20novembro2011

O Solteirão – Carly Phillips

Livro: O Solteirão
Autor: Carly Phillips
Editora: Planeta
Selo: Essência
Categoria: Literatura Internacional | Chick-Lit | Romance
ISBN: 9788576653820
Páginas: 288
Lançamento: 2008
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥

Walmart | Saraiva | Menor preço

Sinopse:

Raina Chandler não sabe mais o que fazer para que os filhos se casem e lhe dêem netos. Eles são os três homens mais cobiçados da cidade, e talvez por isso eles não levem nenhuma a sério. Suspeitando que esteja prestes a ter um infarto, Raina corre ao hospital e descobre que tudo não passou de uma indigestão. Mas o diagnóstico é confidencial, e seus filhos não lhe negariam um último pedido se acreditassem que ela está gravemente doente. Os irmãos decidem lançar o destino à sorte. É neste momento que o caçula, Roman, reencontra Charlotte Bronson, seu primeiro amor. Mas quando se revêem, ambos sentem que, mesmo depois de 10 anos, a história entre eles está mal resolvida. Mas será que tão mal resolvida a ponto de fazer com que Roman queira se comprometer pelo resto de seus dias? Ou será que Charlotte teria de ceder e casar-se mesmo sabendo que o marido passará mais tempo fora do que dentro de casa?
“O Solteirão” é um divertidíssimo chick-lit que lhe envolve e impressiona, e você poderá conhecer mais sobre essa história ao ler esta resenha.

Raina teve uma forte indigestão e associou esta enfermidade como sendo um problema cardíaco, e viu seus três filhos solteiros correndo contra o tempo para salvá-la. Quando o diagnóstico médico sai, ela percebe o seu engano, era apenas uma fortíssima indigestão e então ela aproveitando o juramento que os médicos fizeram à Hipócrates a respeito do sigilo médico ela engana seus filhos, dizendo que sofre de uma cardiopatia e seu último desejo era possuir netos…
Assim prossegue um cara ou coroa, Romam, Rick e Chase decidiram que apenas os dois mais novos entrariam no jogo, visto que o mais velho já teve o pesado fardo de criá-los junto com a mãe quando o pai se fora. Então, veem em um simples jogo de sorte a vida de um deles mudar para sempre…
Convictos a aproveitar a vida (e as mulheres) ao máximo, eles até agora tinham levado as coisas com leviandade e o cara resolve que Romam, o caçula, é o escolhido para tão árdua tarefa: escolher uma mulher (uma só!), casar e dar netos para a mãe.
O grande problema (não, agora não são as mulheres) é Romam conseguir se estabelecer em Yorkshire Falls, visto que é jornalista e vive fora desta pequena cidade, então, ele elabora um plano, conhecer a mulher certa, casar, ter um filho e cair fora da cidade. Pobre Romam Chandler, mal sabia que uma certa mulher, independente e maravilhosa, conquistaria seu coração.
Sua inconstância teria cura? Pode um dos Chandler amar uma só mulher?
Em “O Solteirão” conhecemos uma história engraçada, mas que demonstra uma família unida, cheia de amizade e amor, sendo os filhos de Raina, homens além de bonitos, do bem, corajosos e que apesar de mulherengos, amam incondicionalmente sua família. Uma família estruturada que cativa todo leitor e que promete muitas gargalhadas…
Dei a nota quatro na classificação de um a cinco, porque os diálogos não possuem travessão, o que confunde muito nossa leitura e por vezes não sabemos se é um pensamento ou uma fala, os diálogos são expressados por aspas, o que é dificultoso em termos de leitura. Do restante, não posso reclamar, a leitura é concisa e direta, a história é coerente e precisa. Recomendadíssimo!

Trilogia “Os Irmãos Chandler”

  1. O Solteirão 
  2. O Bom Partido
  3. O Canalha
Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Náh novembro 20, 2011

    Ain… Eu quero ler agora! Conhecia o livro, mas não sabia exatamente sobre o que tratava! Deve ser fofo, leve e muitíssimo divertido!
    Adorei!

    Beijinhos,
    Náh

  • delly novembro 21, 2011

    OI meninas!

    Que sacana essa mãe hein? Ela finge para os filhos que está morrendo só para eles se casarem… Esse tipo de coisa não é o que consegue à forca, e pela sua resenha deu para ver isso, já que o cara queria só engravidar uma mulher e desaparecer.

    Parece ser um livro legal =D

    beijos
    delly
    @atravesdanevoa
    http://atravesdanevoa.blogspot.com/

  • Fabiana Araujo novembro 21, 2011

    Ei Thaís…

    Nhaaaa minha irma tem esses livros aqui, ela disse que é bem divertido mesmo.

    E nossa que chatice essa de não ter travessao nos dialogos heim? Geeente não entendo o que passa na cabeça desse povo #affs

    Qdo tiver um tempinho na minha pilha vou pegar pra ver o/ dica anotadissima

    Otima resenha como sempre, beijos

  • Anna Carolina Vale . novembro 21, 2011

    Ah, adorei esse livro. Um cara queria dar um livro de presente pra uma amiga minha, e eu disse pra ele dar esse só pra eu poder ler. HUSAHSUHASUAS Li em um dia, muito bom mesmo. Já lançaram o resto da trilogia né?

  • Mey novembro 21, 2011

    Não gostei desse livro logo de cara não. MAs tenho lido tantas resenhas positivas sobre ele que está começando a me interessar. Heheh. E qual filhinho negaria um ultimo desejo à mamãe? Acho que estou começando a me dobrar à trilogia.

  • Nattacha novembro 21, 2011

    Desde a bienal do rio tenho visto esses livros, estou super afim de ler, pois é Chick Lit né gente, quem não gosta de rir e se envolver com os personagens desses livros *—* Sabe já tinha visto esse livros em varios lugares mais nunca tinha conhecido a história tão a fundo assim, e sabe de uma coisa? Adooorei!
    Perabéns pela resenha Thais, espero ver a resenha dos outros livros também ^^
    Beijos:*

  • Thais (Viaje na Leitura) novembro 21, 2011

    Anna Carolina Vale,

    Já lançaram toda a trilogia sim!

    Obrigada pelos comentários meninas!

  • Renata G. de Souza novembro 21, 2011

    Oi!
    Adorei a resenha!
    Estou no comecinho desse livro, mas tive que parar para ler outros, mas vou tentar recomeçar logo =D
    Chick-lit é tudo de bom ^^
    E pelo pouco que li, a mãe deles é super divertida kkk
    Bjus =*

  • MoniqueMar novembro 21, 2011

    Parece super divertido, fiquei curiosa e vou procurar os livros.
    Bjkas,

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

  • Camila novembro 21, 2011

    Oi Thaís,
    Ganhei esse livro de um grande amigo, no meu aniversário em abril desse ano!! E para a vergonha geral da nação, ainda não consegui ler!! O coitadinho está perdido na minha lista de livros! Pior é que o amigo já perguntou várias vezes se eu gostei do livro!!
    beijos
    Camila – Leitora Compulsiva

  • Anne Viana novembro 26, 2011

    Li esse livro e achei bem legal..ri demais com a mãe deles XD
    to louca pra ler os outros!!!!

  • Stephanie Munford novembro 30, 2011

    Adoro chick-lits e esse livro parece ser super divertido.