14outubro2016

[Semana Peculiar] Dia 5 – Resenha Contos Peculiares – Ransom Riggs

2

Olá Viajantes! Nossa semana peculiar chegou ao fim (snif) e nesse último dia tão especial, vamos falar do livro “Contos Peculiares”. Vamos conferir?

 

contos-peculiares-ransom-riggs

Sinopse – O livro dentro dos livros, Contos peculiares é a coletânea de contos e fábulas citada ao longo da série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares — o livro com as histórias que os jovens peculiares escutam sua protetora contar e recontar. Um menino que vira gafanhoto e foge com um grupo de gansos; uma princesa com língua de cobra à procura de um príncipe com quem se casar; canibais ricos que comem braços e pernas de peculiares que têm o dom de se regenerar são alguns dos personagens dessas narrativas que há séculos povoam o imaginário dos peculiares, oferecendo não apenas valiosas lições, mas também pistas para informações secretas, como a localização exata de certas fendas temporais, por exemplo. Compilado por Millard Nullings, o menino invisível acolhido no lar da srta. Peregrine, o livro inclui surpreendentes comentários e notas, além de um desfecho alternativo para a tocante história do gigante Cuthbert, já conhecida dos leitores da série. Inusitado, surpreendente e divertido, Contos peculiares é ao mesmo tempo um delicioso complemento e uma porta de entrada para o rico universo criado por Ransom Riggs; um verdadeiro presente para quem não resiste à magia das boas histórias.

“Prezado leitor,

O livro que você tem em mãos foi escrito apenas para olhos peculiares. Se, por acaso, você não pertence à estirpe dos anômalos (em outras palavras, se nunca saiu flutuando da cama no meio da noite porque esqueceu de amarrar a si mesmo ao colchão, se nunca soltou chamas pela palma das mãos em momentos inoportunos, nem mastigou a comida com a boca que tem na nuca), então, por favor, devolva imediatamente este exemplar à estante onde o encontrou e o esqueça. Não se preocupe, você não vai perder nada. Tenho certeza de que, caso lesse as histórias desse livro, apenas as acharia estranhas, aflitivas e nem um pouco do seu agrado. Além do mais, elas não são da sua conta. 

Muito peculiarmente,

O editor”

Os contos peculiares são mencionados na série de Ransom Riggs, como histórias para crianças, contos de fadas peculiares com lições importantes, mas o mais importante: ficcionais. Porém, o grupo de crianças peculiares formado que estavam sob a tutela da Srta Peregrine observaram em primeira mão que os contos são bem reais. Em “Cidade dos Etéreos”, o grupo se deparou com uma fenda no Gigante Cuthbert e uma segunda fenda na Catedral de St Paul, onde as pombas peculiares estavam. Então, Millard Nullings, o peculiar invisível e historiador do grupo, resolveu escrever essa coletânea que é apresentada ao leitor. Como ele mesmo explica no livro, selecionou seus contos favoritos, fez algumas observações no rodapé e criou uma edição fácil para os peculiares carregarem. A obra contêm dez contos e uma ilustração para cada um deles.

  • Os esplêndidos canibais  conta a história da aldeia de Swanpmuck, um local onde a simplicidade reinava, assim como a felicidade. Até que um dia recebem três visitantes, que são canibais. O aldeão Hayworth, oferece ajuda a eles, oferecendo um membro seu que foi decepado. Os canibais o recompensam e ficam maravilhados ao perceber que os aldeões tem a capacidade de regenerar os membros perdidos. Só que a recompensa dada começa a gerar cobiça e inveja e mergulhados na ganância, os aldeões entram em uma grande enrascada;
  • A princesa da língua bifurcada, se passa no antigo reino de Frankeburgo, onde a princesa tem uma língua bifurcada e escamas nas costas. Escondendo sua peculiaridade de todos, com exceção da criada, a jovem vai descobrir a feiura das pessoas ao seu redor quando sua verdadeira natureza for exposta;
  • A primeira Ymbryne conta a história de Ymeene, uma ave que se transforma em humano. Ela dá origem as ymbrynes, mas seu caminho é árduo, pois passa por inúmeras provações até encontrar o seu verdadeiro lugar no mundo;
  • A mulher que era amiga de fantasmas conta a história de Hildy desde a sua infância. A protagonista teve uma irmã gêmea que faleceu, mas que mesmo assim, permaneceu ao seu lado. Tendo a capacidade de ver fantasmas, Hildy foi feliz, mas tornou-se “estranha demais” para os vivos. Com dificuldade de fazer amizades e sentindo-se extremamente solitária, ela percorre o mundo a procura de um lugar muito assombrado, mas acaba descobrindo que pode ter o melhor dos dois mundos;
  • Cocobolo conta a história de Zheng e seu pai Liu Zhi. Liu era um explorador marítimo respeitado na China Antiga, mas que com o passar dos anos, começou a agir de forma estranha. E logo depois desapareceu. A reputação da família ficou manchada e Zheng passou a sua vida fazendo o que os outros achavam correto para manter o nome da família, até que um dia, um chamado muito maior deixou claro para ele que fazer o que os outros esperam de você nem sempre é o melhor;
  • As pombas (da Catedral) de St Paul conta a histórias das pombas peculiares que tiveram dificuldades em dividir Londres com os humanos que começaram a avançar mais e mais na cidade com suas construções horrorosas. Lideradas por Nesmith, elas começam a sabotar tais construções, mas seus atos resultam em situações terríveis. Até que conhecem Wren, um humano disposto a ajudá-las;
  • A menina que domava pesadelos, conta a história de Lavínia, uma garotinha de 11 anos de idade que mais do que tudo, quer se tornar uma médica como seu pai e ajudar as pessoas. Porém, ela nasceu em uma época em que mulheres não tinham esse direito, mas ao descobrir a habilidade de retirar pesadelos das pessoas, viu uma oportunidade de praticar o seu dom. Mas será que os pesadelos não existem por uma razão?
  • O gafanhoto conta a história de Edvard, um trabalhador norueguês que se muda para os Estados Unidos e compra uma fazenda e seu filho Ollie. Edvard não é um pai amoroso e coloca a fazenda em primeiro lugar. Porém, um dia, sua falta de demonstração de amor por Ollie, faz com que o garotinho se transforme em um gafanhoto e uma longa jornada de aprendizado sobre o que é importante na vida se desenvolve;
  • O garoto que podia controlar o mar conta a história de Fergus, um jovem que percebe que seus poderes são uma benção e uma maldição ao mesmo tempo. Ou seria melhor dizer que as pessoas ao seu redor, que se aproveitam de suas habilidades é que seriam o problema?
  • A história de Cuthbert já é uma história conhecida pelos fãs das crianças peculiares. Conta a história do gigante Cuthbert, que para salvar os animais peculiares dos caçadores, os colocava no alto de uma colina distante, até que um dia, uma bruxa o transforma em pedra e é ele quem precisa de ajuda.

Todos os contos apresentam lições importantes sobre o comportamento humano, como a inveja, a solidão e o amor. Apesar da maioria delas não ter um final feliz, cada uma tem um toque especial que a torna inesquecível. 

Em relação ao trabalho editorial, ele está simplesmente impecável. Internamente, o livro é cheio de detalhes em dourado, imagens fabulosas e uma edição de tirar o fôlego!

ISBN-13: 9788551000533
ISBN-10: 8551000535
Ano: 2016
Páginas: 208
Idioma: português
Editora: Intrínseca
Skoob: clique aqui
Avaliação: 5/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *