinada e resiliente. August é espetacular! Ele é complexo, sensível, forte e totalmente inacreditável. 

A história é cheia de reviravoltas, com pessoas tentando tomar o poder e quebrar o tratado de paz em benefício próprio. Há traições, ação, perseguição, morte, mas também há momentos em que se discutem sentimentos e existencialismo. Sem dúvida é um início empolgante para o primeiro livro da série. 

Muitos podem estranhar o título e a capa, mas elas combinam perfeitamente com o conteúdo. Existe uma peculiaridade na trama que dá todo o sentido a eles. 

Como fizemos a leitura a partir de uma prova do livro, não podemos avaliar as questões de revisão, layout e diagramação.

“Monstros grande e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você.

Corsais, corsais, dentes e garras,
sombras e ossos abrirão as bocarras.

Malchais, malchais, cadavéricos e sagazes
bebem seu sangue com mordidas vorazes.

Sunais, sunais, olhos de carvão,
com uma melodia sua alma sugarão.

Monstros grande e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você!” (p. 48/49)

ISBN-13: 9788555340413
ISBN-10: 8555340411
Ano: 2017
Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Seguinte
Skoob: clique aqui
Avaliação: 5/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *