29novembro2016

[Resenha] Último Turno Trilogia – Bill Hodges # 3 -Stephen King

ultimo-turno-trilogia-bill-hodges-3-stephen-king-viaje-na-leitura

Sinopse – Brady Hartsfield, o diabólico Assassino do Mercedes, está há cinco anos em estado vegetativo em uma clínica de traumatismo cerebral. Segundo os médicos, qualquer coisa perto de uma recuperação completa é improvável. Mas sob o olhar fixo e a imobilidade, Brady está acordado, e possui agora poderes capazes de criar o caos sem que sequer precise deixar a cama de hospital. O detetive aposentado Bill Hodges agora trabalha em uma agência de investigação com Holly Gibney, a mulher que desferiu o golpe em Brady. Quando os dois são chamados a uma cena de suicídio que tem ligação com o Massacre do Mercedes, logo se veem envolvidos no que pode ser seu caso mais perigoso até então. Brady está de volta e, desta vez, não planeja se vingar apenas de seus inimigos, mas atingir toda uma cidade. Em Último turno, Stephen King leva a trilogia a uma conclusão sublime e aterrorizante, combinando a narrativa policial de Mr. Mercedes e Achados e perdidos com o suspense sobrenatural que é sua marca registrada.

“Último Turno” é o último livro da trilogia Bill Hodges e retorna com um ar mais sobrenatural. Quem acompanha a série sabe que o detetive que leva o nome da trilogia tem um “arqui-inimigo”: Brady Hartsfield. A sinopse é bem explicativa.

A história se passa seis anos após os acontecimentos relatados em Mr. Mercedes. O detetive aposentado Bill Hodges recebe uma ligação de seu velho parceiro Pete Huntley, pedindo que ele dê uma olhada em uma cena de crime.

A ambientação já é conhecida do leitor, assim como os seus personagens. A grande sacada dessa conclusão é exatamente o destaque que o sobrenatural ganha no livro, deixando os leitores receosos e assustados. 

Com a ajuda de Holly e Jerome, Hodges vai entrar em uma complexa rede que envolve Brady Hartsfield. O livro tem vários momentos de tensão, deixando o leitor na expectativa pelos próximos acontecimentos. Apesar de não ser a melhor obra de Stephen King, a trilogia do detetive Bill Hodges tem todos os elementos conhecidos nas obras do autor e é uma leitura que convence o leitor com seus personagens e explicações.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina perfeitamente com as capas dos livros anteriores.

“Hodges está novamente imaginando uma teia com uma aranha enorme no centro, cheia de veneno. Só que a aranha está morta”.

ISBN-13: 9788556510181
ISBN-10: 8556510183
Ano: 2016
Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Suma de Letras
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5

Confiram as resenhas dos livros anteriores
Mr Mercedes – Livro 01 – clique aqui
Achados e Perdidos – Livro 02 – clique aqui

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *