28dezembro2011

A Abadia De Northanger – Jane Austen

Quem nunca leu Jane Austen não pode ter lido tanto assim, exagero? Não, é paixão mesmo! Pela originalidade e detalhes que no tempo das concepções dos mesmo poderiam passar despercebidos, mas são irreverentes e todos eles apaixonantes! Hoje resenho a versão de bolso da Editora Martin Claret, impecável e revisada de acordo com o Novo Acordo Ortográfico, confiram:

Livro: A Abadia De Northanger
Autor: Jane Austen

Editora: Martin Claret
Categoria: Literatura Internacional | Romance Histórico
ISBN: 9788572328074
Páginas: 280

Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Saraiva | Extra | Menor preço

Clássicos de Bolso
Considerado o mais ligeiro e divertido livro de Jane Austen, A Abadia de Northanger conta a história da adorável Catherine Morland, jovem fascinada por romances góticos e possuidora de vívida imaginação. Em meio aos passeios e bailes da sofisticada sociedade de Bath (onde se depara com coqueteria, insinceridade, vaidades e intrigas) e à estada na Abadia de Northanger (onde se depara com os perigos de se deixar arrebatar pela imaginação), esta ingênua e íntegra heroína encontra o amor, bem como passa a conhecer melhor a natureza humana.

“Por que não aproveitar o prazer de uma vez? Quão frequentemente a felicidade é destruída por tolos preparativos!”  
Jane Austen “Era uma mulher escrevendo sobre o ano 1800 sem rancor, sem ódio, sem medo, sem protestar, sem pregar. Era assim que Shakespeare escrevia.” Virginia Woolf
Fazia tempo que eu não me deparava com tão profundas palavras e singelas narrativas! A Abadia De Northanger era um livro que eu sempre quis ler, mas por falta de diversas oportunidades não havia ainda apreciado esse indescritível trabalho da consagrada autora Jane Austen!
A narrativa é deliciosa e de fácil compreensão, e ler esse livro foi muito prazeroso! Temos uma visão ampla dos cenários com a descrição minuciosa da autora, que além de descrevê-los perfeitamente, ainda nos revela pensamentos e sentimentos dos personagens. A protagonista da história é uma heroína, que não tendo conhecimentos de grande intelecto e muito menos da sociedade, se vê posta em dificuldades quando tem de aprender os mais diversos aborrecimentos por si só. Lições de vida e da sociedade lhe são impostas, quando embarca em uma viagem com amigos da familia, para que a moça possa conhecer rapazes e traçar amizades com outras moças também.
Muito enriquecedor é a maneira como a autora descreve situações e pensamentos, e narra os sentimentos de seus personagens com maestria. Quem diria que Catherine teria de lidar com falsidades e más pessoas? Como poderia ela conhecer tais pessoas senão convivendo socialmente com elas?
No modo geral, vejo o livro de Jane Austen como um romance delicioso e divertido, pois possui nuances de ceticismo e carisma, que constrastam com a delicadeza e pureza de seus personagens principais. Em uma época de restrições e dificuldades podemos ver uma trama brilhantíssima, escrita como somente Jane Austen o faria, é impossível não se apaixonar!
Será que Catherine descobriria enfim, que a realidade pouco difere de seus romances? Encontraria ela bondade em meio à tanta falsidade? E será que finalmente o amor lhe bateria á porta? Belo, intenso e vívido! Um romance da consagrada autora Jane Austen, romance que você caro leitor, não pode deixar de apreciar!
Essa versão “Clássicos de Bolso” da Editora Martin Claret está impecável e o tamanho é apropriado para que a leitura não seja cansativa e cabe na nossa bolsa! Perfeito!









Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Fanny Ladeira dezembro 28, 2011

    "Quem nunca leu Jane Austen não pode ter lido tanto assim, exagero? Não, é paixão mesmo!"

    Concordo Plenanente! Os livros de Jane são maravilhosos! Não acho Northanger o merlhor de todos, mas como foi dito, tem uma boa narrativa o que pode ser um empurrão para os outros livros!

    Beijos!

  • Lice dezembro 28, 2011

    Adorei a resenha! Já li esse livro e, apesar de ser, de fato, de fácil entendimento, não é nem de longe o meu favorito da Jane…

  • Simone Santiago ( Luka ) dezembro 29, 2011

    Thaís, eu preciso ler mais clássicos em 2012.
    Babando por essa edição. Adorei !

  • Daniela Tiemi dezembro 29, 2011

    Ai, ai… Adorooooooo as obras de Jane! Já li "A Abadia…", mas faz um tempinho…
    Agora, fiquei com saudade do Mr. Tilney! rs.

    Acho este, um dos livros mais divertidos da autora. Morri de rir qdo o John Thorpe começa a falar da carruagem "equipada" dele e dos cavalos q percorrem sabe-se lá qtas milhas em tantas horas… Em pensar q já me deparei com homens assim nos dias de hoje… kkkkkkkkkkkkkkk!
    Enfim, Jane é DIVA!rs

    Bjo.

  • Ana Luisa dezembro 29, 2011

    Esse é o único livro que falta para minha coleção da Jane Austen ficar completa! 🙂

  • EricaMarts dezembro 30, 2011

    Tenho muita vontade de ler este livro mas ainda não tive a oportunidade. Acho que já vi o filme baseado no livro. Livros de bolso são bons pra levar pra qualquer lugar, eu gosto de levar pra faculdade, ler em algum tempo livre.

    —-Leituras & Fofuras—-
    http://www.leiturasefofuras.com.br

  • Adriana T dezembro 30, 2011

    Eu amo todos os livros da Jane Austen. Gosto muito dos diálogos desse livro, são tão divertidos!!!
    Amei sua resenha, muito bem escrita.
    Beijos

  • Paola Cariello dezembro 30, 2011

    Não conhecia esse livro, mas adoreei 😉
    Estou lendo Razão e Sensibilidade e gostando muito.

    Beijoos