10novembro2011

Pão-de-Mel – Rachel Cohn


Livro: Pão-de- Mel
Autor: Rachel Cohn
Editora: Galera Record
Categoria: Infanto Juvenil | Literatura Internacional
ISBN: 9788501076977
Páginas: 224
Lançamento: 2008
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ 

Compare Preços

Sinopse:
Depois de ser expulsa do colégio interno, a selvagem, obstinada e viciada em café Cyd Charisse volta a São Francisco para viver com a mãe e o padrasto. Mas para ela, não há como sobreviver neste lar imaculado: Cyd quer ser livre, e não se importa em quebrar as regras. Mas quando sua rebeldia sai do controle, seus pais a despacham para Nova York para passar o verão com seu pai biológico, Frank. O que ela não esperava era que o verão na cidade não corresse como ela planejara – e Cyd está longe de ser o que a nova família imaginava. 

                      Cyd Charisse é uma garota de 15 anos com um toque de juventude transviada. Mas não se engane com o que você vê. Cyd ainda carrega por aí sua boneca Pão-de-Mel que ganhou do pai biológico quando tinha cinco anos. Fruto de uma relação fora do casamento, não o viu mais.  Sua mãe Nancy casou com Sid, um empresário que a define carinhosamente como “uma arruaceira em recuperação”. Ele a cria como se fosse sua filha e apesar dos problemas sempre arranja uma maneira de ajuda-la.

                   Ela ainda tem dois irmãos mais novos que ama muito apesar de não dizer (para não deixa-los convencidos, claro).  Seu namorado não é bem aceito na família: Siri é um surfista que mora com o irmão mais velho, Wallace, mais conhecido como Java, o nome de sua cafeteria.  Mas Cyd não liga muito para isso, afinal já se meteu em muitas encrencas e é por causa de uma de suas escapadas que sua mãe e seu padrasto decidem que é hora dela sair de São Francisco e ir para Nova York passar um tempo com o seu pai Frank, um grande publicitário.  Não conhecia esse livro e uma amiga indicou. Pão-de-Mel é um livro gostoso de se ler, além claro de fazer você ficar com vontade de comer pão-de-mel e experimentar todos os tipos de café que Cyd e os outros personagens são viciados.

Rachel Cohn tem um jeito bom de escrever, o livro é em 1º pessoa contado por Cyd e nos faz enxergar suas frustrações e revoltas e até seus sonhos e devaneios. Gostei de Cyd mas às vezes achava exagerada suas atitudes de rebelde sem causa, ela tem uma boa família, mas ela vai amadurecendo aos poucos e descobrindo isso.  Os capítulos do livro são curtinhos e a leitura se torna rápida.

É uma trilogia: Pão-de-mel, Siri e Cupcake

Andressa Leite tem dezoito anos e é estudante de Jornalismo. É colunista no Viaje na leitura como resenhista. Um de seus autores preferidos é a J.K Rowling. Acompanhe ela no Twitter:

(@stonesandmilk).

Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Larii Callegari novembro 10, 2011

    O livro parece bom .. me interresei muito por ele *-*

  • Fabiana Araujo novembro 10, 2011

    Ei Andressa…

    Nha que fofinha sua resenha! Eu tenho esse livro aqui mas como ainda não consegui comprar os outros titulos eu fico adiando e adiando rsrs. E como vc foi uma amiga quem me indicou, disse que o livro era bem fofo e acabei comprando junto com ela numa promo rsrs (detalhe que ela já leu e eu aqui morcegando) rsrs

    Louca pra ler, ainda mais depois dessa sua resenha. Fiquei curiosa pra saber se terei o mesmo tipo de reação que a sua em relaçao a Cyd 🙂

    Beijos querida e otimo final de semana 🙂

  • Marcelo Lima novembro 10, 2011

    Eu queria tanto ter comprado esse livro e não consegui..tava tão barato na Americanas "/ Acho que vou gostar quando eu ler. Otima resenha

  • Anne Viana novembro 10, 2011

    A mt tempo que quero ler esse livro..adorooo a capa e como a Cyd tb sou viciada em café =D

  • Nanda Prado' novembro 10, 2011

    Esse livro parece ser muito bom, quero leeer 🙂
    Sabiaa, meu blog ta fazendo 1 aninho!

    Beijão

  • jenniferdlegal novembro 10, 2011

    Esse, pelo visto é um livro com uma historia bem levinha né?! Eu gosto de ler esses livros pra descontarir as vezes!
    Bjs

  • Talita Silva novembro 11, 2011

    Que maneiro o livro, gostei da capa, da resenha. Parece ser bem bacana o livro.

  • Joicy novembro 11, 2011

    Amei a dica,já me identifiquei com a personagem, e vou aproveitar o feriadão para ler.
    bjos
    http://joicy-santos.blogspot.com/

  • Nattacha novembro 11, 2011

    aii Pão-de-Mel *-* eu li esse livro e achei super legal, pois como os capitulos são curtos a leitura é bem leve e rapida! Adooorei a Cyd no livro, mais tenho que concordar com você, ela as vezes é bastante exagerada com sua rebeldia xD
    Como li os três livros um seguido do outro, não consigo separa-los, mais gostei de ver o amadurecimento da personagem e como os "valores" dela pelas coisas mudam!
    Com certeza recomendo a leitura! Adorei sua resenha. Beijos :*

  • Stephanie Munford novembro 11, 2011

    A história parece ser ótima. Fiquei encantada pela resenha. bjos

  • Leitura entre Amigas novembro 11, 2011

    Adoro esses infanto-juvenis, esse parece ser bem legal ^^
    Sem contar que a capa é muito fofa!!!

    Bjs

    Amanda

  • Lendo e Comentando novembro 11, 2011

    Faz tempooooo que esse livro está na minha lista de desejos e a cada dia que passa só tenho mais vontade de sair correndo pra ler! *_* Mas ainda não pude comprar! 🙁 Espero poder fazer isso em breve! 😉

    Beijocas.
    Amanda
    ^_^

  • KaahCullen_ novembro 13, 2011

    ja ouvi falar desse livr, a um tempao
    parece ser bom

  • Vanessa Luana novembro 14, 2011

    Já li o primeiro capítulo desse livro, mas não fiquei muito interessada em acompanhar a série. Como você disse, Cyd é uma rebelde sem causa e, pode parecer bobo, mas eu não gosto muito de personagens femininas que são deste tipo. Eu gosto de me identificar com os personagens e eu não sou rebelde e muito menos sem causa! XD

  • Mey novembro 15, 2011

    Não sei, não gostei do titulo do livro. Normalmente quando não gosto do titulo não gosto da historia. Pode ser preconceito mas é assim comigo.Heheh. Assim, não gostaria de ler não…