21maio2015

[Resenha] O Garoto dos Olhos Azuis – Raiza Varella

Sinopse
O Garoto dos Olhos Azuis – O príncipe encantado existe?

Bárbara é
linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de
casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um:
percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém,
contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a
vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a
viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de
Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção
amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua
memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma
vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e
uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia
de Raiza Varella.

Minha opinião

Tive o prazer de ler O Garoto dos Olhos Azuis antes dele ser lançado. Esperei ele chegar aqui em casa e reler para resenhá-lo dignamente! 
Quem me conhece sabe o quanto sou apaixonada por chick-lit, entre outros romances em geral, então poderiam me considerar suspeita para comentar sobre este romance. Mas, garanto que, se você está precisando de uma leitura leve, engraçada, descontraída e com aquele toque de conto de fadas moderno, esse é o livro que eu te recomendo hoje!
Confesso que no começo não gostei muito da Bárbara. Ela era um pouco impulsiva e imatura. Mas, essa jovem advogada, conquistou minha credibilidade e aos poucos ela foi amadurecendo e sem perceber ela me divertia e eu torcia por ela. Pelo seu final feliz.
“Querida, o cavalo branco só passa uma vez na vida, se você deixá-lo escapar não terá outra chance” Pois é vovó, eu levei um coice. MUITO OBRIGADA!
Ian é médico, atraente e inteligente. Nunca havia se apaixonado, até o dia em que conheceu Bárbara. Carinhoso e romântico. Um verdadeiro príncipe encantado.
Como Bárbara teve grandes decepções, acredita que jamais poderá se apaixonar novamente como quando ainda era uma garota e se apaixonou pelo lindo garoto de olhos azuis, então o destino os separou. Com os recentes acontecimentos e situações, exigiram uma mudança radical e esta mudança é a chave da felicidade Bárbara. 
“Vamos analisar a situação. O cara não é só bonito. Ele tem aquele tipo de beleza do qual as pessoas têm até medo. Não é saudável ser tão atraente. Mas os olhos… Os olhos foram os que me prenderam… Azuis, da cor do céu.”
Os leitores irão se divertir com as diversas situações, mas também se emocionar! Clichê? Pode até ser, mas esse romance nacional merece cinco estrelas porque ele atingiu as expectativas que eu esperava dele, a releitura foi ainda melhor. Incrivelmente fofo!
É um livro voltado para o público juvenil e jovem adulto que possui uma linguagem concisa, podendo ser considerado um chick-lit envolvente e divertido. A narrativa também é bastante envolvente e tão descontraída, que não me surpreenderei se você me disser depois que passou a madrugada lendo!
Boa leitura!
(Editora Pandorga, 2015. Romance, Chick-Lit.352 páginas)

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Lissandro Lima maio 21, 2015

    QUE CAPA MAIS LINDINHA *——————-*
    Nossa! Sacanagem fazer isso com moça justamente no casamento
    Quero saber mais sobre o livro, está na minha lista de desejados

  • Any maio 21, 2015

    Oi, Thaís!
    Quanto mais resenhas leio desse livro mais tenho vontade de o ler! História envolvente, apaixonante, leve e descontraída é pra mim! Sem falar no conto de fadas moderno! Não me importo se é chick-lit, tendo uma encantadora história de amor é o que importa pra mim! Que bom que a Bárbara amadureceu porque não gosto de personagens imaturos!
    Bjos!

  • Luis Carlos maio 23, 2015

    Ler um livro antes dele ser lançado deve ser uma maravilha, né? hahahah Eu não costumo ler livros desse gênero, mas vi que ele é bem envolvente, e isso fez com que eu me interessasse em lê-lo!

  • Joιѕ Duarte maio 26, 2015

    Não tenho por costume ler livros nacionais, mas fico gratamente surpresa quando venho aqui e encontro livros assim, com capas lindas e enredos que não ficam devendo em nada ao de qlqr livro conhecido. A capa tem algo de místico, o que é perfeito pro clima de príncipe encantado.

  • Emanoelle Souza maio 29, 2015

    ai que resenha linda, e a capa mais ainda,ja tinha ouvido falar desse livro mais nao tinha lido uma resenha ainda e, o personagem principal masculino, já gostei dele e depois que eu li o livro Perdida da Carina, Ian nao é mais um nome comum pra mim.

  • Carol K maio 29, 2015

    Eu adoro chick-lits e esse parece ser ótimo!
    A capa é muito linda e deve ser bem legal poder ler um livro antes de ser lançado, você sabe a história antes de todos u.u
    beijinhos :*

  • BRUNO VALERIO maio 29, 2015

    Adorei a resenha e o livro. Gostei muito do fato de você ter lido ele antes mesmo do livro ter sido lançado, muita moral hehehe.
    Achei a letra da autora linda, muito linda mesmo.

  • Suzzy Chiu maio 31, 2015

    Hello!
    Adoro um chick-lit e pela capa nao suspeitaria que se tratava de um!
    Achei maravilhosa a capa, mto fofa!
    Romance é comigo mesmo e nao ligo se é clichê, adoro essas que a moça sofre mtooo, mas no final da super certo para ela. =)
    Esse livro vi ótimas resenhas positivas em outros blogs e já está nos meus desejos para comprar em junho.
    Otima recomendação.
    Bjus.

  • RUDYNALVA junho 1, 2015

    Thaís!
    Chick lit é comigo mesma porque podemos dar boas risadas e acompanhar todo drama porque passa a protagonista.
    Deve ser uma leitura bem agradável mesmo e ainda mais de uma autora nacional, nada melhor, né?
    “Os homens não desejam aquilo que fazem, mas os objetivos que os levam a fazer aquilo que fazem.”(Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/