23outubro2016

[Resenha] A Protegida – Bia Braz

resenha-a-protegida-viaje
A Protegida é o primeiro contato que tenho com a escrita da autora nacional Bia Braz, não se assustem pelo tamanho do livro e venham conferir a minha opinião sobre a leitura!

2

Sinopse

O atentado no trem de Londres em 2005 marcou a sociedade inglesa. Anos se passaram, e o receio de novos ataques mantém o país em cautela. Todos os dias, novos idealistas são recrutados para integrar essa ameaça invisível ao mundo. Em meio à dor e à tentativa de continuar a viver após as perdas, pessoas diferentes têm seus caminhos cruzados. Lisy teve seu nome mudado e adotou uma nova identidade para fugir de ameaças, comprometendo-se a uma vida com regras mais rígidas e menos liberdade, porém segura. Katzen é uma jovem inconformada com prisões impostas, então em atos de rebeldia, abandona a proteção e diverte-se anonimamente em festas de um clube, tentando viver intensamente essa liberdade roubada. Torna-se objeto de desejo de um famoso jogador de futebol da cidade. E, disposta a viver o momento, entra nesse romance quente sem exigir nada de volta, guardando para si suas expectativas e emoções. Kat só não contava que o desprendido “pegador”  não a permitisse mais sair de sua vida e complicasse seu ordenado esquema de segurança física e emocional. Brilhante esportista e estudante de Ciências Nucleares, Nicholas Spencer vê seus mundos entrarem em conflito ao envolver-se com a enigmática ruiva Kat, que aparece e desaparece do seu mundo misteriosamente, e ao desenvolver amizade com Lisy, que de um modo sutil passa a integrar seu mundo e torna-se necessária nele. O arrogante e superior jogador enreda-se num mundo de intrigas, ameaças, preconceito, violência e perigo ao envolver-se com mulheres que o atrai de maneiras diferentes, mas lhe são inalcançáveis. O quanto um homem é capaz de dividir-se? Sedutor, fascinante e cheio de reviravoltas, A Protegida irá despertar emoções de sorrisos a revolta no leitor, também é garantia de muito romance, entrega e companheirismo.

Onde comprar?

Editora | Amazon

Minha opinião:

Dividida em três partes, a obra caracteriza-se com temas atraentes e bem dispostos na trama. Religião, preconceito, polêmica e atualidades são retratados de forma espontânea e concisa, dando ao leitor a percepção de estar diante de um filme instigante e repleto de mistérios.
Nicholas Spencer é um famoso jogador de futebol, carinhosamente chamado de “Lyon”, “Leãozinho”, não somente pela sua personalidade autêntica e dominadora, mas também, pelo seu nome. Sua vida no campo e nas baladas tem uma reviravolta quando conhece Kat.
Kat aparece e some misteriosamente, na mesma proporção. Linda, exuberante e também cheia de personalidade atrai tanto Spencer, tanto quanto seu irmão que, infelizmente tem um vício cruel em drogas. Entre conversas e defesas pessoais, ele aparece na vida dela e ambos são atraídos magneticamente para o campo do outro. No entanto, ela não está sempre disposta e assim como surgiu, tem a mesma facilidade de desaparecer, deixando o leãozinho com o coração na mão.
Ninguém escolhe estar só. Ficamos sozinhos até aparecer alguém que valha a pena.
Contudo, o campo acadêmico está cheio de novidades, uma delas é uma novata que parece estar sofrendo bastante preconceito. Com sua burca e vestes especiais, Lisy não mantém contato com ninguém, tampouco parece querer se socializar. É guiada ao campus por seu segurança e teve a sorte de cair nas garras de Nicholas, que parece sentir certo apreço? Pena? Nem ele está certo sobre seus sentimentos por ela.
Ora no campo, ora na faculdade, Spencer sente desejo ardente por Kat, carinho e amizade por Lisy, mas essas garotas estão cheias de problemas e dificuldades dos quais dependem suas vidas.
O amor supera barreiras, é um crescimento contínuo. Não é um sentimento de pessoas perfeitas, mas com ele, somos levados à perfeição.
Mesclando romance, sedução em uma narrativa envolvente e instigante, Bia Braz escreve uma história nova para mim, não tinha lido nenhum romance que já tivesse mencionado ou usasse como tema: futebol, atentados, religiões muçulmanas e outros temas bastantes atuais e que são retratados muito bem.
A capa é linda, a diagramação e divisão da obra também, exceto por alguns erros de grafia e/ou digitação, A Protegida é um romance que me conquistou pela maneira que me entreteve e proporcionou belas reflexões durante a leitura.

Título: A Protegida
Autora: Bia Braz
Editora: Arwen
Páginas: 705
Lançamento: 2016
Skoob: Clique Aqui

Categorias:Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Cauã Lucas Pina De Oliveira outubro 25, 2016

    Gosto de ler para meus amigos e queria esse livro para ler para ele, Gosto muito de ler,Eu ajudo a professora da biblioteca eu leia historia para ela e depois ela manda eu ler para os meus amigo e queria esse livro porque eu sou um mediado da biblioteca !