06dezembro2016

[Semana Especial] Resenha: Unidos Somos Um – Os Legados de Lorien

15280952_1173283349419176_2101451681_n

unidos-somos-umSinopse

A guerra está chegando ao fim. Mas o planeta só pode ser salvo se todos se unirem para lutar.
Último livro da série Os Legados de Lorien, Unidos somos um chega à sua conclusão repleto de surpresas e reviravoltas de tirar o fôlego. A guerra entre a Garde e os mogadorianos, que por tanto tempo ocorreu em segredo, tornou-se um conflito global. Agora, os humanos não só precisam lidar com a realidade de que alienígenas existem, mas também que terráqueos estão começando a manifestar poderes sobrenaturais.
Além de adolescentes espalhados por todo o mundo que desenvolveram Legados, a Garde também vai poder contar com o reforço do Exército dos Estados Unidos, que conseguiu reunir uma equipe livre de agentes de infiltrados. No entanto, será necessário proteger esses novos recrutas sem treinamento, já que os mogs parecem interessados demais em usá-los para seus planos misteriosos.
Só que John Smith não é mais o mesmo. Depois de perder as pessoas que mais amava nesse conflito, o Número Quatro não parece disposto a permitir que haja mais vítimas. E com um incrível poder recém-descoberto, John pode ser a arma mais forte contra os mogadorianos.
Mas que sacrifícios serão necessários na batalha final? Será que John abrirá mão da própria vida para proteger os demais? Em um desfecho cheio de ação e decisões difíceis, o destino da Garde nunca mais será o mesmo.

Minha Opinião

Os Legados de Lorien chega ao final com “Unidos Somos Um”, o último livro da Série. Confesso que a leitura foi bastante complicada inicialmente, afinal, ler um desfecho nos remete a uma sensação de fim, de que tudo está concluindo (eu sei, esperamos horrores por isso e quando acontece, essa depressão pós-leitura do último livro de uma série) é inevitável não se sentir assim, impotente.

Diferente de outras séries que li, Os Legados de Lorien finaliza de uma forma mais distinta, temos várias percas? Infelizmente. Não posso contar muito, mesmo algumas sinopses revelando muito dos livros anteriores, mas vamos entender um pouco do que se passou neste desfecho incrivelmente perfeito:

O adorado líder dos mogadorianos não poderia ter cometido um erro como ele cometeu, ao tirar a vida da amada de Jonh (número quatro) ele tirou tudo o que este lorieno tinha, restando então a John Smith, lutar com a própria vida para destruir aquele que tem feito tanto estrago, e finalmente temos a tão esperada, batalha final. Épica!

A narrativa é bem movimentada a maior parte do tempo, muita ação, adrenalina e muita, muita sede de vingança envolvida!

“Fico sem ar por um instante quando me lembro dos incêndios, da destruição, dos feridos e dos mortos. Percebo que estou tremendo de novo, e definitivamente não é de exaustão. Sinto que posso ter chegado ao meu limite, como se meu cérebro não fosse mais capaz de aguentar aquela brutalidade.”

Apesar de tudo ter chegado a um fim, confesso que esperava mais, queria que John tivesse um final inesperado, e que de alguma forma, ele pudesse ser feliz. Mas, nem sempre as coisas acontecem como devem ser, não é mesmo?

Excluindo fatos, a narrativa é eletrizante, a escrita fluída e contundente e claro, Pittacus Lore fez um ótimo trabalho, enfim.

E assim, terminamos! Estou farto de números, diria John Smith. Ex-número quatro.

“Um dia, espero que este se torne um lugar onde grandes ideias serão trocadas. Um lugar mantido a salvo da corrupção e da mesquinharia dos governos. Onde a segurança da Terra e a felicidade do seu povo estejam asseguradas.”

Conheça todos os livros da série Os Legados de Lorien:

 

  1. Eu sou o número Quatro (resenha)
  2. O Poder dos Seis (resenha)
  3. A Ascensão dos Nove (resenha)
  4. A Queda dos Cinco (resenha)
  5. A Vingança dos Sete (resenha)
  6. O Destino da Número Dez (resenha)
  7. Unidos Somos Um (resenha)

sem-titulo-1

 

Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *