18julho2014

[Resenha]: “Tequila Vermelha” – Série Tres Navarre – Livro 1 – Rick Riordan

Sinopse – “Jackson ‘Tres’ Navarre retorna para sua cidade natal dez anos após o assassinato de seu pai. Porém, o caminho para as respostas em San Antonio, Texas, é bem mais difícil do que se pensava. Encontros com a máfia, jogos políticos, corrupção e dramas familiares tentarão desviar Tres da verdade ou matá-lo, o que acontecer primeiro”.

Minha opinião – Jackson Navarre ou Tres Navarre como é mais conhecido (é o terceiro Jackson Navarre da família – seu pai e avô tinham esse novo) é o protagonista dessa série de Rick Riordan.

Quando tinha 19 anos de idade, ele vivia em San Antonio, namorava com Lillian e tinha uma boa vida, até presenciar o assassinato de seu pai junto com Carl Kelley, o parceiro de Jackson Pai.

Jackson Pai era o xerife da cidade, uma figura pitoresca que era muito bom em seu trabalho. Diversas especulações foram feitas sobre os suspeitos, mas nunca ninguém foi preso pelo assassinato. E Tres partiu imediatamente após a morte do pai, para voltar exatamente dez anos depois a pedido de Lillian.

Voltar a cidade natal após tanto tempo é como mexer em um vespeiro. Ninguém está feliz com o seu retorno, pois ele insiste em investigar o caso de seu pai. Em uma cidade pequena como essa, não existem segredos que possam permanecer enterrados para sempre e as suas implicações podem ser alarmantes.

“Eu voltara para casa havia apenas dois dias e já conseguira bagunçar meu frágil relacionamento com Lillian, irritara minha mãe, traumatizara meu gato e fizera pelo menos três novos inimigos”. (p. 46)

Como todo bom livro adulto, “Tequila Vermelha” possui um protagonista incrível. Tres é um poço de contradições. Ele é muito inteligente, mas vive falando e fazendo coisas não muito espertas; tem um humor sarcástico e um companheiro para todas horas, Robert Johnson, um gato muito engraçado que combina perfeitamente com Tres, um praticamente exímio de Tai Chi que sabe nocautear quem fica em seu caminho.

Desde a chegada a sua nova casa o protagonista encontra confusão. Seja tentando expulsar o antigo locatário, lidar com Gary Hales, seu senhorio ou rever a sua mãe e seus colegas de escola e é claro, rever Lillian.

Claro que ele também tem um ar de conquistador e prova disso é a chegada de Maia Lee na cidade.

Alguns personagens merecem destaque, como a mãe de Tres, uma mulher de 56 anos, com aparência de 30 que namora com Jess Makar (que é apenas uns dois anos mais velho que o protagonista!); Carlon McAffrey, amigo de escola e repórter do jornal local e Ralph Arguello, que são dois antigos conhecidos que não poderiam ser mais opostos. Arguello é o cara que vive realizando algumas ilegalidades e é o tipo de pessoa que mesmo podendo sendo um criminoso, é hilário, divertido e muito carismático. Sem contar que se dispõe a ajudar Tres em inúmeras enrascadas.

O enredo é muito bem desenvolvido, com direito a muito mistério, diversos suspeitos e um culpado inesperado. A mistura da cultura norte americana com a mexicana também ganha destaque e complementa uma trama que tem tudo para fazer Tres Navarre um protagonista popular.

“- Você sabe que não posso simplesmente deixar a cidade.
– Você nunca deixou a cidade – ela disse. – Esse é o problema”. (p. 306)

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Bom dia Carol,

    Li e resenhei esse livro no blog, gostei bastante, gosto muito da escrita do autor e o protagonista é muito engraçado, parabéns pela sua resenha…..abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    • carolinaduraes julho 19, 2014

      Olá Marco Antonio, tudo bem?
      Eu gostei bastante dessa série adulta do Rick Riordan. Realmente o personagem é engraçado, do tipo sarcástico e os casos (pelo menos até o livro 2 que foi até onde li) são bem desenvolvidos.
      Bjkas

  • Hangover at 16 (contato) julho 19, 2014

    Adoro o Rick Riordan, mas infelizmente não me interessei por esse livro 🙁 Gostei da sua resenha, parece que afinal a história é boa mesmo

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    • carolinaduraes julho 19, 2014

      Oi Carol, tudo bem?
      É uma escrita bem diferente daquela que estamos acostumadas do autor mesmo, mas para os fãs do gênero, acredito que vale a pena conferir 😉
      Bjkas

  • Cissa Duarte julho 22, 2014

    Eu estou doida pra ler este livro desde que ele foi lançado. É mais um na minha lista, mas eu vou ler um dia!! kkkk
    PS: Adorei a resenha!

    http://numreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    • carolinaduraes julho 24, 2014

      Oi Cissa, tudo bem?
      Pois é, nossas listinhas de leituras infinitas rsrs.. Se você gosta do gênero, vale a pena conferir viu? Adorei os dois primeiros livros da série.
      Bjkas

  • Telemaco julho 26, 2014

    Oi tudo bom?
    Não vejo o Rick escrevendo pra adultos, isso é uma coisa que não entra na cabeça, Não sabia desse livro no brasil, vou conferir.
    Adorei a resenha

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

  • Liza Mikaelly julho 26, 2014

    As historias de Rick são incríveis! ele consegue nos envolver do começo ao fim com uma escrita maravilhosa. Beijos

  • Karolyne K. julho 31, 2014

    Acho fantástico a forma como o autor escreve vários gêneros e consegue se dar bem… sinal de que tem talento mesmo. Como sou fã do gênero, essa é uma obra que desejo muito.