07agosto2013

Lobos Não Choram Alfa e Ômega – Livro 01 – Patricia Briggs

Classificação



Sinopse:

O primeiro livro dessa incrível série de sucesso, Alfa e Ômega, de Patricia Briggs – Você não vai querer parar de ler! Anna nunca soube que Lobisomens existiam, até a noite em que sobreviveu a um ataque violento… E se tornou um deles. Depois de três anos como o membro menos importante da alcateia, Anna aprendeu a manter a cabeça baixa e a nunca, jamais, confiar nos machos dominantes. Foi então que Charles Cornick, o matador de aluguel e filho do líder dos lobisomens da América do Norte, entrou em sua vida. Charles insiste em afirmar que Anna não está destinada a ser somente sua grande companheira, mas também um raro e valioso lobo Ômega. A força interior de Anna e a sua presença tranquilizadora serão realmente valiosas quando ela e Charles saírem à caça de um lobisomem desgarrado, uma criatura dominada por magia tão negra que poderia ameaçar toda a alcateia… 
“Patricia Briggs sempre encanta seus leitores” – Lynn Viehl, autora best-seller do USA Today. “O mundo de Patricia, no qual bruxas, vampiros e lobisomens vivem perto de pessoas comuns, é plausivelmente construído; os personagens são maravilhosos, e a trama faz as páginas flutuarem” – Booklist

Lobos Não Choram – Alfa e Ômega – Livro 01 – Patricia Briggs

Lobos não choram é o primeiro livro de uma série baseado em um conto da autora Patrícia Briggs. A editora Novo Século disponibilizou o conto no final do primeiro livro, para que os leitores se situem na trajetória dos personagens. O conto irá nos apresentar Anna, que inicialmente faz parte de uma matilha que a brutaliza constantemente. Apesar de sofrer horrores, ela se preocupa com outros e entra em contato com o Marrok o líder geral das matilhas na América do Norte. Bran (o Marrok), por sua vez, envia Charles, que é o seu executor, responsável por fazer cumprir as leis. Charles ao se encontrar com Ana tem um choque, pois o seu lobo identifica Anna como sua companheira. Como se isso não bastasse, Anna é um Ômega, um tipo raro de lobo que não se encaixa na hierarquia normal.

Então, em “Lobos não choram” vamos começar a desvendar as peculiaridades da matilha do Bran, que reuniu lobos “excêntricos”. Além de conhecer a família de Charles, Anna vai conhecer Asil “o mouro”, um antigo lobo que possuí alguns segredos em relação ao seu passado. O livro tem bastante ação, levando em consideração de que é um livro introdutório, e para o leitor se situar, a autora passa um tempo descrevendo alguns outros personagens que compõem a matilha e terão seus papéis mais desenvolvidos nos próximos livros. Se teve um personagem que eu achei detestável do começo ao fim do livro foi a Leah.

Anna é uma personagem muito forte, apesar de não se dar conta disso. Seja por causa da sua loba ou por causa dela mesma Anna consegue enfrentar situações que seriam consideradas impossíveis para alguém que passou o que ela passou. O interessante desse livro é que vamos começar a conhecer outros seres sobrenaturais que fazem parte desse universo da autora, assim como a função de Charles, que pode ser considerada violenta por alguns, mas que é essencial para manter a ordem. O livro ainda contêm algumas cenas hots, mas nada muito explícito ou vulgar.

Aconselho ao leitor começar o livro pelo conto no final do livro e depois seguir para a trama principal. Para os fãs do gênero, “Lobos não choram” é uma leitura recomendada.
Em relação à diagramação, revisão e layout, a editora está de parabéns. Encontrei dois errinhos de digitação, mas nada que interferisse na leitura. A capa é linda, simplesmente me apaixonei pelos olhos desse lobo.

Espero que tenham gostado da resenha. Aguardo comentários.

Beijos

 Olá, meu nome é Carolina, mas meus amigos me chamam de Carol ou
Lina. Tenho 29 anos, sou farmacêutica, mestre em saúde coletiva e
atualmente trabalho com pesquisa clínica, que é uma área que eu amo.
Adoro assistir filmes e séries, fico alucinada procurando os novos
episódios. Amo ler diversos gêneros literários. Não tenho um gênero
favorito, apesar de ler com mais frequência literatura infantojuvenil.

Categorias:Outros
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Nanie Dias agosto 7, 2013

    Carol, curti bastante a resenha e principalmente o conselho! Afinal de contas, quem pensaria em começar pelo conto no final do livro?!

    Beijos,
    Nanie

    • carolinaduraes agosto 13, 2013

      Oi Nanie, tudo bem?
      Pois é, o conto tem que ser lido primeiro, pois vai explicar como os personagens se conheceram.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha.
      Beijos

  • Elisandra agosto 8, 2013

    Oie,
    Fiquei curiosa para ler esse livro quando lançou,espero ter a oportunidade de lê-lo em breve…o/…e realmente essa capa é de matar.

    Beijokas elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    • carolinaduraes agosto 13, 2013

      Oi Elisandra, tudo bem com você?
      Pois é, o livro me ganhou pela capa rs… Fique de olho nas lojas virtuais porque de vez em quando esse livro entra em promoção 😉
      Beijos

  • Andressa Leite agosto 20, 2013

    Não sei porque mais essa capa não me atraiu, apesar de que os olhos do lobo são realmente lindos *-*.

    É uma história diferente se for comparar com as existentes como o mesmo tema e fiquei com vontade de ler pela sinopse.

  • Thayze agosto 26, 2013

    Essa capa não é nada! O conteúdo com certeza , vale a pena.

  • ALEXMARAGATO BOMBEIRO Janeiro 5, 2014

    Estou lendo. Tá massa.

  • ALEXMARAGATO BOMBEIRO Janeiro 5, 2014

    Estou LENDO . Está massa.