08outubro2013

Dupla Resenha: A 5ª Onda – Rick Yancey

Por Dessa


Muitos
de nós já se perguntou se existe vida além da Terra, se realmente estamos
sozinhos e etc. Há grupos, teorias, lendas, mas nada ainda foi provado… Alienígenas
existem?
Cassie
– de Cassieopeia – é uma adolescente, talvez a única adolescente sobrevivente.
Talvez o único ser humano sobrevivente. A Terra foi atacada, mas esqueça de
todos aqueles efeitos e armas dos filmes hollywoodianos, o processo foi feito
silenciosamente e aos poucos.
Onde
está o governo e seus exércitos? E as crianças que foram levadas pelos ônibus
escolares amarelos? Cassie precisa resgatar seu irmãozinho – se é que ele ainda
está vivo – e não medirá forças para conseguir. Mas no caminho ela terá que
decidir: Atire primeiro e pergunte depois ou dar uma chance para quem ela
encontrar? Ela não sabe a aparência deles, e nem o que eles pretendem… Mas de
uma coisa ela sabe, eles querem todos mortos no final.

“Depois da primeira onda, só restou a escuridão.
Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram.
Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram.
Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém.
Agora “A Quinta Onda” está começando…”

Como
é bom pegarmos um livro e devora-lo sem parar até a última página, implorando
para que a continuação se materialize na sua frente como um passe de mágica!
Mas não, infelizmente isso não é possível.
A
5ª Onda é o primeiro livro de uma trilogia que através de Cassie e mais três
personagens, conta como foi feito a invasão alienígena na Terra. Eles atacaram
os humanos através das chamadas “ondas” onde cada uma trouxe/fez algo que
matasse um número alto de pessoas. A primeira onda, por exemplo, extinguiu com
a eletricidade e qualquer aparelho. Carros, celulares, computadores e etc
pararam de funcionar provocando o inicio do caos. Famílias tentando fugir para
lugar nenhum, se abrigando em suas casas ou até mesmo fazendo atos totalmente
loucos. Cada um por si. Assaltos, invasões, depredações, saques, assassinatos, suicídios.
O
livro aos poucos nos mostra o que aconteceu, ou pelo menos o que acham que aconteceu.
Cassie está sozinha tentando sobreviver e no meio do caminho vai relembrando de
familiares, amigos, conhecidos e de situações vividas em um passado que para
ela parece muito distante. Vamos entrando em sua vida e descobrindo o que ela
sabe, pensa e faz. Ela está sozinha – ou há menos pensa que está – e possui
apenas a companhia de alguns pertences, seus livros, diários e um ursinho. Mas
o bom do livro também é que apesar de que a maioria da narrativa é feita por
Cassie, mais três personagens dividem essa tarefa, dando para nós leitores, um
poder maior de compreensão. Pode não parecer, mas tudo se encaixa no final.
A história não é feliz, conhecemos até onde o ser humano pode chegar para sobreviver e o quanto podemos ser influenciado quando nosso objetivo é ser o “mais forte”. Cassie é uma personagem que me conquistou. Ela tem o propósito de cumprir uma promessa feita ao irmão, é sensível mas ao mesmo tempo agressiva e sabe muito bem se virar sozinha. Nada de mimimis.
Rick
Yancey – também autor de “O Monstrologista” – consegue nos enganar no meio do processo do livro, quando já temos
certeza do que está acontecendo, mas daí ele vai e pronto, não era nada daquilo
que estávamos pensando. A trama é muito bem construída, não é possível se
apegar a muitos personagens – chorei muito – e no final você fica suplicando
pela continuação. E claro que na história há uma pitada de romance. Fiquei querendo mais.
Durante a leitura uma coisa que sempre vinha na minha cabeça era: Esse livro pode virar um ótimo filme. E adivinhem?  Os direitos do filme foram vendidos para a Sony Pictures e GK Films.  Super
recomendo, ele está por enquanto em primeiro lugar no meu ranking de
melhor leitura do ano. E
para quem quiser, clique aqui e leia os três primeiros capítulos.

Confiram o book trailer:

Ps: Acho que Rick Yancey é fã de Percy Jackson e do titio Rick…


Por Felipe Ralf

Um ótimo livro apocalíptico. Como a Dessa já disse acima,
Cassie pensa que é a última humana sobrevivente do planeta Terra. Não
tem conhecimento de como os outros se aparentam e nem se irá sobreviver
mais um dia. O que realmente importa é tentar cumprir sua última
promessa feita a seu irmão.

O livro foi muito bem
planejado e escrito. As tramas que o autor fez foram ótimas, mas já
suspeitava o que iria acontecer e infelizmente o minhas suspeitas
acabaram certas. O autor pode ter enganado muita gente, mas quando você
em inúmeras possibilidades para o final do livro, acaba estragando-o.

Tirando
o fato que previ um pouco o final, o livro foi impactante,
surpreendente e até inovador em alguns aspectos. Confesso que preferia
que as personagens fossem  mais velhas, no caso elas são adolescentes e
cometem os mesmos erros previsíveis e (se me permite a palavra)
toscos.Claro que não foi 100% original (porque me lembrei de um outro
livro), mas de uma maneira em geral este livro é ótimo.

As
“ondas” foram explicadas e bem interessantes de um ponto de vista.
Cassie não é a única narradora do livro, e isto pode provocar um nó na
cabeça do leitor quando o ponto de vista muda.


comentado acima, o livro têm seus direitos vendidos e confesso que como
um filme poderá ser muito bem recebido pelo público. Quer se
surpreender, aposte neste livro, mas não faço como eu, não tente prever
muito o final que um dos palpites pode acabar sendo certeiro.

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Andy Lima outubro 8, 2013

    Eu não me incomodo em prever o final do livro, fico mais chateada quando o final não é nada daquilo esperado e surpreende negativamente, isso sim me chateia, parece um livro bom, mas o tema em si não me agrada!

    Estandy Books – A Estante Da Andy

  • Universo dos Leitores outubro 9, 2013

    Parece um livro excelente! Pena que é série, porque infelizmente não estou com tempo para livros com sequência por agora.

    Bjs, Isabela.
    http://www.universodosleitores.com

  • Oliveira outubro 9, 2013

    Esse livro sei que vou amar, há tanta coisa no enredo dele. Quero muito lê-lo, por se tratar de uma série ainda não o comprei, quero ler tudo de uma vez, mas toda resenha que leio dele é só elogios. Super curiosa! Sua resenha só acrescentou a vontade em lê-lo.

  • Ariádne Tamires outubro 10, 2013

    Acredito que o filme vá agradar bastante o público, assimc omo filme A Hospedeira , já que o livro foi bem comentado como um livro cansativo e parado, mas já o filme se mostrou com mais ação.
    Ainda prefiro os livros então prefiro ele 🙂
    Adorei a resenha.
    beijos
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

  • Adriana outubro 12, 2013

    Realmente o livro parece muito bom, é uma delicia ler um livro onde a trama é bem montada, mas eu não gosto de prever os finais, gosto da surpresa, talvez isso me incomode um pouco na leitura! E fiquei bem feliz em saber que o livro vai virar filme, muito bom isso hein! Ótima resenha de voces Dessa e Lipe, bjão! 🙂

  • Um Container janeiro 14, 2016

    Eu ainda quero ler esse livro e está até na minha lista de desse ano, mas ainda não tive tempo. Já li muitas resenhas que falam que ele é bom e isso me fez querer saber como é pela minha visão, além de que o filme será lançado dia 21 (meu aniversário). Adorei o blog e já está em meus favoritos.

    Meu blog: http://www.umcontainer.com