16janeiro2017

[Resenha] A Playlist da Minha Vida – Leila Sales

Sinopse:  Uma fábula pop regada com muita trilha sonora e dilemas juvenis

Elise Dembowski nunca foi popular na escola. Ninguém conversava com ela na hora do intervalo nem a convidava para sair no fim de semana. Pior. Ninguém jamais se interessou em saber o que tanto a ela escutava em seu iPod: playlists com o melhor da música pop, único território em que Elise se sente confortável e confiante.

Diante de seu desajuste em relação à maioria, a adolescente tenta de tudo – inclusive a mais radical das saídas, felizmente sem sucesso. No auge de seu solitário desespero, o acaso a leva até a porta de uma balada noturna, via de acesso para um mundo completamente novo, cheio de som e diversão, no qual sua veneração por música funciona como senha para inclusão em um inédito círculo de amizades.

As festas noturnas do Start – o melhor clube underground do mundo – tornam-se o lugar onde a felicidade, a aceitação social e até o amor são possíveis para Elise. Não demora muito para que um misterioso bullying eletrônico e a habilidade da garota como DJ coloquem em confronto este universo com a dura realidade cotidiana.

A playlist da minha vida é uma vibrante fábula pop que lida com temas recorrentes nas obras contemporâneas para jovens: exclusão, invasão de privacidade, resgate de autoestima e muita trilha sonora. Escrito pela americana Leila Sales, o livro se ambienta em dois cenários: o escolar, com sua dinâmica de poder juvenil baseada em “popularidade”, e o da cena noturna, em que adolescentes ensaiam seus primeiros voos para uma existência adulta.

 

Minha Opinião

Narrado em primeira pessoa, A Playlist da Minha Vida é um romance juvenil bastante contundente. Primeiro nos impressiona pela visão, Elise é quem conta todos os acontecimentos, mas a escrita e profissionalismo da autora vão além, temos uma ampla visão dos cenários, dos personagens secundários e de todos os lugares em que ela passa, seus sentimentos são descritos perfeitamente e de forma a emocionar profundamente o leitor.

Elise tem dezesseis anos e está no segundo ano do Ensino Médio, antes de iniciar as aulas ela faz um estudo detalhado das tendências, das pessoas e do que poderia fazer para não ser um fracasso. Suas histórias são resumidas em ser rechaçada pelos colegas de classe, é solitária e isolada do mundo, não consegue encontrar o seu lugar na sociedade em que vive. Mas, depois de conhecer um pouco o lado sombrio e tenebroso da alma de Elise, nos depararemos com uma outra adolescente, uma que está em busca de si mesma e principalmente da autenticidade.

Eu não precisava ser a garota mais interessante do mundo, nem a mais bonita ou querida. Apenas não queria mais ser quem eu era.

Após alguns acontecimentos que culminaram na descoberta de um clube noturno chamado Start, Elise tem sua vida transformada, nas quintas à noite ela tem sua vida real, onde pode ser normal, ter amigas, ser quem ela quiser ser e quando volta a escola e a vida dividida entre estadias na casa da mãe e do pai, ela apenas espera pelas caminhadas noturnas.

Só que às vezes é preciso desistir de alguma coisa que você é para se tornar quem você quer ser.

Vicky, Pippa, Char, Mel e Pete. Pessoas que fizeram a magia da Start tornar ainda mais intensa, quando Elise está lá, ela pode ser quem ela quer ser. Uma DJ boa de Glendale? Por que não?

As pessoas são aquilo que são. Não importa o quanto você tente, é impossível transformá-las naquilo que você quer que elas sejam.

Músicas, sonhos sombrios ou de esperança, esse livro traz ao público uma miscelânea de sentimentos, traz esperança aos jovens que se sentem perdidos e confusos em uma sociedade que dita regras que na verdade jamais serão absolutas, este é um romance sobre crescimento, amadurecimento, sobre o quando a vida pode nos surpreender apesar de todos os pesares. Contundente, recheado de referências musicais, não tem como não se identificar com Elise de alguma forma.

Cinco estrelas para o livro! Super recomendado!

 

Ficha Técnica

ISBN-13: 9788525057549
ISBN-10: 8525057541
Ano: 2014 / Páginas: 312
Idioma: português
Editora: Globo Livros

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Patrícia Peña janeiro 17, 2017

    Uauuuu, fiquei interessada neste livro, não conhecia, obrigada pela resenha

    • Thaís Turesso janeiro 17, 2017

      Oi Patrícia,

      Ele é maravilhoso, recomendo a leitura!

  • Joi Cardoso janeiro 17, 2017

    Thaís, saudades de passar aqui. A gente vem olha mas nunca comenta =(
    Mas hoje tirei o dia! Eu ainda não tive a oportunidade de conhecer esta autora, mas estou aqui com o segundo volume (que não necessariamente é um continuação) A Garota Dele, é uma das minhas próximas leituras e espero gostar 🙂

    Beijos Joi ♥

    • Thaís Turesso janeiro 18, 2017

      Oi Joi!

      Sério isso? Vou querer ler com certeza, adoro histórias paralelas e claro, já fiquei fã da autora!