05junho2015

[Divulgação] Lançamentos de Junho da Editora Rocco

Lançamento Fantástica Rocco:
Por um toque de ouro (Trindade Leprechaun #1), de Carolina Munhóz – Depois do bem-sucedido O Reino das vozes que não se calam – criado em parceria com a atriz Sophia Abrahão e desde o lançamento na lista dos mais vendidos de ficção nacional da Nielsen – a escritora Carolina Munhóz apresenta Por um toque de ouro, que abre a Trindade Leprechaun, sua primeira trilogia, inspirada nas lendas irlandesas. Ambientado na Dublin contemporânea e protagonizado por uma jovem ligada ao mundo fashion que descobre ser herdeira de uma rara linhagem de seres mágicos considerados guardiões de potes de ouro, Por um toque de ouro é um romance de fantasia urbano e contemporâneo. [Leia +]
 Leia no blog: Como surgiu por um toque de ouro, por Carolina Munhóz.
Lançamentos Rocco Jovens Leitores:
O enigma do pássaro de fogo (Decifradores #1), de H. L. Dennis – Brodie Bray sempre se sentiu um pouco deslocada, até que um convite com uma mensagem cifrada chega pelo correio. Escolhida para participar de uma equipe de decifradores desafiada a desvendar o ancestral e enigmático Manuscrito Voynich, a garota vai para uma nova escola e ganha novos amigos. Mas também se vê envolvida numa trama de mistério e perigos, afinal, há alguém capaz de tudo para impedir que Brodie e seus amigos decifrem o código. O enigma do pássaro de fogo é o primeiro livro da serie Decifradores, da britânica H. L. Dennis. Repleto de ação e segredos, o romance é perfeito para aqueles que gostam de desafiar a lógica, tanto quanto a imaginação. Uma estreia arrebatadora para uma série que veio para ficar. [Leia +]
O cachorro e seu menino, de Eva Ibotson – Autora de títulos já considerados clássicos da literatura infantojuvenil, a austríaca Eva Ibotson repete as doses de talento e encanto que marcam seus romances em O cachorro e seu menino. O livro – cujas últimas provas foram revisadas pela autora pouco antes de sua morte, em 2010, aos 85 anos – conta a história de Hal, um “pobre menino rico” cujo maior sonho é ter um cachorro. Em seu aniversário de 10 anos, ele finalmente realiza seu desejo, que atende pelo nome de Pintado, um simpático Tottenham Terrier com uma pinta dourada no olho esquerdo. Hal só não imaginava que Pintado fora alugado por seus pais por um fim de semana apenas. Disposto a tudo para não se separar mais de seu melhor amigo, o garoto resolve resgatar Pintado e embarca numa emocionante e divertida aventura. [Leia +]
Feitiço (Wicked  #4), de Nancy Holder & Debbie Viguié – Desde que descobriu ser a mais nova de uma linhagem de bruxas, a antiga Confraria das Cahors, a vida de Holly Cathers passou por muitas mudanças. E não seria para menos. Sua família vivia há séculos uma rixa com outra confraria de bruxos, os Deveraux, e ela acabou se envolvendo justamente com um deles, o jovem Jer. Depois de BruxariaMaldição e Legado, em Feitiço, o quarto livro da série Wicked, Holly terá que enfrentar o líder dos Deveraux, o perigoso Michael. Se ela já salvou a vida de Jer no passado, agora é a vez de o rapaz resgatar sua alma gêmea. Contudo, um novo bruxo chega à cidade. Será que o futuro de Holly está a salvo? [Leia +]
Lançamentos da Rocco Pequenos Leitores
Flávia e o bolo de chocolate, de Míriam Leitão – Em meio aos questionamentos da pequena Flávia sobre a sua pele marrom – tão diferente da pele branquinha da mãe –, a premiada jornalista Míriam Leitão aborda temas delicados como adoção e questões raciais de forma sensível e lúdica para os pequenos. Com belas ilustrações de Bruna Assis Brasil, a autora, ganhadora do Prêmio FNLIJ 2014 na categoria Escritor Revelação por seu livro infantil de estreia, A perigosa vida dos passarinhos pequenos, mostra que o mundo é feito de diferentes cores, pessoas e sabores. E que é justamente isso que o torna tão rico. Flávia e o bolo de chocolate é o terceiro livro infantil de Míriam Leitão, autora também de A menina de nome enfeitado[Leia +]
Lançamentos Rocco:
Vidas reinventadas, de Boris Fishman – Aclamado pela crítica, o romance de estreia de Boris Fishman conta a história de Slava Gelman, jornalista frustrado e aspirante a escritor que vive em Nova York. Descendente de judeus russos, Slava nunca se interessou pelo passado de sua família, até encontrar um formulário recebido por sua avó, dois dias antes de morrer, em que sobreviventes do Holocausto deveriam relatar suas histórias a fim de receberem uma compensação do governo alemão. A princípio relutante, Slava resolve escrever um relato em nome do avô, e em seguida começa a escrever para toda uma comunidade de velhos imigrantes judeus, entrando de cabeça em um turbilhão de histórias – inventadas – sobre o Holocausto, ao mesmo tempo em que se reconecta com suas origens. Com uma narrativa elegante e irônica, Boris Fishman reflete sobre justiça, história e as fronteiras entre verdade e ficção. [Leia +]
