19novembro2015

[Resenha] Volta ao Lar & Cowboy em Manhattan – Barbara Dunlop

Sinopse:  Volta ao Lar                                           Caleb, a ovelha negra da
família Terrell, volta ao Colorado para receber uma herança inesperada. Mas
isso não quer dizer que o ex-cowboy e agora CEO ficará por muito tempo. Seu
plano é vender o rancho da família e retornar à sua vida normal… Até
reencontrar Mandy Jacobs, a linda vizinha da casa ao lado. Estar perto dela
trazia memórias de uma época mais feliz. Embora não houvesse espaço em sua vida
para esse tipo de distração, ignorá-la era impossível. E uma vez rendido à
paixão, não poderá voltar atrás.                 Cowboy em Manhattan                                     Ele é a definição de homem
do Colorado. E depois de uma inesperada reunião de família, Reed Terrell virou
um milionário. Mas o que realmente assusta esse criador de gado é a atração que
ele sente por Katrina Jacobs. Reed ama sua vida simples de cowboy, e não
consegue nem pensar em morar numa grande cidade. Já Katrina é o oposto. O clima
do campo não era para ela. Com a paixão à flor da pele, poderia Reed renegar
suas origens para se entregar a esse amor? Ou deixaria a mulher de seus sonhos
escapar?

Olá viajantes! Hoje vim falar sobre o primeiro livro da série Barões da Paixão. Ele possui duas histórias da autora Barbara Dunlop que giram em torno das famílias Terrell e Jacobs.

Em Volta ao Lar, conhecemos Caleb Terrell, um homem de negócios que retorna a sua antiga cidade para receber uma herança. Mas essa era a última coisa que ele gostaria de fazer, voltar para um lugar que tanto sofreu e se viu obrigado a fugir. Porém, ele reencontra sua antiga vizinha Mandy Jacobs e começa a descobrir que é possível ter boas lembranças de sua cidade natal.
“Ela lhe pareceu vagamente familiar. Ao menos, de jeans desbotado e botas marrons surradas, ela parecia alguém que Caleb gostaria de conhecer.” Página 10
Eu gostei da história. Tem os seus clichês e aquele romance rápido e avassalador que é comum dos livros de banca, e o casal é o típico “opostos se atraem”. Mesmo que Caleb tenha passado sua infância e grande parte da adolescência do mesmo modo que Mandy, agora ele é um homem de negócios da cidade grande, e encontra muitas diferenças no modo de vida dos dois. Mandy é uma personagem muito cativante. Ela é teimosa, decidida e não se importa nem um pouco em sujar as mãos para trabalhar. Com uma boa vida perto da família, ela não quer sair de onde está. E são esses empecilhos que podem atrapalhar o romance do casal.
Já em Cowboy em Manhattan, temos Reed, o irmão gêmeo de Caleb e seu completo oposto. Ele é o cowboy que ficou no Colorado com o pai, enquanto Caleb foi para cidade. Quando Katrina Jacobs, irmã mais nova de Mandy, aparece para visitar a família, os dois se sentem atraídos. Mas um caso pode atrapalhar o casamento de seus irmãos… Como resistir a isso?
“[…] ele estava deslumbrado com Katrina. Isso não significava que ele precisava fazer algo a respeito, muito menos que teria sucesso se tentasse. Tudo dizia que ela era demais para ele, desde o sofisticado coque que prendia o cabelo louro-escuro até as sensuais botas, a calça justa e a blusa brilhante. Página 162
Aqui também temos a situação “opostos se atraem”, só que invertido. Katrina morou até os 10 anos com a família, e por se sentir  desconfortável no ambiente da fazenda cercada de poeira, cavalos e galinhas, foi morar com a tia em Nova Iorque, se tornando uma famosa dançarina. Ela não gostaria de voltar mais para o Colorado, pois não se encaixa na família e tem medo do pai. Só que ao reencontrar Reed, começa repensar toda sua vida.
O que eu mais gostei do livro foi a amarração das duas histórias. Como elas se complementam, tive a chance de conviver mais com as famílias. Além disso, as histórias de fundo com os personagens secundários também foram exploradas, e eles não foram esquecidos. O único problema foi a falta de interação entre Katrina e o pai que ela possui dificuldade de convivência. Na história dela, tanto a mãe quanto o pai não estavam presentes e os problemas não foram resolvidos. 
Existem mais livros com os outros integrantes da família Jacobs, e eu estou super curiosa para ler o/

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • RUDYNALVA novembro 27, 2015

    Andressa!
    Amo esses livros de banca e aqui com cowboy e tudo o mais, nossa!
    Quero ler todos da família Jacobs.
    “Sem a música, a vida seria um erro.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!