13Abril2017

[Divulgação] Lançamentos de Abril da Editora Rocco

Rocco

ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM – O roteiro original, de J.K. Rowling – Descubra uma nova era de magia com Animais fantásticos e onde habitam – O roteiro original, edição impressa do roteiro do filme Animais fantásticos e onde habitam que a Editora Rocco lança em português como parte do novo programa de publicação do Mundo Bruxo de J.K. Rowling. Inspirado no livro-texto de Hogwarts escrito pelo personagem Newt Scamander, Animais fantásticos e onde habitam – O roteiro original é uma aventura nova e emocionante que apresenta uma variedade de personagens e criaturas mágicas. Sucesso de crítica e público e ganhador do Oscar de Melhor Figurino, Animais fantásticos e onde habitam é o primeiro de uma franquia de cinco filmes e marca a estreia como roteirista para o cinema da autora da adorada série Harry Potter. O livro chega às prateleiras em edição de luxo, com capa dura, sobrecapa em papel couché e miolo em papel off-white. [Leia mais]

EU E VOCÊ DE A A Z, de James Hannah – A de amídala. B de boca. C de cabeça. Todas as partes do corpo carregam histórias e são essas histórias que ajudam Ivo, protagonista de Eu e você de A a Z, a manter seus pensamentos em ordem. Elogiado por veículos como The Times e Observer, o britânico James Hannah apresenta em sua estreia literária uma obra original, provocativa, sensível e divertida sobre caos interior e mortalidade. Aos 40 anos, Ivo sofre de uma insuficiência renal grave e espera a morte após uma (curta) vida de excessos. Para aliviar a dor e o turbilhão mental do paciente, a enfermeira Sheila sugere um jogo: percorrer o alfabeto, pensar em uma parte do corpo para cada letra e em uma breve história sobre cada uma delas. Por meio desse jogo ora sofrido, ora divertido, Ivo revê seu passado e reflete sobre desejos, relacionamentos, escolhas e todos os momentos que mudaram sua vida para sempre, sejam eles bons ou maus. [Leia mais] 

A LIÇÃO DE ANATOMIA, de Nina Siegal – A Lição de Anatomia do Doutor Tulp, um dos quadros mais conhecidos de Rembrandt, é a inspiração para o romance histórico de Nina Siegal, especialista em Belas-Artes com textos publicados em veículos como The New York Times, Bloomberg News e outros. Fruto de uma encomenda da Guilda dos Cirurgiões de Amsterdã, o quadro representa a dissecação do corpo de um ladrão condenado à morte. No romance, a autora acompanha vários personagens direta ou indiretamente envolvidos na cena, entre eles a mulher do condenado; um colecionador que também trabalha na obtenção de cadáveres para dissecações; o filósofo René Descartes; o próprio Rembrandt, que, aos 26 anos de idade, sente um leve constrangimento diante da encomenda; e ainda uma historiadora de arte que estuda o quadro em pleno século XXI. Mesclando personagens e fatos reais a uma trama fictícia, a autora constrói um romance histórico fascinante sobre o processo de criação de uma das pinturas mais importantes da história e os desdobramentos do renascimento cultural na Europa do século XVII. [Leia mais]

A AVENTURA DO ESTILO – Ensaios e Correspondências de Henry James e Robert Louis Stevenson, de Marina Bedran (org.) – Primeiro livro da coleção Marginália, que reunirá textos pouco conhecidos de grandes escritores modernos, selecionados principalmente entre cartas, diários, artigos e outros papéis avulsos e apresentados por diferentes pesquisadores, A aventura do estilo reúne a correspondência de dois gigantes da literatura inglesa: Robert Louis Stevenson e Henry James. Apresentada por Marina Bedran, mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela USP, a obra aproxima dois escritores de trajetórias e estilos muito diferentes – Henry James foi um cronista da vida da alta-sociedade vitoriana e um estudioso da escrita e da arte da ficção; já Stevenson teve uma vida de aventuras, foi um escritor popular e alcançou o sucesso comercial que James nunca conheceu em vida – que discutem arte, literatura e estética, oferecendo ao leitor os bastidores de seu processo criativo e de suas ambições literárias, numa rica e saborosa troca de ideias. [Leia mais]

FILA E DEMOCRACIA, de Roberto Damatta e Alberto Junqueira – Ensaio a quatro mãos nascido da dissertação do Mestre em Ciências Sociais da PUC-Rio Alberto Junqueira, sob orientação do antropólogo Roberto DaMatta, Fila e democracia se debruça sobre uma questão do cotidiano para refletir sobre temas como igualdade e democracia. Analisando o comportamento do brasileiro nos momentos de desconforto e tensão proporcionados pelas filas – desde a fila do caixa no supermercado ou nas repartições públicas até aquelas destinadas ao lazer, como filas de cinema ou eventos culturais e esportivos – e as práticas adotadas para “burlar” sua ordem, normalmente tidas como demonstração de poder e sagacidade, DaMatta e Junqueira oferecem um perspectiva mais abrangente sobre o caráter desigual da nossa sociedade, em comparação a países como os Estados Unidos. [Leia mais] 

FÁBRICA231

MELODIA MORTAL – Sherlock Holmes investiga as mortes de gênios da música, de Pedro Bandeira e Guido Carlos Levi – Será que Mozart foi assassinado por Salieri? Tchaikovsky morreu de cólera ou envenenamento? Chopin morreu mesmo tuberculoso? E Beethoven, foi vítima do alcoolismo? A resposta, ou, pelo menos, algumas hipóteses plausíveis para essas perguntas estão em Melodia mortal, estreia na ficção adulta de um dos maiores autores para o público juvenil do país. Escrito a quatro mãos por Pedro Bandeira com o médico Guido Carlos Levi, o livro examina, à luz dos conhecimentos da medicina contemporânea, os indícios possíveis sobre as mortes polêmicas de alguns grandes compositores da música clássica. E quem conduz a investigação é ninguém menos que Sherlock Holmes, auxiliado pelo seu fiel escudeiro, o doutor John H. Watson, que narra as aventuras do detetive na empreitada. Talvez não seja possível, tanto tempo depois, elucidar a causa dessas mortes que a medicina da época não foi capaz de precisar, mas a diversão é garantida neste romance cheio de teorias científicas e enigmas que formam um intricado quebra-cabeça, na tradição da melhor literatura policial. [Leia mais]

A BUSCA SOFRIDA DE MARTHA PERDIDA, de Caroline Wallace – Liverpool, 1976. Martha tem 16 anos e mora numa estação de trem desde que se entende por gente. Mais especificamente, desde que foi encontrada, ainda bebê, em uma mala na estação Lime Street, ficando sob os “cuidados” da dona da loja de achados e perdidos do local. Proibida de deixar a estação, sob a ameaça de uma maldição, Martha espera diariamente que alguém venha buscá-la. Enquanto isso, passa seus dias atendendo os passageiros que circulam por ali, conhece todos os segredos da estação e acaba se envolvendo em alguns mistérios, entre eles o aparecimento de uma mala que talvez tenha pertencido aos Beatles e que coloca a cidade em polvorosa. Mas o maior mistério começa quando ela passa a receber livros com cartas de um desconhecido que parece saber tudo sobre a sua vida. Martha precisará correr contra o tempo se quiser encontrar respostas e não se perder novamente. [Leia mais]

BICICLETA AMARELA

PAIS E MÃES CONSCIENTES – Como transformar nossas vidas para empoderar nossos filhos, de Shefali Tsabary – Não existem pais nem filhos ideais. E fazer da convivência familiar algo harmônico é um processo cada vez mais trabalhoso, num mundo em que paciência e tempo para ouvir o outro são artigos raros e a maioria dos pais acaba projetando nos filhos seus próprios anseios e frustrações. Doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de Columbia, Shefali Tsabary aborda, em Pais e mães conscientes, alguns dos principais desafios da árdua tarefa de educar, começando por entender que a criação dos filhos não deve ser encarada como a fabricação de um novo “minieu”, mas como a chance de estimular da melhor forma alguém que possui identidade própria. Comparando a educação de uma criança ao ato de andar numa corda bamba, em que os pais precisam se equilibrar o tempo todo entre o coração e a razão, a autora defende que criar um filho é uma grande oportunidade de mudança e crescimento. E também uma prática diária e um exercício de aceitação do outro e de nós mesmos. [Leia mais]

ANFITEATRO

A VINGANÇA DOS ANALÓGICOS – Por que os objetos de verdade ainda são importantes, de David Sax – Com a revolução digital vieram os prognósticos apocalípticos de que todos os suportes físicos seriam destruídos por seus correspondentes digitais. Mas, contra todas as avaliações iniciais, as câmeras nos aparelhos celulares, os serviços de vídeo e de música por streaming e os livros eletrônicos, hoje consolidados no mercado, não só não soterraram os filmes analógicos, os discos de vinil e os livros físicos, como oxigenaram a sua existência, criando novas formas de consumir esses objetos. O jornalista canadense David Sax investiga, em A vingança dos analógicos, a trajetória de empreendedores de tamanhos e perfis diversos que investiram no caminho oposto ao dos negócios digitais e mostra que o reavivamento dos artefatos analógicos é um fenômeno bem mais complexo do que um simples surto de nostalgia de uma geração. Um livro-reportagem abrangente e de estilo leve e bem-humorado, fundamental para o entendimento dos hábitos de consumo e interação no mundo atual. [Leia mais]

ROCCO PEQUENOS LEITORES

A COR DE CORALINE, de Alexandre Rampazo – Quantas cores cabem na pergunta “Me empresta o lápis cor de pele?”. Em A cor de Coraline, o ilustrador, designer gráfico e escritor Alexandre Rampazo passeia pelas inúmeras possibilidades contidas numa caixa de lápis de cor e na imaginação infantil a partir da pergunta de um colega para a pequena Coraline, e mostra que o mundo é mais colorido – e diverso – do que nos acostumamos a pensar. Com texto curto e bem-humorado e ilustrações graciosas, o livro aborda o tema da diversidade de forma lúdica para os pequenos. A quarta-capa é assinada pelo premiado escritor Ignácio de Loyola Brandão. [Leia mais]

 

Fantástica Rocco

O LIVRO DE SANGUE E SOMBRA, de Robin Wasserman – Quando tudo parecia caminhar bem, um atraso para um encontro muda a vida de Nora Kane para sempre. Seu melhor amigo, Chris, está morto; a namorada dele, Adriane, em estado catatônico; e Max, o príncipe encantado de Nora, desaparecido. Mas o que parecia um pesadelo ruim o suficiente, fica ainda pior quando Max se torna o principal suspeito do crime. Desesperada para provar a inocência do namorado, a jovem, que trabalha num projeto de pesquisa traduzindo antigos manuscritos do latim, segue a trilha de sangue sem se importar com o destino final. E ele vai levá-la dos Estados Unidos à histórica Praga, e ao centro de um enigma que inclui uma teia obscura de sociedades secretas movidas pela ambição de encontrar a Lumen Dei, uma misteriosa máquina que contém a receita para o conhecimento supremo e para a comunhão com o divino, e que estaria enterrada num manuscrito de centenas de anos. [Saiba mais]

Rocco Jovens Leitores 

SUPERGIRL NA SUPER HERO HIGH, de Lisa Yee – Supergirl é a garota nova na escola. E também a mais poderosa (embora ela não acredite muito nisso). Recém-chegada à Terra, depois de perder sua família e todo o resto do planeta Krypton, a menina está começando a descobrir seu potencial, e a Super Hero High parece ser o local ideal para isso. Mas mesmo para a adolescente mais poderosa da galáxia, acompanhar as aulas do ensino médio e se enturmar com seus novos e poderosos amigos, entre eles Wonder Woman, Katana e Harley Quin, não é nada fácil. Porém, quando misteriosos acontecimentos colocam em risco não só a escola, mas seu novo planeta, Supergirl precisa confiar nos seus amigos e em si mesma e mostrar que é capaz de salvar o dia. No segundo livro da série DC Super Hero Girls, Lisa Yee mantêm o ritmo do primeiro volume e vai além, mostrando um pouco mais do dia a dia e da personalidade das jovens super-heroínas que vêm conquistando a garotada com uma aventura recheada de mistério, ação e muito humor. [Saiba mais]

O INCRÍVEL DUELO DOS BISCOITOS, de Chris Hoy – No terceiro livro da série Fergus Voador, o escocês Chris Hoy – mais bem-sucedido atleta olímpico da Grã-Bretanha e maior ciclista olímpico masculino de todos os tempos – apresenta mais uma divertida aventura sobre duas rodas para a garotada. Depois de conquistar o segundo lugar no Grande Desafio de Ciclismo, Fergus e seus amigos se preparam para a próxima fase da competição. Mas a notícia da instalação de uma fábrica no parque onde eles treinam ameaça acabar com os sonhos do grupo. Afinal, se já é difícil competir com as outras equipes com suas bicicletas modestas, imagina se eles não tiverem mais onde se preparar? Dinheiro para cobrir a oferta que a Biscoitos do Bruce fez pelo terreno Fergus e seus amigos não têm. Mas uma nova visita a Nuncamais e um pouco de imaginação podem ajudá-los a encontrar uma solução e garantir a vitória, ou pelo menos a chance de tentar. [Saiba mais]

 QUANDO TUDO FAZ SENTIDO, de Amy Zhang – Liz Emmerson é uma garota popular no colégio e tem uma vida aparentemente invejável. Por que ela tentaria tirar a própria vida, simulando um acidente de carro depois de assistir a uma aula sobre as Leis de Newton? Neste surpreendente romance de estreia, Amy Zhang, que nasceu na China e mora no estado de Nova York, aborda temas como abandono, bullying, depressão e suicídio com uma narrativa crua e pungente que vai arrebatar os fãs de obras como As vantagens de ser invisível, Nuvens de Ketchup e Meu coração e outros buracos negros, entre outros. Na trama, Liz é resgatada por Liam, um garoto que ela sempre desprezou, mas talvez uma das poucas pessoas ao seu redor capaz de enxergá-la além das aparências. Envolvente e emocionante, o livro – que prende também pelo mistério se a protagonista vai ou não sobreviver (e que só é revelado no final) – mostra a fragilidade, a solidão e os dilemas dos jovens de forma sensível e sincera. [Saiba mais]

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *