08novembro2015

[Resenha] Caminhos da Sedução – Diana Palmer

Sinopse: Anna Cochran sempre foi completamente apaixonada por Evan Tremayne. Mas o cowboy cabeça-dura só pensava em protegê-la dos outros homens da cidade. Anna passou anos esperando que ele tomasse uma iniciativa, porém Evan lutava contra seus verdadeiros sentimentos por ela. Dependia de Anna conquistá-lo. E ela logo faria Evan perceber que não era tão inocente quando ele pensava.

Anna é uma jovem de 19 anos que sempre perseguiu Evan pela cidade. Apaixonada, inventa desculpas e bola planos mirabolantes, sempre tentando uma chance de esbarrar com o cowboy. Mas quando ele deixa claro que não quer ela, Anna decide se afastar.
“Ele a queria fora da sua vida, portanto decidiria ajudá-lo. Era o mínimo que poderia fazer, depois de tê-lo infernizado por dois anos.” pág 45

Diana Palmer é uma autora de romances de banca muito conhecida, mas eu não tinha lido nada dela ainda. Infelizmente minha primeira leitura não foi uma boa experiência. A autora escreve bem, mas a história e os personagens criados em “Caminhos da Sedução” me decepcionaram. 
Anna é uma jovem que aparentemente é audaciosa e busca de todas as formas mostrar a Evan que ela o ama. Mas com o decorrer da leitura, se mostra muito insegura, e acaba tomando decisões horríveis para esquecer seu amor. Decisões essas que podem tornar sua vida infeliz. E o motivo do afastamento de Evan é algo extremamente bobo e mal explicado. Gostaria muito de falar mais sobre isso, mas seria um spoiler.
As cenas do casal também não me convenceram, não achei romântico, ou me empolguei torcendo para um final feliz. Sabe quando tudo está errado e você apenas se pergunta porque a autora fez isso e o que ela estava pensando? A leitura foi arrastada, parecia que existia 500 páginas, nunca conseguia terminar.
E existem muitas contradições. No início, quando são apresentados os personagens, a mãe de Ana é descrita como uma pessoa que vive apenas para o trabalho, abandonando a filha e não prestando atenção nela. Mas observamos que elas são sim amigas, se cuidam e se preocupam uma com outra. Isso foi algo que eu realmente não entendi.
Já ouvi muitas recomendações da autora, vou procurar ler outras coisas dela, quem sabe eu gosto.
Edição: 1
Editora: Harlequin Books
Ano: 2014
Páginas: 256
Skoob: clique aqui
Avaliação: 1/5

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • RUDYNALVA novembro 9, 2015

    Andressa!
    Uma pena que não tenha sido um boa experiência literária da autora, porque os livros dela realmente são muito bons, protagonistas bem definidos, enredo interessante e um romance sempre intenso.
    Boa sorte na próxima leitura dela.
    cheirinos
    Rudy