16julho2014

[Resenha Nacional]: “A Bandeja” – Série Despertar – Livro 01 – Lycia Barros

Sinopse – “A bandeja conta a história de Angelina, jovem de 19 anos, que ao entrar para a universidade, inicia um apaixonado envolvimento amoroso com um de seus professores, Alderico – mais conhecido por Rico. Por conta de toda a avassaladora e descontrolada paixão que envolve esse relacionamento, Angelina começa a viver somente para Rico, colocando seus estudos, seus amigos, sua família, sua religião e até mesmo a si própria em segundo plano. Angelina é evangélica por tradição familiar e não exatamente por convicção religiosa. Porém, inesperadamente, tem um estranho sonho, cujas revelações possuem um forte e marcante significado, que ela somente conseguirá compreenderá mais tarde. Quando, no momento certo, a grande verdade lhe é revelada, ela finalmente compreende o que significa o amor de Deus em sua vida”.

Minha opinião – “A Bandeja” é narrado em primeira pessoa e tem como foco a história de Angelina. Angelina é uma jovem de 18 anos, criada em um ambiente familiar seguro e amoroso que irá cursar literatura no Rio de Janeiro. Sair de Petrópolis para ir morar sozinha é um grande passo, que irá testar os ensinamentos aprendidos até o momento.

O enredo conta sobre o crescimento pessoal da protagonista, através de suas escolhas.

Angelina é uma personagem que pode ser considerada boazinha, ou até mesmo bobinha. Sua criação é centrada na família, seus pais Frederico e D. Silvia e seu irmãozinho Vitor e em sua melhor amiga Natasha e seu irmão gêmeo Dante.

No RJ ela irá morar na república com Michelle, filha de uma amiga de sua mãe. Inicialmente, temos a impressão de que Michelle é uma jovem sem muitas perspectivas, com o objetivo apenas de se divertir. Ao olharmos mais atentamente, vemos uma jovem com conflitos e sofrimento, que tenta mascarar a sua dor através de atitudes irresponsáveis.

“Cada vez que você transa com alguém, é como se colasse duas folhas. Depois de algum tempo, quando tenta separá-las, pedaços de uma ficam grudados na outra. Marcas que machucam e formam cicatrizes”. (p. 154)

Além de Michelle, Angelina irá se deparar com Alderico Schmitz, o Rico. Rico é professor de Linguística I, tem quase 28 anos, é muito bonito e sedutor. Angelina e Rico sentem-se atraídos imediatamente um pelo outro e a partir desse momento, Angelina começa a abrir mão de seus valores.

Rico tem realmente uma aura sedutora e até mesmo um ar misterioso, mas existe “algo” nele, que desde o início deixa claro que ele não é 100% honesto.

Apesar do imenso sentimento de Angelina por Rico, algumas situações acabam marcando a protagonista, que inicialmente se recusa a enxergar a verdade. Até mesmo em sonhos Angelina é avisada, mas o medo de perder aquele que ela acredita que é o seu grande amor faz com que ela se torne cada vez mais isolada.

Existem outros personagens que aparecem para amenizar as dores de Angelina, como a Dona Raimunda e a sua família. D. Raimunda é a faxineira da República, uma pessoa simples mas com um grande coração, capaz de mover montanhas para ver sua família bem.

A presença de Natasha e Dante também são como bálsamos na trama. A calma, honestidade e amor incondicional que eles transmitem, transformam os dois em personagens cativantes, assim como Anna.

Mesmo a história tendo um cunho religioso, a principal lição apresentada no livro é a defesa de seus valores e ideais. Independente da crença religiosa de cada um, a história permite uma grande reflexão sobre o quanto sofremos emocionalmente quando abrimos mãos de nossas crenças em detrimento de outros ou de algo. Quando começamos a abrir mão de nossos valores, abrimos mão de nós mesmos, perdendo assim, a nossa paz interior.

Um livro que fala de amor, perdão e reflexão, que ressalta a importância de sermos sinceros e nunca abrir mão de nossos valores.

“Nós mulheres somos peritas em confundir felicidade com alegria. Lutamos por momentos de felicidade pagando qualquer preço por eles e, muitas vezes, com as pessoas erradas”. (p. 102)

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ariádne Tamires julho 17, 2014

    Oi
    tenho este livro e comprei pelas resenhas que li a respeito, infelizmente não foi tdo que eu imaginava, mas adorei o trabalho da autora e pretendo ler todos os outros livros 🙂

    Beijos
    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    • carolinaduraes julho 19, 2014

      Oi Ariádne, tudo bem?
      Eu já tive a oportunidade de ler outros trabalhos da autora e gosto muito da escrita dela 😉
      Pena que essa história não te agradou tanto =
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

  • Olá Carol,

    Li e resenhei esse livro no blog, achei bem interessante e Angelina é bem irritante as vezes….abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    • carolinaduraes julho 19, 2014

      Oi Marco Antonio, tudo bem?
      Eu também achei o livro bem interessante. Realmente as atitudes de Angelina irritam um pouco, não sei se é o excesso de ingenuidade (posso estar sendo um pouco áspera com ela rs), mas também senti isso.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

  • Liza Mikaelly julho 26, 2014

    Mesmo depois de ter lido resenha ainda estou meio em dúvida se leio ou não pois não é meu tipo de gênero. Beijos

  • Karolyne K. julho 31, 2014

    Eu já queria ler ele antes da Arqueiro lançar, e agora minha vontade só aumenta =)
    Pois essa edição é mais em conta e com certeza comprarei, a história me agrada muito.