22Março2012

Cordas Rompidas – Rafaela Guimarães

Livro: Cordas Rompidas
Autor: Rafaela Guimarães
Editora: Baraúna
Categoria: Literatura Nacional | Romance
 ISBN: 978-85-7923-376-0
 Páginas:  330
Lançado: 2011
Classificação:  ♥ ♥ ♥ 

Compre na Livraria Baraúna!

Sinopse:
Lizzie Lewis era o tipo de garota que não poderia reclamar de sua vida até perder seus melhores amigos e namorado em um acidente de carro quando tinha dezesseis anos. Presa e reprimida de seus sentimentos por muito tempo em um casulo imperfurável que ela mesma criou para si, Lizzie conhece Gregory na faculdade, dois anos após seu acidente e, em uma situação um pouco complicada; terão que dividir o mesmo dormitório. Como seria ousar se apaixonar uma segunda vez e ser abandonada depois de tanto tempo? As cicatrizes estarão curadas e Lizzie conseguirá acreditar em seu amor de novo? Um livro de narração dupla, que mostra um amor que é capaz de vencer o sofrimento e o tempo.
A resenha de hoje é de um lançamento da Editora Baraúna, um romance, de uma autora nacional, que tem apenas dezoito anos e tem “Cordas Rompidas” como sua estreia no mercado literário.

“Cordas Rompidas” é um romance gracinha, água-com-açúcar mas que, não deixa de ser empolgante. O mais agradável no livro, foi sem dúvida alguma a alternância de vozes entre os personagens, ou seja, a história ora é narrada por Lizzie, ora por Gregory. Livros com dupla visão, dá ao leitor uma visão amplificada, aumentando nossa imaginação, acerca dos personagens. Acho que a maioria de nós, quer saber o que o mocinho achou da mocinha e vice-versa.
Lizzie perdeu o namorado e amigos em um grave acidente de carro, do qual, foi a única sobrevivente. A dor foi intensa e profunda, levando à protagonista ao fundo do poço emocional. Vivendo por viver, encarando a faculdade, ela fica aborrecida quando sabe que terá que dividir o quarto da faculdade com uma outra garota. O que provou ser pior, foi que em vez de uma garota, mandaram um garoto: Gregory.
Gregory sempre teve todas as garotas que quis, mas Lizzie é um desafio para ele, como pode uma garota tão bonita estar a beira do precípicio emocional? Sua meta é arrancar a nova amiga do buraco e mostrar para ela que a vida dela, não acabou.
O livro começou maravilhosamente bem, fiquei empolgada e esperei uma leitura de tirar o fôlego, mas me decepcionei observando como a narrativa prosseguiu do meio para o fim. O contexto ficou confuso e a história pareceu dar voltas e mais voltas, onde o ponto final, era certo, quase óbvio desde o início da narrativa.
A autora sabe como conduzir uma narrativa agradável, tanto que, você não consegue largar o livro, não vê a hora de chegar ao final. Mas, o fator cansativo é sem dúvida alguma o contexto que automaticamente perdeu o rumo. Claro que, chegamos a um final (óbvio, mas maravilhoso!), mas senti que faltou mais aprofundamento na trama e na descrição de cenários e personagens, além de que, muitos fatos não foram explicados coerentemente o que causou um certo desconforto na leitura.
Vale ressaltar que, o livro foi bem construído no geral, mas um estudo mais específico e um certo aprofundamento na trama seriam excelentes! É o primeiro livro da autora e aposto que, com uma desenvoltura maior no futuro, poderemos apreciar um ótimo trabalho da autora.
Você já leu? Vai ler? Compartilhe conosco sua opinião!
Redes Sociais da autora:
Twitter | Facebook | Blog
Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Vanessa Orgélio Março 22, 2012

    História parece interessante.
    E deve ser bem aquilo que voce falou né? É a estréia, a autora é novinha, coisas ainda melhores virão! Tenho certeza!

  • Renata Março 22, 2012

    Oi Thais!!!
    Essa nova leva de autores nacionais tem muito a oferecer. Commo vc mesmo ressaltou a autora é muito jovem e o amadurecimento só fará melhorias.
    Adoro esses romances água com açucar e com finais óbvios. São o tipo de leitura que aprecio entre livros mais "pesados". Uma pena a leitura ter ficado um pouco cansativa. Mesmo assim acho que vou dar uma chance a autora. Depois conto o que achei. bjs

  • Ágata Bresil Março 22, 2012

    Os autores nacionais tem surpreendido bastante, é uma pena que você tenha se decepcionado com este livro.

    Ei, eu adorei o seu blog, tem livros diferentes.

    Estou seguindo. Tudo Tem Refrão

  • Andressa Leite Março 22, 2012

    Gostei dessa capa, só o que não combinou foi a letra. A estória parece muito legal mesmo, imagina perder o namorado e os melhores amigos tudo de uma vez! Que bom que o final é feliz =D.

  • Suellen Março 22, 2012

    A primeira obra sempre é um grande desafio, mas se a autora conseguiu atingir uma boa parte da sua meta creio que nos próximos trabalhos ela evolua com as criticas construtivas. Espero que ela prossiga e melhores a cada dia a mais. Gostei da sinopse e da capa.

  • Bruna Rodrigues Março 23, 2012

    Ainda não havia visto esse livro. Me pareceu ser bem legal.
    Vou procurar lê-lo.
    Beijos

  • leitoracompulsiva Março 26, 2012

    Oi Thaís,
    Confesso que quando vejo esse tipo de livro, sinto um certo receio!
    Isso porque, no auge dos meus 30 anos, fico em dúvida se seria capaz de gostar de um livro escrito por uma pessoa tão jovem! Será que as experiências de vida da autora que se refletem na história criada por ela são suficientes para me envolver! Não sei… Não que eu ache que o livro não seja bom, não é isso… Só acho que não é para mim!
    beijos
    Camis – Leitora Compulsiva

  • Nattacha Março 27, 2012

    Tenho que começar citando: que capa bonitinha 😀
    O enredo do livro parece uma graça, pois adoooro ter a visão dos protagonistas, bem como você disse o que o mocinho achou da macinha e vice-versa. O mais engraçado disso tudo é que não bastasse as ultimas tragédias na vida mocinha, ela vai ter um garoto para dividir o quarto xD
    Só me decepcionou saber que a autora perdeu o rumo do livro do meio para o final que os fatos ficaram confusos, de verdade tinha tudo para ser um livro excelente, mais algumas coisas não ficaram boas. Ainda assim gostei do livro, se tiver a chance de lê-lo, com certeza o farei o/
    Bjs :*