10novembro2010

Uma vegetariana no açougue – Tara Austen Weaver

Livro: Uma vegetariana no açougue
Autor: Tara Austen Weaver
Editora: Pensamento Cultrix
Selo: Seoman
Categoria:  Literatura Internacional / Autobiografia / Ciências Sociais
ISBN: 9788598903194
Páginas: 248
Lançamento : 09/2010

“Não existe uma resposta simples à pergunta, “Devemos ou não comer carne?” e o que eu adoro neste livro é que Tara não se deixou intimidar por ela. Enfrenta a questão com inteligência e emoção, apresentando-a em toda a sua complexidade, e o resultado é um livro honesto, cheio de sacadas e de nuances maravilhosas.”
Molly Wizenberg, autora de A Homemade Life: Stones and Recipes fiom My Kitchen 7áble


Um livro diferente e muito divertido, é como definiria “Uma vegetariana no açougue-A saga de uma mulher num mundo de homens, carne e crise moral”.
Tara Austen escreve neste livro uma autobiografia, mas não pense você que de maneira tediosa, ao contrário! Ela escreve usando situações cômicas e muito hilária pelo qual passou até os dias atuais, mas neste livro, ela se concentrou em narrar de maneira divertida sua entrada ao mundo dos carnívoros!
Nascida e criada como vegetariana, nossa protagonista, têm de seguir uma prescrição médica: Carne.
Para desespero e glória, alívio e emoção ela adentra o mundo dos carnívoros, cada dia preparando um novo prato com a especiaria odiada pelos devotos vegetarianos, e assim enquanto ela não se decide se aprecia ou não o consumo de carne, prosseguimos com cenas para lá de engraçadas!

Mas este é um aviso importante, se você gosta de mais ação e cenas fortes, neste livro não temos muito, algumas partes são descritivas e não é todos que tem paciência para tal!

“Tiro a carne do forno e enfio a ponta do termômetro na parte mais grossa da carne. Ela está toda dourada e chiando. Contraiu um pouco, mas ambos os pedaços ainda estão bem grandes. Aí espero um pouco. O vermelho do termômetro está subindo lentamente.
    Paul está olhando para mim desconfiado, de modo que abro outra cerveja para ele. Se eu o envenenar, talvez o álcool ajude. Bebida alcoólica também não funciona como antisséptico?
    O vermelho sobe, mas para nos 50°C. Hesito em pôr de novo a carne no forno; não quero que asse demais e vire uma sola de sapato(…)”

“Vou te contar um segredinho vegetariano: não comer carne é como ter um salvo-conduto contra a culpa. Posso dormir o sono dos justos sabendo que não estou contribuindo para os problemas éticos e ambientais causados pela produção de carne. O suprimento mundial de peixes em seu habitat natural pode acabar nos próximos anos, mas não vai ser culpa minha; eu nem gosto de peixe.”

Enfim, um livro para ler e pensar, rir e também se emocionar, não deixem de apreciar esta leitura!


Categorias:Outros, Resenhas
Thaís Turesso

veja também os relacionados:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • juliana novembro 10, 2010

    As vezes as pessoas deixam livros de lado por terem muitas descrições e apenas os pacientes conseguem terminar.Eu tenho lido uns livros assim e leva tempo pra terminar.

    Achei bem legal o assunto abordado no livro. Só
    comentando … eu sou vegetariana 😀
    Acho que seria bem legal dar uma lida nesse livro.

    Beijos

  • Sora Seishin novembro 10, 2010

    Olá!
    Gostei da resenha!
    Vim ler a resenha só por causa do título do livro – sou vegetariana 😀
    Talvez por isso mesmo, a ideia de ler sobre uma carne sendo assada não me atraiu (essa cena que você transcreveu, para mim, é livro de terror :P).
    Beijos

  • Lara novembro 10, 2010

    Ai parece ser super legal…morrendo de vontade de ler!

  • Viviane Freitas novembro 11, 2010

    Eu achei esse livro bem legal desde quando vi o título! Já mostra que será uma história divertida.
    E mais… sempre vemos histórias de pessoas que tentam ser vegetarias, deve ser interessante ver como acontece quando é o contrário.

    Eu quero esse!
    Beijos*

  • nanda novembro 11, 2010

    Eu gosto de livros descritivos. hehe. E até que achei interessante a história desse. Deve ser engraçado. Me tornei vegetariana e nem por questões éticas ou morais, mas puramente saúde.
    Se eu tiver a oportunidade, leria esse livro. 🙂

  • KaahCullen_ novembro 11, 2010

    adorei a resenha
    a capa nao é mt chamativa
    mas o livro parece ser bem legal
    bjokas

  • Naniedias novembro 11, 2010

    Só o título já é divertido =D

  • MoniqueMar novembro 11, 2010

    Um livro bem diferente dos muitos que tenho visto.
    Parece divertido, cômico mesmo pelo extrato selecionado. Quem sabe, talvez valha a pena ir pra listinha.

  • delly novembro 14, 2010

    rsrsrs

    parece ser muuuito hilário. Nunca tinha ouvido falar dele antes… Está anotado.

    Beijos