04maio2012

A Lista Negra – Jennifer Brown

Autor:  Jennifer Brown
Editora: Gutenberg
Categoria:  Romance | Drama | Literatura Internacional
ISBN: 9788565383110
Páginas: 272
Lançamento: 2012
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ 
Compare preços aqui

Sinopse:  

E
se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o
assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman,
Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em
que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba
salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é
responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a
criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying
contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora,
ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a
enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o
Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama,
passando por problemas de relacionamento com a família, com os
ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas
e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo
tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é
um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória,
profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das
escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades
e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela
história sobre auto-conhecimento e o perdão.

2 de maio de
2008: Um massacre ocorreu em um colégio norte-americano em Garvin. Um
adolescente, aluno da escola, atirou em várias pessoas na praça de alimentação.
Quando a Thaís me mandou o e-mail sobre
esse livro para resenha, eu ainda não tinha ouvido falar dele. Li a sinopse e
logo me interessei pelo assunto tão comentado nos últimos anos pela mídia:
Bullying.

Lembro que na minha época do ensino
fundamental isso não era falado. Tinha quem zoava, era zoado, apelido,
brincadeiras, mas nada grave. Foi no Ensino Médio que esse termo começou a
surgir para mim, inclusive tinha até um caso na minha sala de aula que as
pessoas ofendiam uma menina de uma forma mais séria. No noticiário sempre ouvi sobre os crimes
que chocam onde um aluno entrou na escola e atirou em várias pessoas, inclusive
tivemos um caso parecido no Brasil.
A Lista Negra, o romance de estreia da
autora Jennifer Brown trata justamente disso. Valerie e Nick se conheceram e
logo se apaixonaram. Possuíam várias coisas em comuns: Gostos musicais, estilo
de se vestir e inclusive apelidos de mau gosto que ganhavam no colégio. Os
dois eram perseguidos pelos famosos estereótipos norte-americanos de valentões.
Eles tinham sim seus amigos, se divertiam e tudo mais, mas mesmo assim eram
empurrados, insultados e tinham suas coisas quebradas pelos populares por serem
“estranhos”. Eles então começam a colocar em uma lista
o nome de todos aqueles que eles não gostam que os perturbem… Mas Nick acaba
levando a lista a sério demais. O dia 2 de maio vai ficar marcado para
sempre para todos daquela cidade e mais ainda para Val.
Ela podia não ter culpa, mas não era o
que todo mundo pensava e tentar voltar ao colégio e terminar o terceiro ano
pode ser um imenso sacrifício a fazer, mas que ela está disposta pelo menos a
tentar.
“Alguns dizem
que Valerie foi vítima; outros dizem que ela foi heroína, e há os que digam que
ela estava envolvida no plano concebido por Nick para matar os colegas de quem
não gostava.”
Esse livro me deixou bastante chocada,
principalmente pela família e pelos amigos de Val, da qual muitas vezes ela não
teve nem o mínimo de apoio. O pai foi o que mais me decepcionou com certeza e
só lendo para vocês entenderem minhas frustrações. Não consegui julgar se de alguma forma,
mesmo mínima, Val tem culpa no cartório ou não, mas não gostei nem um pouco do
final do livro. Acho que faltou algo para completar, teve coisas mal resolvidas
no caminho.
Os capítulos são curtos e a história é
narrada pela própria Val. Gostei da arte que fica embaixo de cada número de
capítulo e da capa. Apesar do número de páginas, o livro é rapidinho de se ler,
pois somos movidos pela curiosidade de saber logo o que vai acontecer ou
aconteceu. No meio da história sabemos mais sobre o
que aconteceu com flashbacks e pequenos trechos de notícias do jornal. O papel
da imprensa aqui também não me agradou.
É um livro para refletir com certeza,
isso é um assunto sério. Acho que o que mais falta hoje em dia nos pais é o
prestar atenção no seu filho, querer participar da vida dele, ter interesse
sobre o que ele faz. 
Apoiar é diferente de mimar e dar limites é diferente de
prender. Posso dizer que fui bem criada e quero sim passar os valores que
aprendi aos meus filhos futuramente. Espero que esse assunto seja sim debatido
pelos professores na escola e que um dia a gente não precise mais falar disso.
Espero não ouvir mais nos noticiários massacres como esse em colégios.
Confira o booktrailer:


Quer ganhar um livreto de A Lista Negra? Comente sua opinião sobre o livro! Sortearemos quatro ganhadores!




Andressa Leite tem dezoito anos e é estudante de Jornalismo. É colunista no Viaje na leitura como resenhista. Um de seus autores preferidos é a J.K Rowling. Acompanhe ela no Twitter: (@stonesandmilk).

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Thalita maio 4, 2012

    Parece ser MUITO bom. Sério.

  • Lívia Dias maio 4, 2012

    To louca com esse livro, parece ser super legal,e sua resenha ficou show ! 🙂

  • Fran Alves maio 5, 2012

    Olá li a resenha , e achei, pela resenha , um livro bem tenso, quer dizer só lendo para saber, mas foi o que passou a sua resenha.

    O termo Bullyng, não existia na época que eu estava na escola , todo mundo zoava um com o outro. Colegas que entravam atirando e se matando por isso , era algo extremamente americanizado. oje em dia passou a ser quase rotina no Brasil.

    Gostaria muito de ler este livro, pois me interessou a história e quero saber pq este final meio que decepcionou vc…

    bjuus

  • Leonardo maio 5, 2012

    Nossa Bullying? Esse assunto é o assunto do momento! Adorei a sua resenha sobre o livro muito bom mesmo, achei que preciso ler esse livro. Vou comprar e dar de presente pra uns colegas no colégio, né?

    Leonardo | lendonoquarto.blogspot.com

  • Cris Moreira maio 5, 2012

    Fiquei curiosa. Envolvente a trama 🙂

  • Cris Moreira maio 5, 2012

    Fiquei curiosa. Envolvente a trama 🙂

  • AndreLuizVsa maio 5, 2012

    Ola, que legal!
    Ja vi sobre esse livro, e achei bem interessante.
    Sim, bullying é um tema bem falado hoje em dia, e é uma triste realidade.
    Parece ser muito bom!

    André Luiz
    http://www.viajandonoslivros.com

  • Luice Maia maio 5, 2012

    Tenso hein?
    Parece ser uma história daquelas que te fazem pensar sabe.
    Achei muito interessante.

    • Andressa Leite maio 7, 2012

      E a estória faz pensar mesmo Luice, depois da leitura refleti bastante sobre o tema.

  • Máh maio 5, 2012

    Gostei bastante do tema do livro. Nunca li nada assim. Esse mês fiz promessa para não comprar livros mas assim que der quero ler " A lista negra". Que bom que você gostou!

    Beijos!

    http://stormofbooks.blogspot.com.br/

  • Isis Matos maio 5, 2012

    A-mei a resenha, a estória super interessante, book trailer cativante, quero ler essa estória… será q dessa vez vai??
    Ansiosa *_*

  • Marcela Palhão maio 5, 2012

    Nossa, bulying é um assunto muito falado hoje em dia, mas eu ainda não li nenhum livro sobre esse tema. Depois de ler essa resenha eu fiquei com muita vontade de ler esse livro, já que além de abordar um tema super interessante, parece ter um história muito legal.
    A resenha ficou ótima, e me deixou super curiosa pra saber o que acontece no final (:
    Beeeijos

  • marinna bastos maio 5, 2012

    Esse livro parece mostrar aos extremos que o Bullying pode chegar,onde uma pessoa se vê tão desesperada para sair de uma situação que recorre a barbárie. Você também comentou que o papel da mídia não te agradou, o que não me surpreende muito, pois hoje uma das grandes funções da média é a espetacularização da violência (transformando-a em imagem e retransmitindo). Legitimando o uso da violência na resolução dos conflitos.

    Enfim, fiquei curiosa para saber sobre como Val lidou com toda essa angústia, essa tragédia. E, se eu terei alguma impressão diferente da sua.

    Ótima resenha!

    bjs

    • Andressa Leite maio 7, 2012

      Verdade mesmo eu como uma estudante de jornalismo tenho vergonha de certas coisas que a mídia produz.

  • Suellen maio 5, 2012

    A resenha é ótima!

    Eu já li um livro sobre o tema e participei de palestra e creio que o livro poderia dar uma nova visão a tudo que li e vi. Mas como você bem mencionou na minha época não tinha isso e agora parece que o mundo virou de ponta cabeça. Agora nos Estados Unidos o problema é tão feio que quero ler na perspectiva deles. Fiquei bastante curiosa com tudo.

  • jayane maio 5, 2012

    Nossa a historia parece ser bem intensa,me interessei muito por esse livro.

  • Fabrica dos Convites maio 6, 2012

    Hoje em dia as coisa estão tão diferentes. As pessoas estão bem mais agressivas que antigamente. Este livro deve ser livro por pais e pelos filhos, sem falar de alguns educadores que também andam bem perdidos.
    Bjs, Rose.

  • Andreza Teixeira maio 6, 2012

    Uau' parece uma história bem conturbada, polêmica e intensa como a Jayane disse.
    Livros com temas para reflexão sobre atitudes sociais, como nesse caso, o bullying, são delicados de se escrever e possuem críticas para nossa sociedade.

  • Barbara de Sá maio 7, 2012

    Bullying, o assunto vem sido bem comentado ultimamente, mais ainda não tinha visto nenhum livro abordando-o. Adorei a história, bem interessante e diferente. Parece que vale a pena ler, vou incluí-lo na minha listinha, hehe.
    Beijoos

  • byrutegarcia maio 9, 2012

    Depois dessa resenha,fiquei super curiosa pra ler esse livro,para ser muito bom! Ai como eu queria ganhar!

  • César R M Costa maio 9, 2012

    O livro parece excelente! Me chamou muito a atenção… Temática interessante e atual… Parece ser coisa boa!

  • MUNDO MEIO SANGUE maio 18, 2012

    Eu achei a história bem legal, mas uma amiga com um gosto por livros praticamente identico ao meu não gostou muito … Estou indeciso se leio ou não :/

  • Isis Matos maio 19, 2012

    Quem ganhou o livreto??