25maio2017

[Divulgação] Lançamentos de Maio/2017 da Editora Leya

A política é realmente a culpada de todos os males? Vivemos momentos de profunda descrença e indignação popular contra a política. Do Brasil de Dilma Rousseff e Michel Temer aos Estados Unidos de Donald Trump, passando pela Europa de tantas manifestações, os anos de crise têm enchido as ruas de protestos mundo afora. São homens e mulheres, jovens e adultos, movimentos sociais, grupos organizados ou não, todos manifestantes cansados de presenciar os rumos tomados pela política, representando abalos importantes às estruturas dos partidos e aos próprios políticos. Em A política em tempos de indignação, um dos mais importantes pensadores da atualidade mostra o que há de bom e de perturbador nestes tempos difíceis: Daniel Innerarity revela quanto a compreensão da política e do que ela pode nos proporcionar é capaz de evitar falsas expectativas e frustrações, e gerar críticas e propostas construtivas. Mais do que isso, diz por que é preciso ir além da indignação e dos protestos e aponta os riscos de enxergar a política como a culpada de todos os males. O autor faz assim um roteiro para todos os (e)leitores pensarem onde está e para onde irá a democracia como a conhecemos, com todos os seus riscos, fragilidades e possibilidades diante da indignação popular.

Um dos produtos mais aguardados pelos fãs, o box da Primeira Era de Mistborn reúne os livros que estão sacudindo o universo da fantasia no Brasil e no mundo. Considerado o mais novo mestre do gênero, admirado pelos autores mais conceituados, Brandon Sanderson se atreve a subverter a lógica e desafia os leitores com perguntas aparentemente simples, tais como: o que acontece se o herói da profecia falhar? Que tipo de mundo surge quando o Senhor das Trevas está no comando? As respostas encontram-se na trilogia Mistborn – Nascidos da Bruma, uma saga surpreendente, repleta de ação e magia. Mistborn vol. 1: O Império Final Mistborn vol. 2: O Poço da Ascensão Mistborn vol. 3: O Herói das Eras.

Era uma vez um sonho retrata o impacto da decadência cultural e econômica de uma sociedade sobre a história pessoal de cada um A história de J.D. Vance poderia ser igual à de milhares de outras pessoas que cresceram nas mesmas condições que ele. Seus avós migraram para a região dos Estados Unidos conhecida como Cinturão da Ferrugem, onde se tornaram operários de classe média. Mas a relativa ascensão social não significou que seus descendentes conseguissem escapar da situação de pobreza material e cultural que os prendia a um ciclo contínuo de violência doméstica, abuso de álcool e drogas e falta de perspectivas de forma geral. É nesse contexto que o autor de Era uma vez um sonho nasce e cresce, alternando momentos de negação da (des)estrutura familiar e outros de proximidade, mas nunca deixando de tentar entender o que estava errado e o que os levava a cometerem sempre os mesmos equívocos, comuns também às famílias vizinhas. J.D Vance transforma sua experiência pessoal numa narrativa emocionante sobre a degradação da classe trabalhadora branca americana ? mas que poderia se passar em qualquer outro lugar do mundo. É pioneiro ao trazer uma perspectiva interna do declínio de um grupo social, visto pelos olhos de alguém que conseguiu romper com essa situação e se formar em direito numa das mais prestigiadas universidades do país. Best-seller #1 do New York Times desde novembro de 2016, o livro tem sido indicado também para quem deseja compreender as condições que suscitaram a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos EUA. Com uma honestidade pungente, apresentando personagens de uma realidade dura, cruel e por vezes também bem-humorada, ao alcance de todos nós, J.D. Vance construiu um retrato muito maior do que o da crise da sociedade americana. Expôs, com sua própria história, que certos sonhos podem dilacerar um indivíduo e esquartejá-lo entre dois mundos.

Sonhos, frustrações, dificuldades, preconceito e, também, ascensão social, sucesso financeiro, vitória. A história da migração nordestina para os estados do Sudeste do Brasil carrega esses e outros elementos. Entre as décadas de 1930 e 1980, milhares de pessoas abandonaram a terra onde nasceram e foram para outro estado – que, para elas, era como se pertencesse a outro país: São Paulo era outro mundo, tinha outra forma de organização, de lutas, de sociabilidade, de trabalho e até mesmo de falar o português. Com seu estilo coloquial e direto e uma narrativa envolvente, sem perder o rigor com os fatos, Marco Antonio Villa, autor dos best-sellers Mensalão, Ditadura à brasileira e Um país partido, oferece aos leitores a voz não do narrador, mas dos próprios migrantes: são eles que relatam a viagem no pau de arara, a chegada à capital paulista, a dificuldade de adaptação, os empregos, a melhoria de vida, a educação dos filhos, a construção da tão sonhada casa própria. Também estão presentes as reações, os exemplos de solidariedade, as angústias e as alegrias. Quando eu vim-me embora descreve e analisa a expulsão do sertanejo, a permanência da miséria e a mudança em escala jamais vista na história do Brasil. São histórias individuais pungentes e emocionantes que, somadas, compõem um dos mais ricos processos históricos do país. Com elas, você conhecerá a complexa migração de homens, mulheres, crianças e idosos nordestinos e os sentimentos diversos que fizeram parte de suas vidas – da esperança à frustração, da fome e da sensação de desterro à conquista de espaço numa grande metrópole, da crença num futuro de oportunidades ao desencanto e o preconceito enfrentados na “Terra da Garoa”. Um livro imperdível para quem deseja conhecer em detalhes um processo fundamental da história do Brasil e se emocionar com a trajetória tocante de pessoas comuns, que ajudaram a transformar São Paulo na maior metrópole da América do Sul.