Cozinha à prova de ratos, de Saira Shah – Ganhadora de três prêmios Emmy, a britânica Saira Shah dirigiu, entre outros, o documentário Por baixo do véu, sobre o regime Talibã no Afeganistão. Sua estreia na ficção, no entanto, nada tem a ver com a agitada vida de repórter e documentarista em áreas de guerra. Em Cozinha à prova de ratos, Shah conta a história de Anna e Tobias, uma chef de cozinha e um músico que veem seus planos de uma vida idílica no sul da França desmoronarem em meio a um velho casarão infestado de roedores e a uma notícia devastadora: sua filha recém-nascida veio ao mundo com uma grave malformação cerebral. Com franqueza e sensibilidade, a autora constrói um romance pungente, inspirado na sua experiência de tornar-se mãe de uma criança com necessidades especiais, sobre a imprevisibilidade da vida. [Leia +]
Palavras cruzadas, de Guiomar de Grammont – “A memória encontra aquilo que busca.” Ditadura, tortura e desaparecidos políticos são temas difíceis ao país e a milhares de famílias brasileiras. Trabalhos científicos e jornalísticos não dão conta do quanto a memória precisa trabalhar para enfatizar, expurgar, desabafar. Em seu novo romance, Guiomar de Grammont dá vida a Sofia, jornalista que tenta reconstruir a vida buscando notícias do irmão que se envolveu na Guerrilha do Araguaia. A narrativa é tecida através dos relatos históricos de desaparecidos políticos, mas também sensível, literária, ao acompanhar as divagações da protagonista em sua busca pela história do irmão. Com Palavras cruzadas, Sofia e Guiomar alcançam o que suas memórias buscam. E o leitor tem mais um Brasil para desbravar. [Leia +]
Entre leitor e autor, de Affonso Romano de Sant’Anna – Um livro de memórias e uma obra sobre leitura e o exercício da criação literária. Nas saborosas crônicas que compõem Entre leitor e autor, o poeta, cronista, ensaísta, escritor e professor Affonso Romano de Sant’Anna revê seu percurso enquanto leitor e escritor desde a juventude e relembra episódios com autores como Manuel Bandeira, Octavio Paz, Michel Foucault, Fernando Sabino, Clarice Lispector, Elizabeth Bishop, entre outros. Um livro imperdível para aspirantes a escritor – que encontrarão muitas sugestões francas e reflexões necessárias sobre a relação simbiótica entre leitura e escrita e as inquietudes do ofício –, mas também para fãs de crônicas, livros de memórias e todos que queiram conhecer melhor o pensamento e as histórias de um dos mais prolíficos autores brasileiros da atualidade. [Leia +]
Lançamentos do selo Fábrica231
Eu, você e a garota que vai morrer, de Jesse Andrews –  Livro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível[Leia +]
Um romance grego, de Yvette Manassis Corporon – Era na encantadora Erikousa que Daphne costumava passar as férias na infância e na adolescência. Agora, adulta, viúva e prestes a se casar novamente, a renomada chef deixa a agitada vida em Nova York e retorna à pequena ilha grega para cuidar dos preparativos do casamento, a ser realizado em duas semanas. Filha de imigrantes que foram buscar uma vida melhor nos Estados Unidos, aos poucos Daphne se entrega à vida tranquila do lugar, regada a almoços servidos sob a oliveira no pátio da casa da avó. O contato com velhos conhecidos, suas lembranças dos verões passados na ilha e as visitas de Yianni, um pescador quarentão misterioso, levam Daphne a conhecer segredos nunca imaginados sobre sua família e conduzem a trama a um desfecho surpreendente. [Leia +]
Minha sexlist – Um ano, uma mulher solteira, dez desafios muito indecentes, de Joanna Bolouri –  Esqueça a tradicional lista com resoluções de início de ano do tipo parar de fumar, entrar na academia, arrumar um novo emprego e embarque com Phoebe Henderson num desafio bem mais ousado e original. Depois de flagrar o ex com outra, a protagonista de Minha sexlist inova em suas promessas de ano novo e estabelece a meta de realizar dez desafios sexuais em um ano. Entre tentativas e erros envolvendo desde o bonitão do escritório ao melhor amigo, Phoebe percebe, do alto de seus 32 anos, que pôr o plano em prática não é das tarefas mais fáceis, e registra suas descobertas, alegrias e frustrações nessa espécie de diário sexy franco e bem-humorado. [Leia +]
Lançamento do selo Bicicleta Amarela:
O obstáculo é o caminho – A arte de transformar provações em triunfo, de Ryan Holiday – O que impede a ação favorece a ação. O que fica no caminho torna-se o caminho. As palavras do imperador Marco Aurélio, conhecido hoje como o último dos Cinco Bons Imperadores, são o ponto de partida para o livro de Ryan Holiday, que visa a ajudar o leitor, mais do que superar os problemas do cotidiano, a “virá-los de cabeça para baixo” e transformá-los em oportunidades. Discípulo de Robert Greene, autor do bestseller As 48 leis do poder, executivo e consultor da área de marketing, Holiday buscou inspiração nos ensinamentos de grandes líderes desde o Império Romano para mostrar como tirar proveito das adversidades em qualquer área da vida – pessoal, profissional, financeira – e tornar-se uma pessoa melhor, realizada e bem-sucedida.

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Emanoelle Souza junho 6, 2015

    só tem livro bom, queria todos mais vou me contentar só com alguns, adorei os lançamentos

  • Any junho 6, 2015

    Oi, Carol!
    Gostei bastante da sinopse de Por um toque de ouro, gosto de livros de fantasia e a história parece envolvente. A capa tá linda!
    Bjos!