12abril2017

[Resenha] Despedida de Solteira – Amande – Despedida de Solteira # 1 – Mila Wander

Sinopse – Amande estava com todos os preparativos para o seu casamento prontos, desde a lista de convidados até o vestido! A cerimônia fora minuciosamente pensada, e a noiva estava com tudo sob controle. Ou melhor, quase tudo… Sequer havia cogitado uma despedida de solteira! Mas, guiada pelas suas amigas – e madrinhas -, Amande descobrirá que nem tudo acontece como o planejado. Muitas surpresas, emoções e leite condensado a aguardam!

RECOMENDADO PARA MAIORES DE 18 ANOS

A trama é narrada em primeira pessoa por Amande, a protagonista do livro. Amande é uma mulher de 27 anos de idade, que se considera careta, pois sempre fez tudo certinho e é cheia de manias. Ela está de casamento marcado com João Pedro, seu primeiro namorado e design gráfico. O relacionamento é monótono, mecânico e o casal não tem química nenhuma, mas Amande está decidida a se casar, mesmo com suas melhores amigas de longa data avisando que a jovem não será feliz.

“Sou assim; verdadeira, correta, estratégica e muito dinâmica. Não sou tão divertida quanto gostaria de ser, mas não posso dizer que sou uma mulher amarga e introspectiva. Converso com as pessoas, gosto de me comunicar e tenho mania de comprar livros. Através dos personagens, observo de pertinho como as pessoas agem.”

Apesar de não concordarem com o casamento, as amigas apoiam a sua decisão e irão caminhar ao seu lado até o altar. Mas antes, elas querem que Amande tenha a chance de extravasar uma única vez. É graças as suas amigas que Amande terá uma despedida de solteira. 

“Jéssica, de longe a mais extrovertida, louca de pedra e afoita criatura vivente desse planeta, decidiu que seria divertido – leia-se cômico – fazer amizade com uma nerd como eu … Conheci as outras meninas por intermédio dela: Fabiana, Lara, Caludinha e, por último, no Ensino Médio, Paloma se integrou ao nosso pequeno grupo.” (p. 09)

Jéssica se responsabiliza pela organização de toda a despedida de solteira e quer surpreender a todas as amigas, então consegue uma casa incrível onde todas serão paparicadas por homens fantásticos, dispostos a fazer qualquer coisa que esse grupo de mulheres desejarem.

Amande fica envergonhada com a situação e meio que se distancia das comemorações, mas fica intrigada com um homem em particular: Caleb. Caleb é um homem de 31 anos, fotógrafo talentoso que desde jovem encontrou uma maneira de conseguir dinheiro de forma mais fácil. Pela primeira vez na vida, Amande sente-se atraída por um homem, e não se trata apenas da aparência dele. 

“Caleb olhou para mim. Preciso dizer algo mais? Ele apenas olhou para mim. E isso significou tudo, pois meu coração acelerou imediatamente, minhas mãos começaram a tremer, minhas pernas quase falharam e me senti perdida em outra dimensão. Mas o pior foi quando o maldito ergueu o canto da boca para o lado esquerdo mostrando a maldita caretinha safada.”

Caleb é inteligente, divertido e carinhoso e tem como objetivo fazer com que Amande se divirta. Ele fica impressionado com o fato de que o relacionamento dela é tão mecânico e quer que ela tenha uma ótima experiência. Mas o que começa como uma diversão, pode se tornar algo mais. A questão é descobrir até onde Amande e Caleb estão dispostos a ir para encontrar a felicidade.

O livro tem cenas eróticas muito bem escritas e a química entre o casal é incrível. Após ler esse livro, o leitor nunca mais irá encarar uma lata de leite condensado da mesma forma! Apesar de todos os pontos positivos do livro, alguns detalhes incomodaram durante a leitura, como a falta de desenvolvimento dos personagens secundários. As amigas de Amande possuem histórias próprias que são complexas e cheias de problemas, mas que não são bem exploradas nesse primeiro livro.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora Qualis realizou um ótimo trabalho. A capa é sensual sem ser vulgar e chama a atenção do leitor.

“Jamais teria conhecido Caleb se não me permitisse o novo, o surpreendente. E nunca teria provado algo tão bom se não deixasse todo o meu raciocínio e sanidade de lado. Pode ser loucura para muita gente, e é. Foi a maior loucura que já fiz, mas acredito que também foi a decisão mais certa que tomei. Sentido? Nenhum. Há coisas que, como diz a música, só os loucos sabem, e só eles podem me justificar.”

ISBN-13: 9788568839256
ISBN-10: 8568839258
Ano: 2015
Páginas: 218
Idioma: português
Editora: Qualis
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *