01setembro2016

[Resenha] O Livro De Memórias – Lara Avery

55105_gg

Sinopse – Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível. E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença genética que aos poucos vai apagar sua memória e acabar com sua saúde física. Ela só precisa de um novo plano. É assim que Sammie começa a escrever o livro de memórias: anotações para ela mesma poder ler no futuro e jamais esquecer. Ali, a garota registra cada detalhe de seu primeiro encontro perfeito com Stuart, um jovem escritor por quem sempre foi apaixonada, e admite o quanto sente falta de Cooper, seu melhor amigo de infância de quem acabou se afastando. Porém, mesmo com esse registro diário, manter suas lembranças e conquistar seus sonhos pode ser mais difícil do que ela esperava.

Lara Avery consegue mais uma vez emocionar os leitores. A trama é narrada em primeira pessoa por Sammie, uma jovem inteligente e determinada a ter um futuro brilhante, que se esforça arduamente para realizar seus sonhos. Só que ela não esperava que o próprio corpo a traísse. Sammie tem a doença de Niemann-Pick tipo C, que em suas próprias palavras, é um tipo de demência. Isso significa que conforme a doença for progredindo, ela vai ter problemas sérios de memória e até mesmo realizar as tarefas mais simples do cotidiano vai se tornar extremamente difícil.

“A Niemann-Pick (são três tipos – A, B e C – e eu tenho o C, comumente chamado de NP-C, o único C que já recebi, ha-ha-ha) acontece quando o tipo errado de colesterol se acumula no fígado e no baço e, como consequência, ocasiona uma série de obstruções no cérebro. O acúmulo atrapalha a cognição, a função motora, a memória, o metabolismo – tudo e mais um pouco”. (p. 11)

E a partir desse diagnóstico e o profundo medo de perder a si mesmo que Sammie decide escrever seu livro de memórias, para que a Sammie do futuro o consulte quando a situação complicar. Sammie é uma personagem apaixonante. Sua garra e determinação para lutar contra essa doença, sua tenacidade em tentar explorar alternativas que permitam que ela consiga mais tempo sendo ela mesmo, é emocionante!

“Eu conseguia lidar com a parte da saúde, mas não tire o meu futuro. Meu futuro tinha sido tão bem planejado às custas de muito trabalho. Eu me esforcei durante anos para entrar na NYU e agora estava na reta final”. (p. 15)

Sammie vai passando por várias etapas da doença enquanto segue com o seu cotidiano. Suas frustrações por conta das limitações são emocionantes e muito reais. Imaginem ser uma adolescente e ter que passar por algo assim? Enquanto ela está se descobrindo como pessoa, como mulher e como funciona o mundo, seus sentimentos vão sendo explorados em seu livro de memórias, inclusive seus sentimentos sobre as pessoas ao seu redor, como Stuart e Cooper.

A delicadeza da escrita de Lara Avery complementa de forma incrível o enredo, que deixa o leitor totalmente emocionado e conectado com Sammie.

Como recebemos uma prova do livro, não é possível comentar as impressões sobre o trabalho editorial realizado.

ISBN-13: 9788555340178
ISBN-10: 8555340179
Ano: 2016
Páginas: 392
Idioma: português
Editora: Seguinte
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5

Categorias:Resenhas
Carol Durães
Carol Durães

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *