28fevereiro2015

[Resenha] Quando um homem ama uma mulher – A história que deu origem à família – Sullivan Os Sullivans # 10 – Bella Andre

Sinopse – Os olhos de Jack estavam mais negros, até mesmo mais intensos, do que ela se lembrava conforme ele caminhava em sua direção. Ela se esforçou para suas pernas não tremerem, e para não sair correndo direto para os braços dele.”
Para Mary Sullivan, reunir-se com os oito filhos, genros, noras e netos no chalé do Lago Tahoe é sempre um motivo de alegria. Cada um dos objetos que decoram a casa traz consigo um turbilhão de lembranças, todas elas guardadas com muito carinho em seu coração.Ao acender a lareira em mais uma noite de inverno, Mary imediatamente volta aos dias do início do seu tórrido romance com Jack, vivenciando novamente o amor que mudaria a sua vida para sempre.
Minha opinião – Após conhecer todos os filhos incríveis de Mary e Jack, a ansiedade para conhecer a história de seus pais era imensa. O livro é narrado em terceira pessoa, e começa com Mary montando a árvore de natal da família no chale do Lago Tahoe. Cada enfeite pendurado a lembra seus filhos, até chegar a um enfeite especial, que a faz relembrar a história dela com Jack.
A história dos dois se passa nos anos 70 em São Francisco. Mary é uma modelo famosa que está pensando em se aposentar, enquanto que Jack é um engenheiro que dedicou a última década da sua vida na criação de um único produto. Junto com mais dois amigos, ele conseguiu uma chance de vender o produto, porém os investidores querem que eles criem um material de marketing que seja atraente o suficiente para que as pessoas o comprem como presente de natal.
E é na última sessão de Mary, que ocorre ao ar livre, que os dois se encontram pela primeira vez. Mary fica um pouco decepcionada quando Jack a aborda para ser a garota propaganda do seu produto, mas por acreditar no invento ela acaba concordando.
A partir desse instante, a história dos dois começa a se desenrolar…
Mary é uma figura pública. Como uma modelo reconhecida internacionalmente, ela tem uma imagem que beira a perfeição, porém ninguém é perfeito e ela está cansada dos homens se aproximarem dela e se desapontarem. Seus pais queriam que ela ficasse na mesma cidade onde nasceu, se casasse e tivesse filhos. Contrariando esses desejos, Mary sempre ansiou por conhecer o mundo e  aos 19 anos de idade é descoberta por um olheiro. Ela abraça a carreira de modelo, mas acaba perdendo o contato com os pais. Italiana de coração, Mary tem o sangue quente e as vezes tem suas explosões.

” – Você tem classe. Beleza. Inteligência. – Ele apontou para si mesmo. – E tudo o que eu tenho é um diploma que demorei muitos anos para conseguir e um sonho que estou rezando para que finalmente se torne realidade um dia.” (p. 49)

Jack por sua vez, tem uma história familiar diferente. A família, incluindo seus irmãos o apoiam 100%, mesmo após tantos anos dedicados em um invento. 
O romance entre os dois é bem construído. A atração é imediata, mas o romance vai se aprofundando conforme avançamos nas páginas.
O leitor também conhece os irmãos de Jack, demonstrando que quando os Sullivans se apaixonam, é realmente pra valer.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora fez um bom trabalho. A capa tem um ar romântico e sensual,  e como as capas dos livros anteriores, não apresenta elementos da trama.

“- Lembre-me de procurá-lo em dois anos para ver o tamanho da sua barba.– Tudo o que você vai ter que fazer é rolar na cama e olhar para mim.” (p. 97)

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636863
Ano: 2015
Páginas: 304
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • BRUNO VALERIO março 1, 2015

    Gostei da capa, mas não gosto de livros romance adulto, prefiro livros de aventura, ficção e tal… obvio que pode ter um romance, mas não a história toda focada no romance. bjs.

  • Lissandro Lima março 1, 2015

    Adorei a resenha
    Ainda não tive oportunidade de ler um livro da Bella, mas sei que é uma ótima autora
    achei a capa bem bonita também srs

  • thaila oliveira março 1, 2015

    eu sempre suspiro alto quando vejo uma resenha de livros da Bella, que saudade da familia Sullivan, parecei no 5º
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/