12setembro2016

[Resenha] Soul Rebel – Reviravolta – Soul Rebel # 1 – Kimberly Mascarenhas

 

soul-rebel-reviravolta-soul-rebel-1-kimberly-mascarenhas-viaje-na-leitura

Sinopse – Reviravolta é o primeiro volume da série “Soul Rebel”, grande fenômeno da internet. Cassidy, a protagonista desta história, é uma jovem tímida, mas muito forte e decidida. A certa altura, depois de alguns acontecimentos inesperados em sua vida, Caissy conhecerá Mason, um cara lindo e sexy, mas com fama de perigoso. E uma atração inevitável entre eles vira o combustível de uma paixão conturbada. Cheia de dúvidas e conflitos internos, ela decide se entregar à paixão e correr todos os riscos, sem saber que se relacionar com ele talvez signifique colocar a própria vida em jogo. Com muita emoção, desejo e ação, Reviravolta conquista o leitor de imediato e o deixa contando as horas para ler toda a trilogia.

O livro é narrado em primeira pessoa e dividido em duas partes. A primeira parte foca em Cassidy e a segunda em Cassidy e Mason. Cassidy é uma adolescente de 17 anos de idade que vive em um colégio interno católico pois sua mãe está internada em um hospital psiquiátrico e o seu pai sumiu após isso. A única coisa que ele faz é pagar a estadia da filha, mas não a visita ou até mesmo faz uma aparição em todo o livro.

Acontece que Cassidy e sua melhor amiga Claire aprontam muito, pois aprenderam como escapulir do colégio à noite para ir as baladas e se divertir. Enquanto os dias vão passando, Cassidy recebe uma notícia arrebatadora: sua mãe faleceu! E de repente ela é tirada do colégio por Deborah, uma amiga da mãe, para ir morar com ela e com o filho Mason. Mason não recebe Cassidy de braços abertos em sua casa e faz questão de deixar todos cientes disso. 

Cassidy sofre algumas situações extremas que acabam aproximando ela de Mason, mesmo o rapaz não querendo. O seu desdém e grosseria, além do mistério ao redor de suas atividades vão cada vez mais atraindo a adolescente e os dois começam a ter um relacionamento intenso.

“Soul Rebel” é uma obra que na minha opinião, deixou a desejar em alguns pontos. Primeiramente, o aparecimento repentino de Deborah e a sua necessidade de conseguir a guarda de Cassidy. Algumas situações colocam Cassidy no hospital mais de uma vez e não observamos o Serviço Social intervir a nenhum momento. Outro detalhe: Cassidy chora a morte da mãe mas em nenhum instante exige ver onde foi enterrada ou seus pertences que estavam no hospital psiquiátrico. Mas o que realmente incomodou durante a leitura foi a velocidade com que tudo aconteceu. Em menos de 72 horas, Cassidy perde a mãe, muda-se para uma casa nova, sofre um ataque e ainda faz sexo. É tudo muito rápido e não tive tempo para digerir os acontecimentos. Porém, para Cassidy parecia mais um dia comum em sua vida.

Deborah, mãe de Mason, é uma personagem maleável demais pelo filho e que não se impõe em momento algum. Cassidy parece uma garota deslumbrada, que aguenta todos os desaforos para ficar perto do carinha por quem está interessada. Mason é frustrante. Uma hora está de bom humor, na outra destrata as pessoas ao seu redor e no final das contas, só faz o que lhe convêm, ignorando os sentimentos alheios. Brian acaba se tornando um irmão para Cassidy e ao mesmo tempo, um desafeto de Mason. Os dois tem muitos problemas do passado para resolver. Nate, Chris e Dylan, os últimos membros do grupo, são os personagens que trazem mais leveza as conversas, sempre inserindo brincadeiras ou comentários fora de hora.

Em contrapartida, achei interessante o que Mason e o seu grupo realizam. A “profissão” deles é algo que tem muito potencial na trama e pode render ainda várias histórias. 

E o que seria da trama se não tivesse uma arqui-inimiga para Cassidy? Alexia é a ex de Mason que faz questão de trazer confusão e caos na vida dos protagonistas.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho.  

Vale ressaltar que essa foi a minha impressão do livro. Talvez durante a leitura, vocês tenham outra perspectiva da obra.

Informações Técnicas
ISBN-13: 9788544103838
ISBN-10: 8544103839
Ano: 2016
Páginas: 400
Idioma: português
Editora: LeYa
Skoob: clique aqui
Avaliação: 2/5

Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Gi julho 24, 2017

    Eu sou fã da trilogia desde 2014 quando era uma fanfic! E digo uma coisa: a fanfic é mil vezes melhor, sabe? mesmo a autora estando nos seus 15 anos quando estava escrevendo e a gramática seja ruim… eu digo mano, é a melhor essência da história, teve partes que suas dúvidas aí seriam sessadas… ah, olha, eu prefiro mil vezes a fanfic.
    Ps: como uma fã nata, confesso que amei o livro SIM. Passou boa e as principais partes da essência de Soul Rebel para o papel, mas, a primeira versão é simplesmente MA-RA-VI-LHO-SA sem contar que a 2 e 3 temporada tem ação pra caralho!