01novembro2014

[Resenha]: Coração ardente – Bloodlines – Livro 04 – Richelle Mead


Sinopse“No quarto volume da série Bloodlines, enquanto Sydney Sage esconde seu romance ardente com o vampiro Adrian Ivashkov, a ameaça de ser descoberta — e mandada para a terrível reeducação — é maior do que nunca. Criada desde criança para desprezar os vampiros, a alquimista Sydney Sage acabou vencendo seus preconceitos em sua última missão. Aos poucos, a garota não só criou laços de amizade com esses seres como acabou se apaixonando por um deles — o irresistível Adrian Ivashkov — e, surpreendendo até a si mesma, decidiu levar o relacionamento proibido adiante, em segredo. Tudo se complica quando Zoe, sua irmã, se junta à missão. Sydney precisa guardar seu segredo enquanto tenta fazer com que a caçula perceba como as crenças alquimistas estão equivocadas. Enquanto isso, Adrian sofre com os fortes efeitos do espírito — um elemento mágico que, ao mesmo tempo em que lhe confere poderes, pode levá-lo à loucura. Sydney é seu maior incentivo para abrir mão desses poderes e buscar uma saúde mental equilibrada, mas Adrian nem consegue imaginar como seria vê-la machucada e não poder fazer nada. Agora, ele precisa escolher entre sua sanidade e a capacidade de ajudar a todos — especialmente aqueles que ama.” 
Minha opinião – O quarto livro da série Bloodlines é narrado em primeira pessoa, com capítulos alternados entre Sydney e Adrian. 
O romance clandestino entre os dois está a cada dia que passa se tornando mais e mais perigoso, principalmente agora que Zoe, a irmã mais nova de Sydney está matriculada em Amberwood.
Zoe é uma personagem difícil de agradar ao leitor. Ao mesmo tempo que temos consciência de que ela é jovem e imatura, as suas atitudes irritam, principalmente quando ela faz questão de denegrir a imagem da irmã mais velha para tentar se sobressair aos olhos do pai. Ela faz de tudo para chamar a atenção do patriarca e quando não consegue, fica fazendo birra. 
Adrian está cada vez mais fofo. Ele está apaixonado e agora que está sendo correspondido por alguém que acredita nele, se tornou ainda mais sedutor.
Sydney passou a se envolver mais profundamente com as bruxas. A Sra Terwilliger (a professora de história) se tornou sua mentora e Sydney está decidida a auxiliar o grupo de alquimistas rebeldes com a fabricação da tinta.
Em paralelo a todo esse drama pessoal, temos os experimentos em transformar os strigois de volta. É nesse trecho que os fãs da série original irão enlouquecer, pois todo o grupo retorna: Lissa, Rose, Dimitri e Abe “Zmey” Mazur. Todos eles e muitos outros personagens participam desse livro, trazendo um pouco de humor em uma situação tão sombria.
O final do livro é angustiante. O leitor fica frustrado pelo fato de não ter a continuação em mãos e não poder saber o que irá acontecer em seguida.
Em relação à revisão, diagramação e layout, a editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina com as capas dos livros anteriores da série.

” – Sabia que amo você?…– Não tanto quanto te amo.– Ai, caramba. É um sonho realizado: ter um debate sobre quem ama o outro mais. Eu começo. Eu amo mais. Sua vez.” (p. 362)

Edição: 1
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765442
Ano: 2014
Páginas: 416
Tradutor: Guilherme Miranda
Skoob: clique aqui
Avaliação: 4/5
Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ana Paula Barreto novembro 2, 2014

    Como uma boa narrativa faz diferença num livro, não é?
    Sempre que leio alguma coisa sobre essa série, fico com a impressão de que a autora é boa demais. Consegue cativar, entreter, causar emoções, tornar tudo mais interessante para o leitor.
    Apesar do tema não ser o meu favorito, confesso que tenho curiosidade com a série.
    bjs

    • carolinaduraes novembro 3, 2014

      Oi Ana Paula, eu amo essa série até mesmo mais do que a série original rs.
      Bjkas

  • Dilza Sousa novembro 2, 2014

    Unf, já não gostei dessa personagem birrenta, a Zoe.
    As capas dessa série são lindas demais, mas as originais são ridículas!
    Boa resenha! Abraços Carol!

    • carolinaduraes novembro 3, 2014

      Dilza, eu fiquei frustrada com essa garota o livro inteiro. Tive vontade de dar uns tapas nessa mimada rs
      Bjkas

    • Larissa Santos novembro 15, 2014

      Não acho que lerei a série tão cedo (tenho algumas inacabadas O.o)
      O mais bacana pelo que pude perceber nas resenhas sobre essa série é que mesmo tratando de um tema muito explorado a autora consegue ser original. Espero acabar as minhas leituras rápido e que o restante seja lançado em breve rsrs.
      Beijocas ^^

  • suzana cariri novembro 30, 2014

    Sou apaixonada pela serie Bloodlines ja li coração ardente adorei a resenha coração ardente e o livro da serie que mais gosto acho que e pelo desenvolvimento do romance de Adrian e Sidney mais o final e um dos que mais me criaram expectativa !!!!