31julho2013

O Castelo das Águias – Ana Lúcia Merege

O Castelo das Águias
Classificação
Sinopse:
O Castelo das Águias, romance fantástico de Ana
Lúcia Merege, é um lugar especial. Localizado nas Terras Férteis de Athelgard,
região habitada por homens e elfos, abriga uma surpreendente Escola de Magia,
onde os aprendizes devem se iniciar nas artes dos bardos e dos saltimbancos
antes de qualquer encanto ou ritual. Apesar de sua juventude, Anna de Bryke
aceita o desafio de se tornar a nova Mestra de Sagas do Castelo. Aprende os
princípios da Magia da Forma e do Pensamento e tem a oportunidade de conhecer
pessoas como o idealizador da Escola, Mestre Camdell; Urien, o professor de
Música; Lara, uma maga frágil e enigmática, e o austero Kieran de Scyllix, o
guardião das águias que mantêm um forte elo místico com os moradores do
Castelo. Enquanto se habitua à nova vida e descobre em Kieran um poço de
sentimentos confusos e turbulentos, uma exigência do Conselho de Guerra das
Terras Férteis põe em risco a vida e a liberdade das águias Com o apoio de
Kieran, Anna lutará para preservá-las,desvendando uma trama de conspiração e
segredos que envolvem importantes magos do Castelo.


Ana Lúcia Merege – 192 páginas – Draco 
Ana de Bryke aprendeu tudo o
que sabe com sua avó e seus primos. Ela é órfã e possui uma pequena porcentagem
de sangue élfico, o que não afeta sua aparência humana.
A convite de Camdell, mestre
e idealizador da Escola de Magia, Ana decide deixar o lugar que sempre viveu,
para se aventurar nas Terras Férteis de Athelgard, se tornando Mestre de Sagas
do Castelo. Ela terá que aprender a viver com os novos costumes, ou até mesmo
com a mistura deles e a conviver com diferentes pessoas e quem sabe até
encontrar um grande amor.
“Meus
amigos estavam longe, cada qual entregue à sua própria batalha; meu arco se
encontrava fora de alcance. Quanto a mim, o que podia ser pior do que estar à
mercê do inimigo?” Pág 15

Quando comecei a ler o livro
e logo me saltou aos olhos a palavra “Escola de Magia”, foi inevitável não ter pensado
em Harry Potter e Cia. Mas em nenhum momento a história me lembrou disso. Claro
que você pode comparar o modo carinhosos e sábio de Mestre Camdell com
Dumbledore, mas isso são detalhes.
Ana foi um personagem que me
conquistou desde o começo com a sua simplicidade e jeito solto de ser, tentando
ao máximo fazer um bom trabalho com os alunos. Ela cresceu com um apetite voraz
por sabedoria e por livros e enfrenta o desafio de cabeça erguida e conforme
vai se deparando com coisas que não estava habituada, tenta contornar e aprender,
apesar de ser um pouco “cabeça dura” às vezes.
A escola é conhecida como “Castelo
das Águias” por conta dos animais que vivem na floresta em grande quantidade.
Mas agora as águias estão no meio de uma disputa e Ana terá um papel importante
nisso, mesmo não tendo intenção de se envolver. As belas aves podem se tornar
uma poderosa arma militar, o que gera um grande interesse.
A capa do livro é linda
demais, aliás, todo o trabalho gráfico do livro ficou muito bom. Cada detalhe
do título do capítulo, desenho do mapa etc, se encaixaram perfeitamente para
levar o leitor ainda mais no clima.
A escrita da autora é leve e
te leva a suspirar com a personagem e em nenhum momento você fica confuso com a
história, pois tudo vai sendo explicado, sem ser algo maçante também. É uma
literatura fantástica com romance e ação.
Super recomendo, inclusive
eu já resenhei outros livros da autora e vocês também podem conferir: O
Caçador
e Bestiário.

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Amanda in the Bucket agosto 1, 2013

    Que bom que gostou 😀
    Gente, que capa linda @_@ Ainda não li nada dessa autora, mas vou ver se arranjo oportunidade (= dinheiro).

    Beijos,
    Me in the Bucket

    • Andressa Leite agosto 19, 2013

      A capa é linda mesmo né *-*. Arrume "oportunidade" mesmo para ler Amanda, são muitos bons,kkkkk.

  • Ariádne Tamires agosto 1, 2013

    Nossa que capa linda MESMO!
    foi aprimeira coisa que me chamou a atenção!
    Resenha ótimo!

    Beijos.
    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

  • Ana agosto 5, 2013

    Muito obrigada pela leitura e pela resenha, espero que mais pessoas curtam. A arte da capa é da talentosa artista gaúcha Carolina Mylius!