 

Baseados em histórias reais, quatro contos sobre mulheres corajosas que mudaram as suas vidas após relacionamentos abusivos Escrito por Sylvia Jane Crivella e Eliana Ovalle, Relações perigosas é um livro sobre mulheres guerreiras que se tornaram fortes a partir de momentos de fraqueza. Em quatro contos escritos a partir de histórias reais conhecidas pelas autoras por meio de seus trabalhos sociais engajados às causas femininas, elas descrevem as trajetórias de quatro mulheres em situações semelhantes às vivenciadas por qualquer mulher ao longo de suas vidas ou por suas mães, filhas, avós ou amigas. São narrativas que envolvem conflitos e dificuldades encontrados em diferentes classes sociais e relacionados às escolhas que todas devem fazer. Cada conto recebe o título de uma estação do ano, porque revela um pouco do seu clima, assim como das fases de nossas vidas. Em Primavera, Patrícia, educada pela mãe como se a vida fosse um conto de fadas, percebe, ao entrar na faculdade, que não existem príncipes encantados. Vera, protagonista de Verão, por outro lado, criou uma carcaça após uma decepção amorosa  e, quando conhece um admirador, acaba deixando de ouvir sua voz interior. Já Olívia, em Outono, pulou a etapa da vida em que deveria brincar de bonecas para assumir o papel de dona de casa, tornando-se uma mulher que clama por atenção, carinho e proteção e, logo, é presa fácil para um sedutor. Por último, em Inverno, Ingrid, após sofrer um trauma na infância, cai numa armadilha quando, já adulta, envolve-se afetivamente pela primeira vez. Num texto cativante, Sylvia e Eliane abordam temas como superproteção, baixa autoestima, frivolidades, drogas, rejeição, depressão, bipolaridade, aborto, pedofilia e dependência virtual, entre outros, com o objetivo de chamar nossa atenção para o perigo das relações abusivas e destrutivas.

Batman é um dos super-heróis mais cultuados do planeta, mas será que seus fãs sabem tudo sobre sua misteriosa figura? Batman: Os arquivos secretos do Homem-Morcego traz tudo o que você sempre quis saber, e não tinha a quem perguntar. Uma edição de colecionador repleta de imagens, ilustrações e demais informações nunca antes reunidas num só volume. Descoberto na batcaverna por Mathew K. Manning, Batman: Os arquivos secretos do Homem-Morcego serviu como uma espécie diário para Bruce Wayne. Guardado a sete chaves, contém toda a intricada informação necessária para cumprir seu propósito, para o caso de o Batman precisar de um sucessor. O livro começa com desenhos da infância de Wayne e continua ao longo de uma linha do tempo de eventos significativos de sua vida. Completo e autêntico de todas as maneiras possíveis, todos os amigos e inimigos do Batman – de Hera Venenosa, Mulher-Gato, Charada e Pinguim, a Coringa, Batgirl, Sr. Frio e, claro, Robin – aparecem ao longo do dossiê para ajudar a traçar a trajetória do Homem-Morcego. Relatando a guerra do Batman contra o crime, o livro inclui arquivos de computador, notícias, fotografias criminais, projetos, mapas de Gotham e provas que foram coletadas (ou até mesmo desenhadas) pelo próprio herói. Batman é um super-herói e um ícone cultural. Introduzido pela primeira vez em 1939, o alter ego de Bruce Wayne ficou conhecido por incontáveis quadrinhos da DC, uma série de TV e filmes de sucesso. Cada detalhe de sua vida é cuidadosa e fielmente detalhado com o envolvimento da DC Comics, tornando Batman: Os arquivos secretos do Homem-Morcego o presente indispensável para todos os ávidos colecionadores e fãs.

Até os fãs mais ardorosos vão se surpreender com as revelações de Superman: Os arquivos secretos do Homem de Aço. Tudo o que você sempre quis saber, e não tinha a quem perguntar está neste livro, uma edição de colecionador repleta de imagens, ilustrações e demais informações nunca antes reunidas em um só volume. O livro revela aspectos desconhecidos do homem chamado Clark Kent e o universo do maior super-herói de todos os tempos. É um relato abrangente de sua história, feito a partir de recortes do Planeta Diário, anotações de seu diário, artefatos que restaram de Krypton, esquemas para a Fortaleza da Solidão e outras tecnologias, arquivos da Penitenciária da Ilha Stryker, além de centenas de fichas dos inimigos e aliados do Superman. Traz ainda uma versão completa e profunda da história de vida do Homem de Aço, desde o seu nascimento em Krypton como Kal-El, passando por seu presente como Clark Kent e Superman, e traz até mesmo projeções para o seu futuro. Superman: Os arquivos secretos do Homem de Aço representa a crônica dos 75 anos de aventuras do Último Filho de Krypton, organizados de forma fácil de entender. O livro tem grande apelo aos fãs do Superman de qualquer idade – dos leitores que estão apenas começando aos colecionadores de longa data que seguiram o personagem desde suas primeiras aventuras – há novidades para todos. Com um tom moderno e um profundo respeito por seu legado, Superman não é apenas divertido, mas é também a história completa do Homem de Aço. É um lançamento do selo LeYa/Omelete, a parceria que uniu a editora referência em literatura de fantasia (e suas mais variadas vertentes) ao maior portal de conteúdo geek da América Latina. Licenciado pela Warner Bros., é um produto original da franquia Superman.
Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *